Secretaria da Educação do Estado disponibiliza conteúdos para reforçar preparação dos estudantes para o Enem

Ajudar na preparação dos estudantes da rede estadual para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que, em 2013, acontece nos dias 26 e 27 de outubro. Este é o principal objetivo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia com a disponibilização para os alunos de uma série de conteúdos multimídia, que complementam as aprendizagens da escola. Na página Revisão Enem, o estudante pode encontrar jogos, videoaulas e sites temáticos com os principais assuntos abordados em sala de aula pelos docentes.

>> Clique aqui para acessar a página Revisão Enem

260712abc-esc105

Além disso, em parceria com o Geekie Games, os alunos têm a chance de participar de um simulado que vai avaliar os seus conhecimentos para o Enem. Para fazer parte do simulado, é necessário realizar a inscrição até o dia 31 de agosto na página Revisão Enem. A ferramenta também se constitui como uma plataforma de aprendizado que possibilita que todos os estudantes se preparem para o Enem por meio de elementos inovadores de diagnóstico e estudo personalizado.

A coordenadora de Educação Básica da Secretaria da Educação do Estado, Maria José Xavier, ressalta a importância do empenho dos estudantes para a realização do Enem. “Com a prova, os alunos têm a possibilidade de continuar os seus estudos, passando para a etapa da educação superior. O Enem é um grande diferencial neste sentido, até mesmo porque muitas universidades não aplicam mais vestibulares. Além disso, os estudantes têm muitas outras vantagens, como a chance de tentar bolsas por meio do ProUni”, disse.

Vantagens –Além de ser a porta de entrada dos estudantes para universidades públicas, o Enem permite ao aluno ter acesso a universidades públicas federais e estaduais, por meio do Sisu, concessão de bolsas de estudo com oportunidade de intercâmbio em universidades estrangeiras, por intermédio do Programa Ciência sem Fronteira, participação em cursos técnicos gratuitos do SisuTec/Pronatec, além da certificação do ensino médio para maiores de 18 anos que não tenham concluído o ensino médio.

No site do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), o estudante pode conferir o seu local de prova, além de outras informações importantes. Para a consulta, basta informar o seu CPF e a senha. No dia 26 de outubro, os estudantes realizam prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias, enquanto que, no dia 27, de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias. As provas têm início às 12h.

Fonte:http://estudantes.educacao.ba.gov.br/noticias/secretaria-da-educacao-do-estado-disponibiliza-conteudos-para-reforcar-preparacao-dos-estud

Anúncios

Secretaria lança projeto Ditadura Militar direito à memória: 50 anos do golpe militar de 1964

Levar ao espaço escolar a memória da resistência à ditadura militar (1964-1985) no Brasil, assegurando ao estudante do ensino médio o direito à memória e ao conhecimento deste período da história. Este é o objetivo do projeto Ditadura Militar Direito à Memória: 50 anos do golpe militar de 1964, que a Secretaria da Educação do Estado da Bahia lança, nesta segunda-feira (22/07), às 14h, no auditório da instituição (Centro Administrativo da Bahia).

O evento vai socializar, para o conjunto dos servidores da Secretaria, as diversas ações previstas no projeto, como palestras, projeção de filmes, mostra de vídeos produzidos pelos estudantes, bate-papo com ex-presos políticos, familiares de desaparecidos e autores baianos de livros sobre a temática. Todas as ações vão acontecer até abril de 2014.

Para subsidiar estudantes e docentes, o Portal da Educação já disponibiliza um conjunto de conteúdos, incluindo bibliografias especializadas, biblioteca virtual, artigos, banco de questões do Enem e de vestibulares estaduais e federais, filmes e documentários, músicas, vídeos pedagógicos e galeria de fotos do período da ditadura militar. Acesse aqui>>

“A história da resistência à ditadura é um tema pouco discutido em sala de aula. Pesquisas revelam que é significativo o número de estudantes, tanto da rede pública como da privada, que concluem o ensino médio sem ter conhecimento da história recente do Brasil, especialmente sobre a ditadura militar. A Secretaria da Educação do Estado decidiu construir um projeto na rede, visando chamar a atenção para a história desse período, caminhando junto com a Comissão Nacional da Verdade”, afirma a professora de história e assessora do gabinete da Secretaria da Educação, Tânia Miranda.

Durante o lançamento do projeto, o chefe de gabinete da Secretaria da Educação, Paulo Pontes, ex-preso político, fará um depoimento sobre o tema Ser preso: as reivindicações da época, a vida na prisão. A pedagoga e técnica da Secretaria da Educação, Suzana Martins, também fará um depoimento sobre Ser irmã de um preso político: formas de tratamento na rua, na escola e nos locais de prisão. No encerramento do evento, a antológica canção Pra não dizer que não falei das flores será interpretada coletivamente.

Mostra de vídeos – De acordo com Tânia Miranda, a ideia é que estudantes e professores sejam os protagonistas das ações que serão realizadas, incluindo a produção de vídeos em sala de aula e outros espaços, que serão exibidos na mostra agendada para os dias 2, 3 e 4 de abril de 2014. Estudantes e docentes podem apresentar vídeos de produções artístico-literárias, incluindo peças teatrais, textos, música, poesia, pintura, desenho, charges e cordel. Os critérios para seleção passam pela adequação linguística, conteúdo compatível ao tema proposto, correção gramatical, criatividade, estilo, estrutura textual, vocabulário e qualidade literária.

Outro registro em vídeo permitido refere-se à visitação em espaços públicos que foram utilizados como centro de prisão e de tortura. A outra modalidade de vídeo consiste na gravação de depoimentos e entrevistas com ex-presos políticos e familiares. Em ambas, serão avaliadas a qualidade artística, fílmica e visual da proposta, além da originalidade e pertinência da temática.

Fonte: http://institucional.educacao.ba.gov.br/noticias/secretaria-lanca-projeto-ditadura-militar-direito-memoria-50-anos-do-golpe-militar-de-1964

Espaço Aberto – A rede social da educação

Olá, educadores(as)!

Atualmente, é impossível ignorar a grande influência que as mídias digitais exercem em nosso cotidiano, bem como o auxílio que elas trazem em diversos aspectos, viabilizando ações que antes demandavam maior tempo ou limitavam a comunicação e interação com o mundo.

 O que antes era visto como um obstáculo, pois alguns resistiam à ideia de que fosse possível utilizar a internet e seus múltiplos recursos tecnológicos para fins educacionais, hoje a realidade mostra o potencial da rede e que quando suas ferramentas são aplicadas e agregadas ao uso pedagógico trazem avanços significativos.

 Com o objetivo de fortalecer ainda mais a apropriação e construção de novos saberes nos meios interativos, sugerimos, para @s professor@s da Rede Estadual de Educação da Bahia, que conheçam o Espaço Aberto, a rede social da educação. Este ambiente está integrado ao AEW, que pode ser acessado por qualquer visitante e disponibiliza sugestões de conteúdos e softwares livres para uso educacional.

O Espaço Aberto é uma Rede Social Educacional que tem como objetivo potencializar a construção e a troca de conhecimentos, estimulando a socialização e a colaboração no ambiente escolar.”

Dia 16/07/13 ocorre o lançamento desta Rede durante o Seminário de Educação e Tecnologias. – Assista pela internet.

Clique aqui e confira essa novidade!

espacoaberto

Para se cadastrar, basta clicar aqui.

Ao atentarmos para a importância do convívio escolar na formação social, concluímos que este é o espaço ideal para que, desde o despertar da curiosidade às experimentações, conduza à construção e fortalecimento da consciência crítica em cada envolvido nesta relação.

 Abraços!

 Fonte: ambiente.educacao.ba.gov.br

Parabéns Professor Web, 03 anos de Interação!!

Em mais um ano de vida do PW e equipe, tivemos novas oportunidades de compartilhar conhecimentos e construções. É de forma satisfatória que festejamos as conquistas decorrentes dessa parceria com a comunidade escolar da Bahia, bem como as de nossos estudantes.

O Professor Web, no dia 13 de julho, completa três anos em atividade. Nós temos plena certeza da importância da autonomia na produção e no compartilhamento das mídias para educação! Obrigado a tod@s vocês pela confiança e companhia! 

PW-3anos-post

♫♪ Vamos todos juntos formar essa corrente

somar as energias e mostrar pra essa gente.

Que na escola pública estudante é capaz,

não dá mole, não vacila e nem vai ficar pra trás. ♫♪

Rap do Professor Web

Confiram mais no Rap do Professor Web e revejam nossa postagem do aniversário do Professor Web de 02 anos!

  Conte sempre conosco para continuar tecendo essa rede.

  Abraços!

Secretaria apresenta metodologia para ciências da natureza

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia reúne educadores das escolas estaduais e professores universitários em um “Um Dia de Ciência” para lançamento do livro Bahia, Brasil – Espaço, Ambiente e Cultura. O encontro acontece dia 14 de agosto, das 10 às 17 horas, no Instituto Anísio Teixeira, em Salvador. A programação inclui uma mostra dos trabalhos premiados na Feira de Ciências da Bahia e um workshop sobre ensino de ciências, com professores universitários dos cursos de licenciatura em química, física, biologia e geografia das instituições públicas estaduais e federais de Ensino Superior da Bahia, formadoras de boa parte dos professores das escolas estaduais.

O momento do “Dia de Ciência” mais esperado pelos participantes é a apresentação do livro Bahia, Brasil – Espaço, Ambiente e Cultura, material que renova a metodologia de ensino e de aprendizagem dos conteúdos das ciências da natureza na educação básica, especialmente no que diz respeito à alfabetização científica e tecnológica dos estudantes. Um exemplar do livro será distribuído a cada estudante da 5ª a 8ª série do ensino fundamental, em sua maioria com idades entre 10 e 14 anos. Os professores receberão, além do livro, uma mídia digital com conteúdos exclusivos relacionados ao território de identidade no qual atuam. Eles participarão de encontros de formação para orientar o uso  do recurso em sala de aula.

Valorização da identidade baiana – Concebida pela Secretaria da Educação do Estado, a obra traz uma combinação inédita de textos e imagens, associando conhecimentos de história, geografia, física, química e biologia que privilegiam aspectos do meio ambiente e da cultura da Bahia. A biodiversidade, a identidade e os grupos étnicos que caracterizam o Estado são alguns dos assuntos apresentados no livro. Dentre outras situações, as abordagens contemplam noções de economia, patrimônios, cuidados com a saúde, ecossistemas, sustentabilidade, aquecimento global e história geológica do planeta.

A escolha do conteúdo foi fundamentada em pesquisas realizadas junto ao meio acadêmico e outras secretarias de governo da Bahia. Os professores da rede estadual também atuaram como colaboradores sugerindo temáticas de interesse comum, a exemplo do fenômeno da seca, recorrente em cidades do interior do Estado, bem como características climáticas e preservação de espécies nativas.

A contextualização da aprendizagem ganha apoio de elementos da cartografia como imagens de satélite, mapas, gráficos, infográficos e ilustrações que enchem de cores e enriquecem a leitura interdisciplinar. O texto reconhece e valoriza as experiências do cotidiano, exaltando a consciência de que as vivências do aluno são a base para aprender, em acordo com as ideias de Anísio Teixeira.

O assessor especial para assuntos de currículo da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, Nildon Pitombo, enfatiza que “a sugestão dos conteúdos do novo livro é radicalmente diferente do programa convencional dos livros didáticos”. Para Pitombo, o grande mérito da produção é a sua capacidade de motivar o estudo e de apresentar ao estudante a importância de compreender as ligações entre os fenômenos da natureza e os da cultura. “Isso possibilita e estimula a construção de uma rede de saberes que explica acontecimentos cotidianos e aprofunda o cuidado com o meio ambiente, nosso patrimônio natural. É a essência de uma boa alfabetização científica”, conclui o assessor.

Acesso ao conhecimento científico – A elaboração e distribuição do material integram as ações do Programa Todos pela Escola que estabelece dez compromissos para melhorar o desempenho dos estudantes nas escolas estaduais. Esta ação está especialmente voltada para o cumprimento do compromisso número oito (Inovar e diversificar os currículos escolares, promovendo o acesso dos estudantes ao conhecimento científico, às artes e à cultura).

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/node/3512

IAT e Safernet promovem oficina sobre internet segura

Em parceria com a SaferNet Brasil, o Instituto Anísio Teixeira realiza no dia 23 de abril de 2012, das 8h30 às 12h30, na sala 16, a Oficina de formação  para o uso seguro da internet,  que será transmitida para todos os polos do estado através de videoconferência.

O objetivo do evento é sensibilizar e formar multiplicadores na Secretaria da Educação, especialmente nas coordenações pedagógicas e Núcleos de Tecnologias Educacionais- NTE, com relação ao uso da internet de maneira responsável e segura dentro e fora da escola. A videoconferência é destinada a professores da Rede Pública de Ensino. Para participar, faça a inscrição AQUI .
Uma palestra para conscientização sobre o uso seguro da internet está programada, também, para ser ofertada aos estudantes do Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira   A intenção é fornecer informações acerca dos riscos que os jovens podem correr ao disseminar, em perfis públicos, informações sobre sua vida pessoal, inclusive fotografias e endereços de e-mail. Neste dia, a equipe do Professor Web vai interagir com os estudantes.
Durante as duas atividades, a SaferNet oferecerá material didático sobre o tema e o certificado de participação na oficina. Outras informações podem ser obtidas através do e-mail rede.anisio@educacao.ba.gov.br.
PROGRAMAÇÃO DA OFICINA
8h30– Abertura
8h40– Palestra: Novas tecnologias, nova infância? Oportunidades e riscos na internet brasileira
Tópicos:
– Potenciais da internet no Brasil e no mundo
– Dimensão pública da internet e ciber cidadania
– Invasão de privacidade, roubo de dados, ciber bullying, sexting, dependência em jogos e violência
10h40– Formação de multiplicadores: as tecnologias a favor da educação em direitos humanos também na internet
– Fluxos e mecanismos de denúncia;
– Conhecendo o kit pedagógico da SaferNet Brasil
– Divulgação dos vídeos das campanhas de prevenção (on e off-line);
12h00– Discussão
Fique ligado!

Circulou!!! Post do Professor Web é destaque na internet

O blog do Professor Web, personagem criado pela Secretaria Estadual da Educação para possibilitar uma comunicação mais direta e participativa entre alunos e professores da Rede Pública Estadual de Ensino nas redes sociais, alcançou o primeiro lugar nos acessos referentes ao aniversário de Salvador – 463 anos, na internet.

Com uma imagem em que aparece o Elevador Lacerda ao fundo, o PW, como é carinhosamente tratado pelos estudantes, homenageia a cidade contando um pouco da sua história. A identificação com o post foi imediata e a aceitação do público também. O objetivo do blog é falar diretamente com o estudante e por isso a equipe multidisciplinar do Professor Web está sempre mobilizada para, além das publicações normais, desenvolver, também, posts temáticos relacionados a datas comemorativas.
Com essa ação, o PW reforça ainda mais o seu amor pela Bahia. Em seu blog, há sempre um espaço especial de destaque para as comemorações locais, como, por exemplo, o Carnaval, o Dois de Julho, a Lavagem do Bonfim, o São João e o Dia da Consciência Negra.
Conheça e participe do blog do Professor Web