Rede Anísio Teixeira abre inscrições para Oficina de Produção de Mídias Estudantis

Fig. 1: banner de divulgação

Fig. 1: banner de divulgação

A Rede Anísio Teixeira – Rede AT (Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais Livres da Rede Pública Estadual de Ensino) está com inscrições abertas para a Oficina de Produção de Mídias Estudantis. O objetivo da oficina é formar estudantes e professores da rede pública de ensino para atuarem como produtores e gestores multimídia, além de estimular o uso de softwares livres nas unidades escolares.

Inscrição

Para participar da seleção, é muito fácil: basta ler na íntegra a chamada pública e preencher a ficha de inscrição, respondendo atentamente a cada item. Professores e estudantes do ensino médio da rede pública de ensino da Bahia têm até o dia 6 de maio para se inscrever na atividade de formação. O curso tem carga horária de 56 horas e disponibilizará 20 vagas, sendo 4 para professores e 16 para estudantes.

O resultado será divulgado no dia 9 de maio de 2016, no Portal da Educação, aqui no Blog do Professor Web e também através de contato via e-mail e/ou telefone.

Local e período da formação

A formação ocorrerá no Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), localizado no Colégio Central (Avenida Joana Angélica, no bairro de Nazaré, Salvador – BA). A oficina vai acontecer no período de 16 a 31 de maio de 2016 (exclusivamente no turno vespertino, das 14h às 18h).

Para obter mais informações, entre em contato pelo e-mail rede.anisio@educacao.ba.gov.br ou pelo telefone (71) 3116- 9061.

Vem compartilhar o seu mundo com a gente!

Anúncios

Rede Anísio Teixeira realiza formação em Vitória da Conquista

A Secretaria de Educação do Estado da Bahia, através do Instituto Anísio Teixeira (IAT), da Rede Anísio Teixeira (TV Anísio Teixeira) e do Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) de Vitória da Conquista, em parceria com a Faculdade de Comunicação da Universidade Federal Bahia (Facom/UFBA), vai promover a formação Memórias e Identidades: produção formativa de vídeos educacionais, de 29 de abril a 17 de junho de 2016, sempre às sextas e aos sábados, no CJCC do Colégio Estadual Rafael Spínola. A carga horária é de 48 horas.

Fig. 1: Ascom/IAT

Fig. 1: Ascom/IAT

O objetivo é estimular o uso de softwares e de licenças livres na produção audiovisual, promover um diálogo sobre o uso ético e seguro das tecnologias da informação e da comunicação (TICs), incentivar a produção de vídeos por estudantes e professores da rede pública estadual de ensino, com o olhar voltado para a valorização e reafirmação das suas cultura, da memória social e das realidades das comunidades onde moram ou estudam. Nesse sentido, o estímulo à participação no PROVE (Produção de Vídeos Estudantis) e no EPA (Educação Patrimonial e Artística) será uma das tônicas da atividade.

Como fazer a inscrição

Apenas professores e estudantes da rede estadual de ensino poderão se inscrever na formação. Para isso, terão de seguir estes passos:

a) formar grupo de cinco pessoas (quatro estudantes e um professor)

b) assistir ao vídeo abaixo, no qual o professor José Roberto Severino (Facom/UFBA) explica a natureza da formação:

c) fazer a inscrição através deste link: http://bit.ly/memoriaseidentidadesAs inscrições estão abertas de 8 a 24 de abril de 2016.

O resultado da seleção será divulgado no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), aqui no Blog do Professor Web (www.oprofessorweb.wordpress.com) e também através de contato via e-mail e/ou telefone, até o dia 26 de abril.

Os vídeos resultantes da formação serão disponibilizados no Ambiente Educacional Web do Portal da Educação. Acesse e conheça todas as nossas produções: ambiente.educacao.ba.gov.br.

Rede Anísio Teixeira e Centros Juvenis realizam oficina sobre uso de Software Livre

Professores e estudantes da rede estadual de ensino participaram da oficina “Migração para o Uso de Softwares Livres”, realizado em parceria com o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologia01cccs Educacionais da Rede Anísio Teixeira (Rede AT), e o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), nesta terça e quarta-feira (28 e29/04). A oficina, realizada no CJCC – Central, em Salvador, teve o objetivo de conscientizar professores e estudantes sobre a importância do uso de softwares livres no contexto socioeducativo e, também, capacitar para o uso das ferramentas e aplicativos disponíveis.

logo

Imagem: Josymar Alves

“Nós queremos que a escola tenha boas ferramentas para produção multimídia de conteúdos”, ressalta Patrícia Nascimento, colaboradora da Rede Anísio Teixeira. “A gente atribui a importância desse curso na comunidade escolar, à possibilidade de construção coletiva que os softwares livre trazem, numa perspectiva de cooperação e de liberdade de criação”, destaca.

O Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais da Rede Pública Estadual de Ensino – Rede Anísio Teixeira, foi criado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia visando fortalecer a escola pública como um espaço de apropriações tecnológicas pela comunidade e fomentar a realização de práticas de ensino e de aprendizagem inovadoras nas escolas públicas estaduais.

Fonte: http://educadores.educacao.ba.gov.br/noticias/rede-anisio-teixeira-e-centros-juvenis-realizam-oficina-sobre-uso-de-software-livre

Vem aí o FLISoL!

Foto: reprodução do site do FLISoL

Foto: reprodução do site do FLISoL

O Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISoL) é o maior evento da América Latina de divulgação de Software Livre. Seu principal objetivo é o de promover o uso de Software Livre, mostrando ao público em geral sua filosofia, abrangência, avanços e desenvolvimento. Para alcançar esses objetivos, diversas comunidades locais de Software Livre (em cada país/cidade/localidade) organizam simultaneamente eventos em que se instala, de maneira gratuita e totalmente legal, Software Livre nos computadores dos participantes. Além disso, paralelamente, acontecem palestras, apresentações e workshops sobre temas locais, nacionais e latino-americanos acerca de Software Livre, em toda a sua expressão: artística, acadêmica, empresarial e social.

Quem é da Bahia, terá a oportunidade de participar do FLISoL neste sábado, 25 de abril, na Faculdade Área 1, das 8h às 18h, em Salvador. Na programação, discussões sobre a diferença entre Software Livre e Código Aberto e como está a presença do Software Livre no estado. É sempre importante se informar! Até lá!

Texto adaptado do site do FLISoL: http://softwarelivre.org/flisol-ssa/.

Oficina “Migração para o Uso de Software Livre”

Arte: Josymar Alves

Arte: Josymar Alves

A fim de colocar em prática algumas de suas premissas básicas (divulgar, realizar formação de docentes e estudantes e dá apoio técnico e pedagógico ao uso de tecnologias da informação e da comunicação), o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais – Rede Anísio Teixeira, em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC),  promove a oficina Migração para o Uso de Softwares Livres.

 A oficina tem carga horária de 8h e é voltada para docentes e estudantes de escolas públicas, tendo como principais objetivos conscientizar os/as participantes da importância dos softwares livres no contexto socioeducativo e do trabalho, mobilizá-los/as para a construção coletiva proposta nessa perspectiva, assim como capacitar para o uso nas atividades diárias com as principais ferramentas e aplicativos disponíveis.

 Para realizar a inscrição o/a candidato/a deve solicitar a ficha de inscrição, por meio do endereço de e-mail: professorweb2010@gmail.com, colocando no campo “assunto” do e-mail o título “Solicitação de Inscrição”. Somente através da ficha de inscrição devidamente preenchida que a vaga será garantida, respeitando a ordem de inscrição. As vagas são limitadas e o prazo de inscrição é até o dia 23/04. A oficina ocorrerá na unidade do Centro Juvenil de Ciência e Cultura, em Salvador (Avenida Joana Angélica – Nazaré), nos dias 28/04 e 29/04, das 13h às 17h.

juntaDados

logo juntaDados

 E aí, galera! Beleza?

O juntaDados é um sistema operacional livre que foi desenvolvido na Universidade Estadual da Bahia (Uneb), baseando-se na filosofia do GNU e da FSF (Free Software Foundation), que visa facilitar a produção e o compartilhamento de conteúdo audiovisual dos pontos de cultura e dos centros de inclusão digital.

O juntaDados possui diversos softwares (programas) para escritório e para desenvolver áudio, vídeo, imagem, texto e o próprio software. Como principais programas do juntaDados, podemos citar o Ardour 3.3 (editor de áudio), o Blender 2.68 (modelador 3-D) e o Cinelerra 2.2CV (Editor de Vídeo).

 O juntaDados é uma customização do Debian Linux 7.1.0 (Wheezy), com pacotes do SnowLinux e tem os códigos disponíveis nos repositórios do Debian (apt-get source).

 Contando com um acervo de mais de 60 softwares pré-instalados, ele se mantém leve e sem travamentos, mesmo rodando pelo Live CD. Também tem uma vasta compatibilidade com os computadores atuais, possuindo as versões de 32bits (x86) e 64bits (x64).

 Então, pessoal, confira o site do projeto e clique aqui para fazer o download do sistema operacional

Abraços!

Software Livre nos Dispositivos Móveis

E aí, galera! Tudo beleza?

Vocês já sabem a diferença entre software livre e software gratuito? Descubra aqui!

O software livre vem ganhando mais adeptos a cada dia, o que fez aumentar o seu espaço no mercado, tornando-o um concorrente forte para outros. Com o constante avanço tecnológico, dispositivos como os celulares, câmeras, TVs e até mesmo relógios se assemelham cada dia mais a um computador.

Com ideia de desenvolver um sistema operacional de código aberto possibilitando às empresas, escolas, hospitais, dentre outros, a modificarem o sistema às suas necessidades; e para que os usuários não ficassem restritos a poucos softwares, podendo estudar, analisar e desenvolver os seus próprios programas e redistribuí-los gratuitamente, que surgiram os smartphones com sistema baseado no Kernel do Linux.

O Android foi o primeiro sistema de código aberto desenvolvido para dispositivos móveis. Mas, apesar de fornecer o código fonte para estudo, possui limitação imposta pelos fabricantes na alteração do sistema. Mas se engana quem acha que parou por aí! O Android foi só o pontapé para que as desenvolvedoras tivessem a iniciativa de desenvolver outros sistemas.

O recém-chegado Ubuntu For Phones, sistema baseado no Linux Ubuntu ,traz mais interação e mobilidade, sendo todo controlado por ações em tela, com a ideia de “colocar o computador no bolso” através da integração total entre as tecnologias mobile e desktop, conectando diretamente o smartphone ao monitor. Como se pode ver acessando aqui!

O Tizen SO, sistema desenvolvido para funcionar em diversos dispositivos diferentes, como tablets, PCs, smartphones, notebooks, smartTVs e até mesmo veículos, está prestes a ingressar no mercado  com a missão de revolucioná-lo. Atualmente, outros dois sistemas estão em fase final de desenvolvimento: o Firefox OS e o Sailfish OS.

É isso aí, galera, estudem e pesquisem mais para se aprofundarem no assunto.

Abraços!