UNEB inicia inscrições para Vestibular 2015; 6.572 vagas presenciais e EaD

Uneb

 

Núcleo de Jornalismo

Assessoria de Comunicação/UNEB

Por Henrique Soares (Adaptação: Blog do PW)

A Universidade do Estado da Bahia (UNEB) abriu, no dia 8 de setembro, as inscrições para o Vestibular UNEB 2015, exclusivamente pela internet, no endereço www.vestibular.uneb.br.

Estão sendo disponibilizadas 3.647 vagas distribuídas em mais de 100 opções de cursos de graduação presenciais, oferecidos nos campi de Salvador e outras 23 cidades baianas, além de 2.925 vagas em cursos a distância (EaD).

Os interessados terão até o dia 2 de outubro para garantir participação no certame, que este ano teve a taxa de inscrição reduzida para R$ 70. Segundo a coordenação do Centro de Processo Seletivo (CPS), o valor da inscrição caiu 28% em comparação ao vestibular anterior cujo custo para o candidato foi de R$ 98.

Pioneira no país na implantação do sistema de cotas, a UNEB reserva 40% das vagas para candidatos negros da rede pública de ensino e 5% para indígenas, desde que atendam aos critérios de ter cursado todo o Ensino Fundamental II (5º ao 9º ano) ou equivalente (5ª a 8ª série) e todo o Ensino Médio única e exclusivamente em Escola Pública e possuir renda bruta familiar mensal inferior ou igual a 04 salários mínimos.

Para a reserva de 40% das vagas para negros é necessário que o candidato seja negro e se autodeclare como tal, conforme opções de autoclassificação étnico-racial constantes do formulário de inscrição deste Processo Seletivo.

Os candidatos indígenas precisam especificar a que comunidade étnica pertencem, conforme opções constantes do formulário de inscrição deste Processo Seletivo e comprovem a sua vinculação étnica por meio de declaração expedida por organização indígena devidamente reconhecida, ou seja, instituições civis de natureza formal, como associações, conselhos e outras, devidamente constituídas e registradas, e definidas em seus estatutos como indígenas, sejam de linhagem étnica, supra-étnica ou de caráter local e regional.

As provas estão previstas para serem aplicadas nos dias 14 e 15 de dezembro. A relação de cursos, quadro de vagas, provas, normas e cronograma da seleção constam no edital do certame.

Solicitação de isenção da taxa

O Centro de Processo Seletivo (CPS) da UNEB abriu, no dia 8, o período para solicitação de isenção do pagamento da taxa de inscrição do Vestibular 2015.

Os interessados em pleitear o benefício têm até o dia 14 de setembro para se inscrever no site www.vestibular.uneb.br, disponível a partir da data de início da inscrição.

O pedido de isenção será efetivado após o pagamento do valor de R$ 5 (referente a custeio operacional), que deve ser realizado até a data de vencimento. Os candidatos que solicitarem o benefício, mas não forem contemplados, podem descontar os R$ 5 da taxa de inscrição do vestibular.

A relação dos candidatos beneficiados com a isenção no Vestibular 2015 será divulgada até o dia 30 de setembro.

De acordo com o edital, têm direito ao benefício estudantes de baixa renda oriundos da rede pública de ensino.

Na UNEB, têm direito à isenção funcionários do quadro efetivo e contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda), ocupantes de cargo temporário, terceirizados, independente do nível de instrução e seus dependentes (cônjuge e filho), além de servidores à disposição que não sejam portadores de diploma de curso superior. Servidores de outras universidades estaduais da Bahia também podem fazer a solicitação.

Informações: 0800 071 3000 ou e-mail vestibular@listas.uneb.br.

Anúncios

Universidade realiza fórum para discutir direitos das pessoas com deficiência

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


Em 1982, por iniciativa de movimentos sociais, foi instituído o
Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado anualmente em 21 de setembro. Porém, somente em 14 de julho de 2005 a data foi oficializada pela Lei nº 11.133.

Em comemoração a data, a UNEB vai realizar no dia 20 deste mês, a partir das 8h, no Teatro UNEB, no Campus I da universidade, em Salvador, nova edição do Fórum de Formação Permanente em Educação Inclusiva.

A iniciativa é promovida pelo Núcleo de Educação Especial (Nede), órgão suplementar vinculado à Reitoria da instituição, em parceria com o grupo de pesquisa Inclusão e Sociedade, do Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade (PPGEduC).

Para participar, os interessados devem se inscrever (gratuitamente) por meio de formulário digital– até o dia do fórum – e doar um quilo de alimento não perecível ou uma lata de leite (400g), que deverá ser entregue na recepção da atividade. Os mantimentos arrecadado serão entregues para instituições filantrópicas.

O fórum, que é aberto a comunidade externa, tem como público-alvo estudantes, docentes, gestores, pessoas com deficiência e demais interessados pela temática.

Defesa de direitos

De acordo com a professora da UNEB Jaciete Barbosa, os estudos sobre a deficiência, reconhecidos internacionalmente como disability studies, representam um movimento intelectual constituído para pensar a deficiência na perspectiva dos direitos humanos, em uma dimensão social, política e, sobretudo, humana.

O evento visa promover reflexões e debates acerca dos direitos das pessoas com deficiência na sociedade, sobretudo no que tange a educação, inclusão e acessibilidade em diferentes contextos.Pretendemos trocar conhecimentos para também tecer proposições em prol da defesa dos direitos das pessoas com deficiência no estado da Bahia”, destaca Jaciete, que coordena a iniciativa.

A programação do fórum, que tem como tema a Deficiência na Perspectiva dos Direitos Humanos, reserva mesa-redonda, exibição de documentário e apresentação cultural.

Foram convidados para o evento o reitor da UNEB, Lourisvaldo Valentim, e demais representantes da administração central da universidade, o superintendente dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Sudef) da Secretaria da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH), Alexandre Barone, o representante da ONG Vida Brasil, Heron Cordeiro e o professor do curso de Direito da UNEB, Pedro Camilo de Figueirêdo.

Informações: Nede/ Campus I – tels. (71) 3117-5384 / 2331 / 2222.

 

 Fonte:http://www.uneb.br/2013/09/09/universidade-realiza-forum-para-discutir-diretos-das-pessoas-com-deficiencia/

 

 

UNEB inicia inscrições para Vestibular 2014; são 4.451 vagas em 24 campi

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


Os interessados em concorrer a uma das
4.451 vagas que serão ofertadas no Vestibular 2014 já podem se inscrever — exclusivamente pela internet — no endereço www.vestibular.uneb.br.

As vagas disponibilizadas estão distribuídas em mais de 100 opções curriculares de graduações presenciais, oferecidas nos campi de Salvador e outras 23 cidades baianas.

Os candidatos terão até o dia 13 de outubro para garantir participação no certame, que tem taxa de inscrição de R$ 98.

Os interessados em pleitear isenção do pagamento da taxa de inscrição do Vestibular 2014 têm até o dia 15 deste mês para se inscrever no mesmo site. O período de solicitação também começa hoje.

Pioneira no país na implantação do sistema de cotas, a UNEB reserva 40% das vagas para candidatos negros da rede pública de ensino e 5% para indígenas.

Segundo Romilda Almeida, coordenadora-geral do Centro de Processo Seletivo (CPS), as provas do certame estão previstas para serem aplicadas nos dias 24 e 25 de novembro.

A partir desta seleção, a universidade vai oferecer os cursos de Filosofia (Salvador), Engenharia Sanitária e Ambiental (Alagoinhas e Xique-Xique), Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia (Juazeiro) e Arqueologia (Paulo Afonso).

A relação de cursos, quadro de vagas, provas, normas e cronograma da seleção constam no edital da seleção.

Campanha A UNEB transforma. Você também

A campanha de divulgação do Vestibular 2014 traz como tema A UNEB transforma. Você também.

De acordo com Josenildes Oliveira, coordenadora do Núcleo de Relações Públicas (NuRP) da Assessoria de Comunicação (Ascom) da UNEB — setor responsável, junto com o CPS, pela divulgação do vestibular —,a proposta é demonstrar que a universidade está ajudando a transformar a realidade em todos os territórios onde atua.

Queremos mostrar que esse estudante que chega após a aprovação também tem essa capacidade transformadora”, esclarece Josenildes.

Em julho, o CPS e o Gabinete da Reitoria (Chegab), com o apoio da Assessoria de Comunicação Social (Ascom), por meio do Núcleo de Relações Públicas (NuRP), selecionaram 120 discentes dos cursos de graduação da UNEB para atuarem como divulgadores do Vestibular 2014, na capital e no interior.

Para Josenildes, o trabalho do divulgador é importante por esclarecer para os pré-vestibulandos sobre o funcionamento e os benefícios de se cursar uma universidade pública.

É importantíssimo que o próprio discente da UNEB participe do processo seletivo. Os divulgadores, além de nos representar e sanar as possíveis dúvidas dos estudantes das instituições visitadas, acabam se tornando exemplo, principalmente para os alunos de escola pública, pois muitos vieram também das redes públicas de ensino e mostram, com suas experiências, que é possível ingressar em uma instituição gratuita e de qualidade reconhecida. A atuação desses discentes reforça e consolida e identidade visual da instituição junto aos vestibulandos e ainda serve de incentivo para que os jovens participem do nosso vestibular”, ressalta Josenildes.

Ainda de acordo com a coordenadora, 831 instituições de ensino – de 184 municípios, distritos e povoados dos estados da Bahia, de Alagoas e de Pernambuco – foram visitadas durante a divulgação do último vestibular da UNEB .

Para o assessor de Comunicação (Ascom), Toni Vasconcelos, além de ser uma universidade que vai dar uma futura profissão ao estudante, “a UNEB proporciona ao seu discente muitas oportunidades de atuar em projetos sociais que beneficiam comunidades historicamente excluídas”.

Informações: tel. 0800 071 3000 e site www.vestibular.uneb.br.

Entre em contato também pelo Facebook do Vestibular 2014: www.facebook.com/ascom.uneb

Vários caminhos para a formação

Olá, meu povo!

Geralmente, os alunos do ensino médio que desejam partir para uma formação mais específica, se deparam com muitas dúvidas. Entre elas, está a opção de curso que vão fazer; a concorrência, pela pouca chance de ingressarem devido a quantidade de vagas; a vocação; a modalidade do curso, se a formação superior será a tradicional ou outra: tecnológica, bacharelado ou licenciatura. É sobre esta última dúvida que vamos falar um pouquinho pra tentar tirá-las.

Existem caminhos diferentes pra quem deseja fazer uma graduação. Pode ser através dos cursos mais “tradicionais” de nível superior (como pedagogia, biologia, administração, direito e etc), que habilita como licenciados, bacharéis ou ainda os dois; há também os Tecnológicos, uma formação superior de menor duração, em média três anos; e o Bacharelado Interdisciplinar ou B.I, como é mais conhecido. Trata-se de uma nova modalidade de graduação, que oferece formação geral dentro de uma das áreas do conhecimento: Artes, Humanidades,  Saúde e  Ciência e Tecnologia. Na Bahia, o B.I. é oferecido desde 2009, exclusivamente pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. Existem ainda, programas de incentivo à graduação que são oferecidos pelo governo em parceria com instituições privadas, ampliando o acesso ao ensino superior: ProUni e FIES.

Porém, é importante ressaltar que o que mais vai pesar na hora de fazer a escolha certa é saber exatamente o que você pretende fazer nos próximos anos de sua vida. Por isso, tem que ser algo que, necessariamente, você se identifique, pois se dedicará anos a fio estudando e trabalhando com o que escolheu.

Vejamos algumas dicas de como se preparar pra ingressar num dos cursos:

  • Antes de tudo, você deve decidir que área do conhecimento pretende seguir, pois tem que estar seguro do que quer;

  • Informe-se sobre os cursos, as instituições, os conteúdos trabalhados, as áreas de atuação e como está a demanda da profissão no mercado de trabalho;

  • Veja as possibilidades de atuação em múltiplos campos e leia sempre, mesmo que não pretenda ingressar numa área muito teórica. Isso vai te auxiliar antes, durante e depois da formação e facilitará na compreensão dos conteúdos e do mundo. Afinal, a leitura está em tudo!

E já pra dar um empurrãozinho a sua pesquisa, segue abaixo algumas instituições que oferecem cursos nas modalidades apresentadas.

UNEB, UESB, UEFS, UESC, UFBA, UFRB, IFBAIANO e IFBA

Um forte abraço!

Fontes: IHAC/UFBA; EDITORA ABRIL; UFBAFOLHA DE SÃO PAULO;

Cine PW: “Tropa de Elite 2 – O inimigo agora é outro”, “Cidade de Deus” e “Faça a coisa certa”.

Salve, turma esperta!

Queremos convidar vocês para mais uma sessão do nosso cine educacional, hoje com três excelentes dicas de filmes:

Tropa de Elite 2 – O inimigo agora é outro

Os acontecimentos de Tropa de Elite 2 ocorrem treze anos após os do primeiro filme. Um dos seus focos é o amadurecimento do então Coronel Nascimento, personagem de Wagner Moura, que tem que lidar com problemas com seu filho adolescente. O filme também mostra o crescimento do BOPE e conflitos entre os policiais e milícias do Rio de Janeiro. O diretor José Padilha afirmou que “o filme trata da relação entre segurança pública e financiamento de campanha. Faz ligação entre a segurança e a política”

Cidade de Deus

O principal personagem do filme Cidade de Deus não é uma pessoa. O verdadeiro protagonista é o lugar. Cidade de Deus é uma favela que surgiu nos anos 60, e se tornou um dos lugares mais perigosos do Rio de Janeiro, no começo dos anos 80.

Para contar a estória deste lugar, o filme narra a vida de diversos personagens, todos vistos sob o ponto de vista do narrador, Buscapé.

Este, um menino pobre, negro, muito sensível e bastante amedrontado com a ideia de se tornar um bandido; mas também, inteligente suficientemente para se resignar com trabalhos quase escravos.

Buscapé cresceu num ambiente bastante violento. Apesar de sentir que todas as chances estavam contra ele, descobre que pode ver a vida com outros olhos: os de um artista. Acidentalmente, torna-se fotógrafo profissional, o que foi sua libertação.

Buscapé não é o verdadeiro protagonista do filme: não é o único que faz a estória acontecer; não é o único que determina os fatos principais. No entanto, não somente sua vida está ligada com os acontecimentos da estória, mas também, é através da sua perspectiva que entendemos a humanidade existente, em um mundo aparentemente condenado por uma violência infinita.

Faça a coisa certa

Sal (Danny Aiello), um ítalo-americano, é dono de uma pizzaria em Bedford-Stuyvesant, Brooklyn. Com predominância de negros e latinos, é uma das áreas mais pobres de Nova York. Sal é um cara boa praça, que comanda a pizzaria juntamente com Vito (Richard Edson) e Pino (John Turturro), seus filhos, além de ser ajudado por Mookie (Spike Lee). Sal cultua decorar seu estabelecimento com fotografias de ídolos ítalo-americanos dos esportes e do cinema, o que desagrada sua freguesia. No dia mais quente do ano, Buggin’ Out (Giancarlo Esposito), o ativista local, vai até lá para comer uma fatia de pizza e se desentende com Sal por não existirem negros na “Parede da Fama” dele. Sal retruca dizendo que esta parede é só para ítalo-americanos e se Buggin’ Out quer ver fotos dos “irmãos” que abra sua própria pizzaria. Notando que não vê nenhum italiano para proteger Sal, Buggin passa o resto do dia tentando organizar um boicote contra a pizzaria. Este incidente trivial é o ponto de partida para um efeito dominó, que vai gerar vários problemas. Um desentendimento com Mookie o leva a enfrentar uma série de mal-entendidos, que resultam em pancadaria. A polícia chega ao local e acaba matando um dos fregueses, transformando a confusão em tragédia.

Ótimos estudos e até a próxima, galera!

SISU – UNEB oferta 245 vagas pelo sistema de seleção do MEC; inscrições iniciam dia 18

As inscrições para a segunda edição de 2012 do Sistema de Seleção Unificada (SiSU), do Ministério da Educação (MEC), vão ter início na próxima segunda-feira (18).

Por meio do SiSU, a UNEB vai ofertar, neste segundo semestre, 245 vagas para 26 opções de cursos em 12 campi da universidade na capital e no interior do estado. Desse total, a universidade reserva 87 oportunidades para candidatos negros oriundos da rede pública de ensino e 26, com o caráter de sobre vagas, para indígenas, de acordo com o edital do processo seletivo.

Os interessados podem escolher gratuitamente por até duas opções de cursos oferecidos pela UNEB. As inscrições deverão ser realizadas até o dia 22 de junho, exclusivamente pelo site http://sisu.mec.gov.br.quadro

“O SiSU se institui como uma alternativa mais inclusiva e democrática, pois, além das inscrições serem gratuitas, os estudantes não precisam se deslocar para realizá-las”, ressalta Jairo Sá, gerente de seleção discente da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) da UNEB.

A seleção dos inscritos será realizada de acordo com o desempenho obtido no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. A primeira chamada de candidatos selecionados será divulgada no próximo dia 25. A matrícula na universidade irá acontecer nos dias 28 e 29 também deste mês.

Os interessados podem consultar as vagas disponíveis, o termo de participação da UNEB no SiSU, informações sobre os cursos e turnos das aulas, além dos documentos necessários para matrícula, no site www.uneb.br/sisu.

A UNEB vai ofertar este ano 1.184 vagas pelo Sistema de Seleção Unificada do Ministério da Educação (MEC), o que corresponde a 22% das 5.403 vagas para cursos presenciais oferecidas pela universidade anualmente.

Informações: Prograd/Campus I – tel. 0800-071-5000.

Imagem (home): Divulgação

Danilo Oliveira
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

Fonte: http://www.uneb.br/salvador/dch/comunicacao-social-rp/2012/06/14/uneb-oferta-245-vagas-pelo-sistema-de-selecao-do-mec-inscricoes-iniciam-dia-18/