Caravana Digital Formação em Apropriações Tecnológicas no processo de ensino-aprendizagem

Olá, amig@s!

A Rede Anísio Teixeira compreende que a apropriação tecnológica é condição importante à formação de todos os atores educacionais. Não se trata tão somente do empoderamento na utilização dos recursos tecnológicos, mas, sobretudo, de um movimento político, socialmente efetivo à fomentação intelectual de produção, apropriação e compartilhamento de Mídias e Tecnologias Educacionais cuja promoção está em defender a tecnocultura livre.


Diante do exposto, nos dias 10 e 13 de novembro, ocorreram as “Caravanas Digitais”, movimento idealizado pela Rede AT, em parceria com as escolas públicas da Rede Estadual de Ensino da Bahia. Dessa vez, a equipe de educadores esteve no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira e no Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos. O propósito da atividade é dar visibilidade às produções que acontecem nas unidades escolares por parte de educadores e educandos, bem como difundir as produções desenvolvidas pelos projetos da Rede AT: Ambiente Educacional Web, Blog do Professor Web e da Professora OnLine e TV Anísio Teixeira.

Foto: Samuel Oliveira

Foto: Samuel Oliveira

A “Caravana Digital” chegou às unidades escolares com duas propostas de atividades que ocorreram de forma paralela: lúdica, tendo como público-alvo os educandos; e de formação, para os educadores.

A formação buscou trabalhar a relação, sociedade, tecnologia e educação, no sentido de refletir como esses três pilares tornam-se elementos fundantes, que interferem direta e indiretamente no cotidiano escolar, em que educandos e educadores, cada vez mais, se apropriam das novas tecnologias.

Foto: Eugles Oliveira

Foto: Eugles Oliveira

O debate foi bastante proveitoso, bem como a participação dos educadores nas atividades propostas. Eles trouxeram exemplos do seu dia a dia, das suas relações com as tecnologias disponíveis na unidade escolar e da relação com os educandos que utilizam aparelhos tecnológicos em sala. Apontaram as reais dificuldades no tocante ao acesso à internet em seu locus de trabalho e a insuficiência de equipamentos disponíveis.

Foto: Ródnei Souza

Foto: Ródnei Souza

 

Eugles Oliveira

Anúncios

Caravana Digital – A comunidade escolar em destaque!

Olá, amig@s!

Em mais uma edição da Caravana Digital, evento promovido pela Rede Anísio Teixeira – Rede AT em parceria com as escolas estaduais da Bahia, pudemos conferir no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira – CEAAT (São Marcos) e Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos – CEMPA (Bairro da Paz) o quão participativos/as e engajados/as são os/as estudantes da rede pública de ensino.

As mídias e tecnologias educacionais produzidas/difundidas pela Rede AT -Ambiente Educacional Web, TV Anísio Teixeira e Blog do Professor Web e Professora OnLine – foram apresentadas por meio de jogos e dinâmicas que agregam ludicidade aos conhecimentos dos estudantes e favorecem o fortalecimento de iniciativas que integram a ciência e a cultura na formação educacional.

rect134010

Durante a Caravana Digital, os/as professores/as participaram da formação em apropriações tecnológicas no ensino e aprendizagem, com os/as educadores/as da Rede AT e, no palco, os talentos artísticos dos/as educandos/as – potencializados no ambiente escolar – eram compartilhados por meio da música, teatro, apresentações de dança, capoeira. A cada performance, pudemos perceber que a valorização das produções colaborativas/criativas pela escola pode fazer a diferença no contexto da comunidade, onde as demonstrações plurais de saberes, mais uma vez, afirmaram que os/as que aprendem também têm muito a ensinar.

Confiram a galeria de fotos: cliquem aqui!

“Na escola pública, estudante é capaz, não dá mole, não vacila e nem vai ficar para trás.” (Rap do Professor Web)

 

Que tal levar a Caravana Digital para a sua escola? Deixe o seu comentário para saber como!

Abraços!

Oficina Gestão de Blogs Livres – Protagonismo e colaboração

Olá, amig@!

Se está navegando nessa plataforma de conteúdos educacionais livres, certamente já refletiu sobre o potencial das tecnologias da informação e comunicação  (TICs) no contexto educacional e em como educadoras/es e educandas/os podem tornar as aulas/escolas mais significativas e atrativas com o suporte dessas tecnologias, não é mesmo?!

Essa e outras questões foram levantadas também na oficina Gestão de Blogs Livres, realizada pela Rede Anísio Teixeira, nos dias 26 e 28 de maio, em parceria com o Centro Juvenil de Ciência e Cultura – Central. A atividade difundiu no espaço escolar importantes discussões acerca do blog, que é uma mídia mundialmente utilizada, tanto por quem busca informações e conteúdos, quanto por quem deseja compartilhar suas experiências pessoais e/ou coletivas com uma maior liberdade de autoria e gestão.

18

Foto: Leila Cruz

Estudantes, professoras/es e demais presentes, puderam dialogar com as/os educadoras/es da Rede Anísio Teixeira, que buscaram problematizar as questões relacionadas ao uso das tecnologias, principalmente no contexto educacional; assim como, de maneira dinâmica, por meio de um desenho pedagógico, relacionaram, desde as subjetivas necessidades de adesão a uma plataforma de compartilhamento multimídia, às estratégias a serem adotadas e a interação com o público-alvo, a fim de fortalecer, sobretudo, as construções coletivas/colaborativas e críticas na comunidade escolar.

Ao passo que foram apresentados vídeos e explanações sobre os conteúdos e as licenças livres, diversas dúvidas foram surgindo, principalmente partidas de algumas(uns) estudantes, que demonstraram bastante interesse em (re)inciar blogs pessoais e coletivos na unidade em que estudam. As/os participantes refletiram sobre o dinamismo das múltiplas conexões na sociedade atual e como esta influencia e é influenciada pela escola, assim com o  debate relacionado ao “virtual”, “real”, significação das informações obtidas na web, com e sem a mediação pedagógica. As imprescindíveis discussões sobre normas de segurança digital deixaram o debate intenso e bastante produtivo.

E por falar em conteúdos livres, você sabe o que são ou utiliza licenças livres nos seus estudos, pesquisas, entretenimento ou em outras atividades?                                                                                                                        Confira no vídeo disponível no Ambiente Educacional Web, um pouco mais sobre essa importante questão que envolve os direitos autorais e a liberdade de uso e compartilhamento.

Clique aqui ou na imagem abaixo.

ccaew

Ações como essas, fazem reverberar as palavras de Freire (1996, p. 86) ao declarar que, “o fundamental é que professor e alunos saibam que a postura deles, do professor e dos alunos, é dialógica, aberta, curiosa, indagadora e não apassivada, enquanto fala ou enquanto ouve. O que importa é que professor e alunos se assumam epistemologicamente curiosos.” No contato com as pessoas que diretamente atuam nas escolas, se tem a certeza de que as diversas contribuições realizadas nesses ambientes, são necessárias para que suas/seus autoras/es reconheçam-se a cada dia mais como protagonistas das intervenções geradas neles, deem sentido prático ao uso pedagógico das novas tecnologias e  suscitem outras mediAções.

Até o próximo encontro!

Fontes:

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

Conheça a licença creative commons – Disponível em: http://ambiente.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/3986

Rede Anísio Teixeira e Centros Juvenis realizam oficina sobre uso de Software Livre

Professores e estudantes da rede estadual de ensino participaram da oficina “Migração para o Uso de Softwares Livres”, realizado em parceria com o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologia01cccs Educacionais da Rede Anísio Teixeira (Rede AT), e o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), nesta terça e quarta-feira (28 e29/04). A oficina, realizada no CJCC – Central, em Salvador, teve o objetivo de conscientizar professores e estudantes sobre a importância do uso de softwares livres no contexto socioeducativo e, também, capacitar para o uso das ferramentas e aplicativos disponíveis.

logo

Imagem: Josymar Alves

“Nós queremos que a escola tenha boas ferramentas para produção multimídia de conteúdos”, ressalta Patrícia Nascimento, colaboradora da Rede Anísio Teixeira. “A gente atribui a importância desse curso na comunidade escolar, à possibilidade de construção coletiva que os softwares livre trazem, numa perspectiva de cooperação e de liberdade de criação”, destaca.

O Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais da Rede Pública Estadual de Ensino – Rede Anísio Teixeira, foi criado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia visando fortalecer a escola pública como um espaço de apropriações tecnológicas pela comunidade e fomentar a realização de práticas de ensino e de aprendizagem inovadoras nas escolas públicas estaduais.

Fonte: http://educadores.educacao.ba.gov.br/noticias/rede-anisio-teixeira-e-centros-juvenis-realizam-oficina-sobre-uso-de-software-livre

Projetos de professores são selecionados pela TV Anísio Teixeira

Buscando valorizar o professor e seus projetos, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, através do Instituto Anísio Teixeira (IAT) abre espaço para professores da Rede Pública de Ensino, que desejam fazer parte do Programa Intervalo através do quadro “Ser Professor” da TV Anísio Teixeira (TV AT) que será lançado em 2014.

Para participar, o interessado deve preencher o formulário anexado abaixo, com dados sobre o projeto e enviar para o e-mail tv.anisioteixeira@educacao.ba.gov.br até 31 de Março de 2014. Todos os professores das escolas públicas da Rede Estadual de Ensino da Bahia podem enviar seus trabalhos.

O quadro Ser Professor busca dar visibilidade aos projetos feitos por educadores nas escolas públicas da rede estadual, os trabalhos podem abranger todas as áreas do conhecimento. O programa Intervalo pretende selecionar seis projetos, que serão exibidos quando o programa for ao ar.

Conheça o programa – Intervalo é o mais novo programa da TV Anísio Teixeira que começou a ser produzido no mês de maio de 2013, com duração de 15 minutos, tempo do horário do intervalo escolar, por isso a escolha desse nome. A pretensão é que o mesmo seja exibido nas escolas durante o período recreativo.

1554506_760296843999854_1189303505_n (1)

   Banner: IAT/ Unidade de Comunicação

O objetivo maior é que os colegas possam conhecer os projetos e também colocar em prática seus conhecimentos. Ser professor é isso, mostrar o que o professor está fazendo e estimular outros professores a fazerem também”, disse o professor da TV AT, Peterson Azevedo.

A proposta do projeto é mostrar a toda comunidade escolar a importância do trabalho do professor na escola, a qual atinge diretamente na qualidade da formação do aluno, que é a fonte de inspiração dos professores.

A divulgação dos projetos selecionados estará disponível no Portal da Educação até 07 de abril de 2014.

Para mais informações, entre em contato com a TV Anísio Teixeira através do telefone: 71 3116 9038.

Clique aqui e acesse o formulário de inscrição.

 

Fonte:http://educadores.educacao.ba.gov.br/noticias/projetos-de-professores-sao-selecionados-pela-tv-anisio-teixeira

ESPAÇO ABERTO – A Rede Social da Educação, no 19.º Congresso Internacional ABED de Educação a Distância.

Olá, Galera!

A nossa Rede Anísio Teixeira, através do Grupo Gestor do AEW, apresentou a Rede Social Espaço Aberto da Educação baiana no 19º Congresso Internacional de Educação a Distância, realizado no período de 9 a 12 do corrente mês, no Centro de Convenções da Bahia. Veja fotos abaixo:

mosaico comite ciaed

 O Estado da Bahia é pioneiro em rede social totalmente desenvolvida para Educação. O Espaço Aberto da Educação, “é um ambiente pedagógico com o objetivo de interagir professores das escolas públicas através de perfis pessoais, numa rede social de conhecimento digital, de forma descontraída e construtiva e oferece recursos interativos para os usuários, como fóruns, blogs, comunidades, álbuns de fotos e feed de notícias, além de acesso ampliado aos conteúdos digitais do Ambiente Educacional Web. Neste espaço, a comunidade escolar baiana poderá construir e trocar conhecimentos, diminuindo um pouco as distâncias que separam as escolas do nosso Estado.”(Guia Espaço Aberto)

Pelas redes sociais, diariamente, transitam milhares de pessoas, entre elas estão alunos, professores, integrantes das comunidades escolares.

Entendemos que a Rede Social Espaço Aberto da Educação pode trazer os seguintes benefícios para a comunidade escolar:

  • Comunicação, interação e colaboração entre professores, funcionários, programas e projetos atuantes nas escolas públicas da Rede Estadual;
  • Acesso a conteúdos livres das diversas áreas do conhecimento: vídeos, jogos, animações, simulações, experimentos, sequências didáticas dentre outros tipos de conteúdos;
  • Acesso a programas livres voltados para colaboração e produção de mídias e tecnologias educacionais;
  • Publicação e compartilhamento de produções e experiências escolares;
  • Ampliação dos documentos e da interação. (Guia Espaço Aberto)

Segundo João Mattar, em Web 2.0 e Redes Socais na Educação, “As redes sociais são habitat da geração que recebemos, hoje, em nossas escolas e universidades. Portanto, incorporar redes sociais à educação parece um passo instintivo para mantermos o contato com nossos alunos. A web e as redes sociais já são amplamente utilizadas pelos alunos para pesquisar e discutir educação, seja no Ensino Fundamental e Médio,seja no Ensino Superior e corporativo(…)”(MATTAR, 2013, p.15).

A Rede Social da Educação pode ser um meio para uma grande e exitosa interação pedagógica, realizada através de atores sociais, professores/estudantes e integrantes de comunidade escolar, que ao utilizarem essa rede vão constituí-la, conforme afirma Raquel Recuero (2009) em seu livro Redes Sociais na Internet, que mostra como as redes sociais na internet são instrumentos de colaboração e de produção de conhecimento:

“Embora os sites de redes sociais atuem como suporte para as interações que constituirão as redes sociais, eles não são, por si,redes sociais. Eles podem apresentá-las, auxiliar a percebê-las, mas é importante salientar que são, em si,apenas sistemas. São os atores sociais, que utilizam essas redes, que constituem essas redes”. (RECUERO,2009,p.103).

Portanto, a presença, interação e colaboração de todos são fundamentais nessa rede social da educação para uma grande e profícua produção de conhecimentos como mola propulsora para a Educação baiana.

Fica a nossa dica para o professor da rede estadual de ensino da Bahia:

Espaço Aberto - Apresentação NTE

  (Repente Espaço Aberto Educação- Rede Social da Educação Baiana/Autoria da Prof.ª Ana Rita Esteves Medrado)

FONTES:

MATTAR,João.Web 2.0 e redes sociais na educação.São Paulo:Artesanato Educacional,2013.

RECUERO,Raquel.Redes Sociais na Internet.Porto Seguro:Sulina,2009.

 

Espaço Aberto – A rede social da educação

Olá, educadores(as)!

Atualmente, é impossível ignorar a grande influência que as mídias digitais exercem em nosso cotidiano, bem como o auxílio que elas trazem em diversos aspectos, viabilizando ações que antes demandavam maior tempo ou limitavam a comunicação e interação com o mundo.

 O que antes era visto como um obstáculo, pois alguns resistiam à ideia de que fosse possível utilizar a internet e seus múltiplos recursos tecnológicos para fins educacionais, hoje a realidade mostra o potencial da rede e que quando suas ferramentas são aplicadas e agregadas ao uso pedagógico trazem avanços significativos.

 Com o objetivo de fortalecer ainda mais a apropriação e construção de novos saberes nos meios interativos, sugerimos, para @s professor@s da Rede Estadual de Educação da Bahia, que conheçam o Espaço Aberto, a rede social da educação. Este ambiente está integrado ao AEW, que pode ser acessado por qualquer visitante e disponibiliza sugestões de conteúdos e softwares livres para uso educacional.

O Espaço Aberto é uma Rede Social Educacional que tem como objetivo potencializar a construção e a troca de conhecimentos, estimulando a socialização e a colaboração no ambiente escolar.”

Dia 16/07/13 ocorre o lançamento desta Rede durante o Seminário de Educação e Tecnologias. – Assista pela internet.

Clique aqui e confira essa novidade!

espacoaberto

Para se cadastrar, basta clicar aqui.

Ao atentarmos para a importância do convívio escolar na formação social, concluímos que este é o espaço ideal para que, desde o despertar da curiosidade às experimentações, conduza à construção e fortalecimento da consciência crítica em cada envolvido nesta relação.

 Abraços!

 Fonte: ambiente.educacao.ba.gov.br