[INSCRIÇÕES ABERTAS] Seminário de Educação e Tecnologia: Mobilidade e Mídias Digitais na Escola

O Instituto Anísio Teixeira (IAT) convida para o Seminário de Educação e Tecnologia: mobilidade e mídias digitais na escola, onde serão compartilhados projetos e experiências sobre o tema, através de palestras e mesas redondas com professores, gestores públicos, pesquisadores da área e instituições parceiras.


O evento marca o lançamento oficial da rede social da educação Espaço Aberto e a apresentação do projeto de formação para o uso dos Tablets Educacionais da Bahia.

 

 Data: 16/07/2013   
Horário: 
9 às 18h
Local: 
Instituto Anísio Teixeira

Acompanhe também por videoconferência nos polos do Estado ou através do Portal da Educação (educadores.educacao.ba.gov.br).

Para maiores informações, inscrições e programação:

CLIQUE AQUI

Fonte: http://educadores.educacao.ba.gov.br/seminario-de-educacao-e-tecnologia

Anúncios

Inscrições abertas para o Seminário Internacional Independências nas Américas

Nos dias 30, 31 de julho e 1º de agosto, em Salvador -Bahia, Brasil acontecerá o Seminário Internacional Independências nas Américas. Em comemoração aos 190 anos de Independência do Brasil na Bahia pesquisadores e historiadores renomados nacionais e internacionais estarão reunidos, na Sala Walter da Silveira, no Complexo Cultural dos Barris, para debater as Independências das Américas, com atenção especial a Independência do Brasil na Bahia.

seminario_form

Este é um evento realizado pela Fundação Pedro Calmon, em parceria, com a Universidade Federal da Bahia, Universidade do Estado da Bahia, Universidades Estadual do Recôncavo e do Sudoeste da Bahia, cujo objetivo é promover o diálogo sobre diferentes fatos ocorridos nas Independências de países das Américas. Nos dias 31 de julho e 1º agosto o evento irá proporcionar ao público contato com fatos das independências ocorrido no cenário internacional e nacional que ultrapassam os espaços das discussões estritamente acadêmicas.

Por meio de temas relacionados a contemporaneidade e independências; manifestações culturais das independências nas Américas; guerras de independência no Brasil e na Bahia, a Fundação Pedro Calmon, convida a sociedade a conhecer e discutir fatos importantes acerca do processo de independência de países das Américas, assim como, seus temas transversais esses contextos históricos.

Espaços de discussão serão destinados a importância dos movimentos populares, assim como, o de mulheres pela emancipação do Brasil, as diferentes comemorações e manifestações culturais da independência, as relações políticas construída entre estados e países em prol da emancipação, fatos relacionados a memória, identidade nacional e cultural, dentre vários outros temas importantes para todo esse processo, que precisa fazer parte do conhecimento popular.

Inscrições e mais informações acessem o Portal Fundação Pedro Calmon/SECULT

Cliquem aqui!

Os temas centrais das mesas redondas serão: Miradas sobre o processo de emancipação nas Américas; Entre conflitos e comemoração: história e memória da independência na América Latina; Resistência popular e consolidação da Independência no Brasil; Conflitos políticos e manifestações culturais na Bahia dos séculos XIX e XX. Para discutir esses temas palestrantes de diferentes universidades do Brasil, Cuba, México. Argentina, Perú foram convidados.

Durante o evento será realizada, uma série de atividades culturais tais como exibição de filmes, exposições, lançamento de revistas e livros, Leituras Públicas, atividades culturais que tem singular importância de proporcionar ao grande público o conhecimento sobre a história e memória da participação popular nas lutas pela emancipação, contribuindo para a formação do sentimento cívico e de identidade cultural.

Fonte: http://www.fpc.ba.gov.br/seminarioindependencias

Seminário sobre trabalho para deficientes inscreve até 20 de abril

Estão abertas as inscrições gratuitas para o seminário Geração de Trabalho e Renda para Pessoas com Deficiência. Os interessados em participar têm até o dia 20 de abril para enviar seus dados (nome e instituição a qual está ligado) para seminarioempregabilidade@hotmail.com. O evento será realizado no dia 25 de abril das 13h às 17h30, no auditório do Ministério Público do Trabalho (MPT) na Bahia  (Av. Sete de Setembro, nº 308 – Corredor da Vitória).

image_0_1

Destinado para Instituições, pessoas com deficiência, reabilitados, trabalhadores, empresários, entidades sindicais, estudantes e educadores, o seminário vai discutir a inserção de deficientes ano mercado de trabalho e a geração de renda. A coordenação da mesa será da procuradora do trabalho do MPT na Bahia Larissa Santana Leal Lima.

O seminário contará com palestra da coordenadora nacional do Projeto Inserção de Pessoas com Deficiência (PCD) no mercado de trabalho e assessora da Secretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), Fernanda Maria Pessoa di Cavalcanti, que abordará o tema “A política do Ministério do Trabalho referente à empregabilidade de pessoas com deficiência”.  

Estará presente também a responsável técnica de reabilitação profissional do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) Angela Andrade Dias, que discutirá o tema “Reabilitação profissional e a inclusão do trabalhador com deficiência no mercado de trabalho”. Além disso, o evento contará ainda com palestra da juíza do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) na Bahia Débora Rego e um painel sobre práticas de geração de emprego com a participação do professor e funcionário da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) Jenilson Ferreira de Souza.

O evento é uma iniciativa da Câmara Temática de Promoção da Igualdade de Pessoas com Deficiência, da Agenda Bahia do Trabalho Decente em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos das Pessoas com Deficiência (Coede) e o apoio do MPT.

Fonte: http://www.prt5.mpt.gov.br/module/publicacoes/publicacao.php?id=3019

Estudantes apresentam projeto de tecnologia social

Estudantes do Centro Territorial de Educação Profissional da Região Metropolitana de Salvador (CETEP da RMS), localizado em Camaçari, apresentam, em Porto Alegre, durante o 13º Fórum Internacional de Software Livre (FISL13), uma maquete com sistema eólico, capaz de gerar energia com a força do vento, destinado ao abastecimento residencial. O fórum acontece no Centro de Eventos da PUC do Rio Grande do Sul, até sábado (28/7).

O projeto desenvolvido pelos estudantes do curso técnico de nível médio em Eletroeletrônica, Marcelo Soares, 25, e Uelber Mesquita, 23, trata de uma tecnologia social, sustentável, de baixo custo, que beneficia a comunidade.  Os alunos foram orientados por professores do CETEP da RMS. “É uma energia renovável, sustentável e que não degrada o meio ambiente”, disse Marcelo, demonstrando como na Educação Profissional da Bahia este tipo de experiência reflete o trabalho como princípio educativo e a intervenção social como princípio pedagógico.

Para Uelber Mesquita, representar o CETEP em um evento desta magnitude é muito gratificante. “É motivador, incentivador. Quando eu contar essa experiência, eu vou estimular mais jovens a estudarem”, aposta. Os estudantes acreditam que esta é a fonte de energia do futuro.

A experiência – O professor e articulador técnico do CETEP da RMS, José Carlos Calmon, explica que o projeto eólico é uma maquete retangular com base de madeira e uma miniatura de um prédio com apartamentos sendo iluminados pela geração de energia eólica. Para o professor, esta é também uma oportunidade de mostrar que os estudantes da Rede Estadual de Educação Profissional estão bem preparados. “Um projeto deste porte evidencia que a educação é de qualidade e que o estudante realmente aprende”, disse.

Diretora do Cetep, Nancy Bulcão acredita que a participação no FISL13 é muito importante, além de ser uma experiência muito enriquecedora para os estudantes. “Os estudantes vão representar o CETEP em um fórum internacional. É um reconhecimento do nosso esforço, do nosso trabalho. Esperamos que dessa forma possamos contribuir, cada vez mais, para uma educação de qualidade”, afirmou.

O convite para expor no 13º Fórum Internacional de Software Livre surgiu devido à participação do CETEP da RMS no II Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, que ocorreu em maio deste ano em Florianópolis. Na ocasião, Marcelo apresentou a maquete no estande da Secretaria da Educação do Estado da Bahia. Representantes da Fundação de Software Livre (FSL) se interessaram e fizeram o convite para que a maquete também fosse exposta em Porto Alegre.

Fonte: http://www.educacao.estudantes.ba.gov.br/node/3457

Seminário busca forma de difundir a História da Bahia nas escolas públicas do estado

Nos próximos dias 12 e 13 de dezembro o Centro de Memória da Bahia realiza o Seminário de História da Bahia: desafios e perspectivas, na Biblioteca Pública do Estado – Barris. O evento tem o objetivo de fomentar o debate sobre a importância do ensino de história da Bahia para os alunos da rede pública do estado.

Professores das universidades públicas do Estado debaterão, em quatro mesas formadas, nesses dois dias de discussões, sobre os assuntos mais importantes da história da Bahia e sobre as alternativas de difusão dessas informações.

Os interessados em participar do seminário podem se inscrever pelos telefones: 3117-6050, ou pelo e-mail: cmb.fpc@fpc.ba.gov.br. As inscrições são gratuitas. A Fundação Pedro Calmon/SecultBA é responsável pela preservação e memória e história da Bahia.

Dentro da programação do seminário esta programado para o dia 12 o lançamento da Biblioteca Virtual 2 de julho, com apresentação da coordenadora da Biblioteca Virtual 2 de julho, Cristina Santos e do diretor geral da Fundação Pedro Calmon (FPC), Ubiratan Castro de Araújo.

SERVIÇO:

O Quê: Seminário Ensino de História da Bahia: desafios e perspectivas
Local: Sala Kátia Mattoso – Biblioteca Pública do Estado da Bahia – Barris
Data: 12 e 13 de dezembro de 2011
Horário: das 9h às 13h e das 14h às 18h

 

Fonte:http://www.cultura.ba.gov.br/2011/12/12/seminario-busca-forma-de-difundir-a-historia-da-bahia-nas-escolas-publicas-do-estado/

IAT apresenta pesquisas inovadoras em educação

Com o objetivo de incentivar a produção de conhecimento nas unidades escolares da rede estadual de ensino, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, por meio do Instituto Anísio Teixeira (IAT), realiza, entre os dias 24 e 26 de outubro, das 8 às 17h, o I Seminário de Pesquisa Universidade – Escola. A ideia é socializar experiências voltadas à produção de conhecimento de modo a contribuir para a qualidade da educação pública no Estado.

O seminário, que acontece no auditório do IAT, em Salvador, vai apresentar as novas experiências realizadas por pesquisadores de instituições de ensino superior com entidades de pesquisa na rede pública de ensino do Estado, instituições de ensino superior e entidades de pesquisa para o desenvolvimento de projetos experimentais e inovadores.

Durante o I Seminário de Pesquisa Universidade – Escola serão lançados materiais, frutos dos projetos de pesquisa, tais como livros, softwares e jogos didáticos e, ainda, uma apresentação dos estudantes da Escola Parque.

O projeto, destinado aos pesquisadores em educação, é uma parceria entre Instituto Anísio Teixeira e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb).

Fonte:http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/2869

Seminário discute ensino para estudantes com deficiência visual

Nos dias 21 e 22 de setembro, acontece no teatro do Centro Universitário de Cultura e Arte, em Feira de Santana, o IV Seminário Feirense sobre a Educação e Inclusão Social das Pessoas com Deficiência Visual. Realizado pelo Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual, ligado à Secretaria da Educação do Estado da Bahia, o evento vai discutir alternativas para assegurar que os estudantes com deficiência visual possam ter suas especificidades atendidas e seus direitos respeitados no processo educacional e social.

Entre os temas programados para debate pelo centro, que trabalha especialmente com a formação continuada de professores, estão: ações e desafios da educação especial na perspectiva da educação inclusiva, a empregabilidade das pessoas com deficiência visual: desafios e conquistas, a participação das mães na inclusão das crianças com deficiência visual e a convenção sobre os direitos das pessoas com deficiência. O evento está dividido em palestras, mesas-redondas, debates e apresentações culturais.

 “Os temas são voltados para a inclusão das pessoas com deficiência visual, tanto nas escolas como nas famílias. É preciso consolidar esta discussão com a participação de professores, familiares e da comunidade de uma forma geral para que as pessoas com esta deficiência possam se sentir incluídas nos diversos espaços”, diz João Prazeres, coordenador de Educação Especial da Secretaria da Educação do Estado.

As inscrições são gratuitas e as vagas são limitadas. Os interessados devem realizar a inscrição no Centro de Apoio Pedagógico ao Deficiente Visual, da Fundação Jonathas Telles de Carvalho, na Av. Eduardo Fróes da Mota, no bairro de Santa Mônica. As inscrições também podem ser realizadas pelo e-mail cadvfeira@gmail.com, sujeito a confirmação da vaga. Outras informações também podem ser encontradas no site www.capdvfsa.blogspot.com  ou no telefone (75) 3625-7755.

Fonte: http://www.educacao.estudantes.ba.gov.br/node/2716