Começa matrícula para estudantes novos na rede estadual nesta sexta-feira

A rede pública estadual de educação da Bahia inicia, nesta sexta-feira (21/02), a matrícula para novos estudantes oriundos da rede privada ou de outros estados. No período de 21 a 24 de fevereiro, podem se matricular os estudantes que desejam cursar o ensino fundamental ou proeja fundamental. Já nos dias 25 e 26 de fevereiro, a matrícula será aberta para o ensino médio e técnico de nível médio (EPI e Proeja Médio). O processo poderá ser realizado presencialmente, em qualquer unidade escolar do estado, independente daquela na qual o estudante deseja estudar.

De 25 de fevereiro a 7 de março, ocorrem as matrículas para os classificados no sorteio eletrônico da educação profissional (Prosub). Nesse período, o estudante deverá se dirigir ao centro territorial e estadual de Educação Profissional para o qual se inscreveu, no turno em que pleiteou a vaga.

Documentos necessários – No momento da matrícula, estudantes, pais ou responsáveis deverão apresentar o original do histórico escolar, os originais e as cópias da Certidão de Registro Civil ou Cédula de Identidade, do CPF e do comprovante de residência e a carteira do Setps para unidades escolares do município de Salvador.

Será aceito, excepcionalmente, em substituição ao histórico escolar, na forma da legislação vigente, atestado de escolaridade original, firmado pela direção da unidade escolar, que deverá especificar o curso, a série/ano do estudante no ano letivo de 2013, ou de anos anteriores, bem como o curso, a série/ano que o estudante estará apto a cursar no ano letivo de 2014.

 Calendário de matrícula

Alunos novos

21 e 24 de fevereiro – Matrícula para o ensino fundamental e proeja fundamental.

 25 e 26 de fevereiro – Matrícula para o ensino médio e técnico nível médio.

 25 de fevereiro a 7 de março – Subsequente / Prosub

 Fonte: http://estudantes.educacao.ba.gov.br/noticias/comeca-matricula-para-alunos-novos-na-rede-estadual-nesta-sexta-feira

Anúncios

Matrículas na rede estadual começam hoje (17/02)

As matrículas para o ano letivo de 2014, na rede pública estadual de ensino, começam na próxima segunda-feira (17/02) e prosseguem até 26 de fevereiro. O processo poderá ser realizado presencialmente, em qualquer unidade escolar do estado, independente daquela na qual o estudante deseja estudar, ou na página da matrícula, utilizando o código gerado pelo Sistema de Gestão Escolar (SGE) na carta de renovação distribuída nas unidades escolares da rede.

 Confira o calendário de matrícula

Poderão fazer a matrícula pela Internet: estudantes regularmente matriculados na rede estadual que tenham frequência regular até o final do ano letivo 2013, os alunos que não renovaram sua matrícula ou aqueles que pretendem se transferir para outra unidade escolar da rede. Estudantes oriundos das redes municipais de Salvador, Catu e Feira de Santana também poderão fazer sua matrícula pela Internet com o código encaminhado pelas secretarias municipais. Mas a matrícula para alunos novos de outras cidades ou da rede de ensino privada será diretamente na escola. O ano letivo de 2014 será iniciado no dia 10 de março.

estudantes13 Foto: ASCOM/SEC

Eliana Carvalho, diretora de atendimento à rede escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, diz que a matrícula pela internet visa proporcionar agilidade e conforto aos estudantes, pais ou responsáveis. “Precisamos chamar a atenção para o fato de que a matrícula na segunda e terça-feira será apenas para os estudantes da rede estadual que queiram mudar de escola. E destacar que estes estudantes poderão realizar a matrícula pela internet, sem precisar sair de casa ou do bairro onde moram para ir à escola”.

Documentos necessários – Para realizar a matrícula, estudantes, pais ou responsáveis deverão apresentar o original do histórico escolar; os originais e as cópias da Certidão de Registro Civil ou Cédula de Identidade; do CPF e do comprovante de residência e a carteira do Setps para unidades escolares do município de Salvador. Se a matricula ou transferência for realizada pela internet, a documentação deverá ser entregue na escola para a qual o aluno se matriculou, de acordo com o prazo estipulado no comprovante de matricula.

Será aceito, excepcionalmente, em substituição ao histórico escolar, na forma da legislação vigente, atestado de escolaridade original, firmado pela direção da unidade escolar, que deverá especificar o curso, a série/ano do estudante no ano letivo de 2013 ou de anos anteriores, bem como o curso, a série/ano que o estudante estará apto a cursar no ano letivo de 2014.

Matrícula 2013 oferece mais comodidade para estudantes e familiares

A Matrícula 2013 na rede estadual de educação da Bahia acontece depois do Carnaval, no período de 19 e 28 de fevereiro. O calendário está subdividido para oferecer mais comodidade e segurança aos estudantes e seus responsáveis. De 19 a 22 de fevereiro, vai ser realizada a matrícula para alunos da rede pública (rede estadual e redes municipais), já de 25 a 28, acontece a matrícula para estudantes oriundos da rede privada e de outros Estados. A matrícula poderá ser realizada presencialmente em qualquer escola da Bahia, independentemente daquela em que o estudante deseja estudar.

Pela primeira vez, a matrícula estará disponível para ser realizada pela Internet para alunos oriundos da rede municipal também de

Foto: Claudionor Jr. Ascom/Educação

Foto: Claudionor Jr. Ascom/Educação

Feira de Santana, assim como já acontece em Salvador. Para os estudantes que já fazem parte da rede estadual, a matrícula pela Internet está disponível em todos os municípios.

Tanto pela Internet como presencial, o horário de atendimento será das 8h às 20h, sem intervalos. “A Secretaria elaborou um calendário organizado que facilita todo o processo de matrícula, além de utilizar recursos importantes, como a Internet. Com isso, não existe mais a necessidade do aluno ou familiar acordar muito cedo e esperar em longas filas. Em qualquer escola, a matrícula pode ser realizada de maneira informatizada”, disse Eliana Carvalho, diretora de atendimento à rede escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, ressaltando a importância de alunos e responsáveis observar os prazos e o detalhamento do calendário.

Entre os dias 19 e 20 de fevereiro, acontece o período de transferência para estudantes da rede estadual que queiram mudar de escola. Nos dias 21 e 22, é a vez dos alunos das redes municipais concluintes da 4ª série/5º ano (ensino fundamental I) ou 8ª série/9º ano (ensino fundamental II), quando a escola não oferece a série/ano seguinte.

Já o período de 25 a 28 é reservado para estudantes novos, oriundos da rede privada e de outros Estados. Neste caso, os dias 25 e 26 são destinados ao ensino fundamental, e os dias 27 e 28 ao ensino médio.

Continue lendo

Matrícula também poderá ser feita pela internet

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia informa que a matrícula 2013 para as escolas da rede pública estadual será aberta no dia 19 de fevereiro. Os estudantes e suas famílias devem se programar para a matrícula no período de 19 de fevereiro a 1º de março. Para a Educação Profissional, as inscrições para participar do sorteio eletrônico ocorrerão em janeiro (9 a 23) e a confirmação no final de fevereiro.

Confira aqui o calendário de matrícula 2013
Veja o Calendário Escolar de 2013
Portaria de Matrícula

A matrícula poderá ser feita presencialmente em qualquer escola do Estado, independentemente daquela que deseja estudar, e também pela Internet para os estudantes oriundos das redes municipais de Salvador e de Feira de Santana e, ainda, para todos os que já são da rede estadual. Tanto pela Internet como presencial, o horário de atendimento será das 8h às 20h, sem intervalos.

Para facilitar a matrícula, a Secretaria da Educação do Estado já antecipou o processo de renovação dos estudantes da rede estadual que vão continuar estudando na mesma escola. O processo de matrícula é operado pelo Sistema de Gestão Escolar (SGE) – ferramenta gerencial que permite a agilidade na matrícula tanto nas escolas, como pela Internet.

Documentação para a matrícula – Original do histórico escolar ou atestado de escolaridade, original e cópia da Certidão de Nascimento ou Carteira de Identidade, do CPF (obrigatório para o curso Técnico de Nível Médio), do comprovante de residência, código do SETPS (constante no SalvadorCard) para as escolas do município de Salvador, facultativo para os estudantes dos cursos de Educação Profissional.

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/node/4107

Sistema de Gestão Escolar (SGE) – Portal da Educação

O Sistema de Gestão Escolar (SGE) constitui-se em uma ferramenta gerencial para a rede pública estadual de ensino da Bahia, criada em ambiente web, que facilita a administração escolar no que diz respeito à execução, acompanhamento e controle de suas atividades fins, permitindo, assim, a atualização em tempo real da base de dados gerenciais da Secretaria de Educação do Estado.

A utilização do sistema nas 1.544 escolas estaduais e nas 32 Diretorias Regionais de Educação (Direc), permite gerenciar cerca de 1.100.000 alunos e 60.000 servidores, tornando possível construir uma melhor administração dos processos que envolvem a gestão das escolas públicas estaduais, proporcionando à administração estadual, meios eficientes de planejamento e execução das atividades da Secretaria de Educação do Estado e, consequente, a melhoria na qualidade do atendimento à população.

Com o novo sistema serão integradas as informações de todas as escolas da rede estadual de ensino, evitando distorções no planejamento da educação e permitindo a identificação da demanda real de vagas nas escolas, o controle do transporte escolar, a padronização dos documentos escolares emitidos pelas escolas e a eficiência na gestão de cada uma das escolas.

Para maiores informações sobre o SGE, favor acessar o site oficial do sistema

Benefícios do Sistema de Gestão Escolar

•    Eficiência, qualidade e integração na gestão de ensino.
•    Atualização permanente das informações diretamente no sistema pelas Unidades Escolares.
•    Diminuição do retrabalho de envio de informações das escolas para os diversos setores do órgão central.
•    Aumento da produtividade das Unidades Escolares, Direc e Órgão Central.
•    Melhoria na qualidade do atendimento à comunidade escolar.
•    Melhoria na comunicação entre as Unidades Escolares, Direc e Órgão Central.
•    Apoio para a tomada de decisão.
•    Acesso a informações gerenciais.

Fonte: http://sge.educacao.ba.gov.br/