Fique ligado!

 

Olá, pessoal! Preparado?

É positivamente válido revelar experiências exitosas no cenário educacional, notadamente, quando elas vêm de sujeitos que valorizam e lutam por uma educação cada vez melhor.

O quadro “Faça Acontecer” que integra o Programa Intervalo da TV Anísio Teixeira (TVAT)/ Rede Anísio Teixeira  trata-se de um documentário em que, educandos da rede estadual de ensino, participam de atividades, seleções ou premiações incentivadas pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura / SEC.

Atavés dos projetos que estimulam o pensar educativo, científico, cultural e tecnológico orientados pela Lei de Diretrizes e Bases (Lei 9394 de 20 de dezembro de 1996) como: Festival Anual da Canção Estudantil (FACE), Artes Visuais Estudantis (AVE),Projeto Tempos de Arte Literária (TAL),Produções Visuais Estudantis (PROVE), Feiras de Matemática, Feira de Ciências e Jogos Estudantis da Rede Pública (JERP) para o fomento de atividades socioculturais que, para além dessa proposta, são atividades que estimulam a criatividade e criticidade  dos educandos com o propósito de valorização e divulgação de um produto, sem perder de vista sobretudo, o reconhecimento das questões identitárias dos sujeitos.

A proposta do “Faça Acontecer” versa por diferentes áreas do conhecimento o que permite, portanto, um diálogo interdisciplinar. O ponto forte desse quadro é, sem dúvida, revelar as potencialidades bem como o protagonismo estudantil dando visibilidade à sua produção e criação, claramente percebido  na fala do educando Pablo de Jesus,participante do AVE 2010,de Morro do Chapéu -BA. Assista ao vídeo abaixo e confira!

video

Como fica evidente, o documentário aborda , a trajetória do estudante até a conquista da premiação, o enfrentamento e a superação de suas dificuldades revelando, consideravelmente, o papel da família e da comunidade escolar como os pilares para a realização do desejo de cada participante.  Para assistir aos demais vídeos acesse nosso ambiente!

http://ambiente.educacao.ba.gov.br/tv-anisio-teixeira/programas/episodios/id/6

Por fim, o “Faça Acontecer” é uma grande oportunidade de mostrar a sociedade  as potencialidades dos educandos . A exemplo de Mirela Andrade de Jeremoabo- BA, com seu projeto “A Geografia da fome” revela  grande contribuição  para um problema bastante gritante,  não somente no nosso contexto social, mas global. Seu trabalho científico ganhou a Feira de Ciências da Bahia em 2011 e teve ainda repercussão nacional  na Feira Brasileira  de Ciências e Engenharia (FEBRACE) em 2012 .

  Então! O que está esperando? Você, como muitos e tantos outros, pode ser o protagonista do próximo “Faça Acontecer”! Portanto, fique ligado no “Encontro Estudantil” e revele seu talento!

Mônica de Oliveira Mota

Professora da Rede Pública Estadual de Ensino da Bahia

Comunicação + Educação = Cobertura Colaborativa Estudantil

slider1Olá, pessoal!

Na 4ª edição do Encontro Estudantil da Rede Estadual, evento anual promovido pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, estudantes de diversos cantos do estado se encontrarão na Arena Fonte Nova, nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, para apresentar à sociedade o resultado de projetos aos quais se dedicaram durante todo o ano letivo.

Confira a programação completa aqui.

Como parte integrante de todo esse importante processo, a Rede Anísio Teixeira marcará presença no evento com ações desenvolvidas na Tenda Digital, espaço de livre expressão, conhecimento e interação, onde os visitantes poderão acessar, conhecer e experimentar as Mídias e Tecnologias Educacionais Livres da rede pública estadual de ensino, além de expor talentos artísticos para um público estimado em 20 mil participantes.

Iniciada no dia 16 de novembro, a formação para a Cobertura Colaborativa Estudantil ocorre no Instituto Anísio Teixeira – IAT até o dia 27. Na formação, que tem a participação de 10 estudantes selecionados por meio de chamada pública, educadores da Rede AT utilizam as tecnologias da informação e da comunicação (TIC) para complementar os conhecimentos prévios dos educandos na perspectiva crítica e educativa relacionada ao uso dos recursos tecnológicos. Os profissionais da Rede também orientam os estudantes no que diz respeito à produção colaborativa e à difusão de conteúdo educacional multimidiático (produção de áudio, vídeo, imagem e texto).

 A estudante do Colégio Estadual Polivalente do Cabula, Thayline Alves, 17 anos, conta que se interessou em participar da formação por ter uma grande identificação com a comunicação e essa oportunidade será um auxílio para o desempenho escolar, nas apresentações, na forma de lidar com o público, assim como no direcionamento profissional.

Em relação à importância da Cobertura Colaborativa Estudantil, o professor da Rede Anísio Teixeira, Marcus Leone, destaca: “A importância da participação dos estudantes na Cobertura Colaborativa vem em duas vias: uma na perspectiva de formação, aprendizagem, comunicação e expressão. É um espaço em que eles podem dizer sobre a educação baiana, do que eles, estudantes, vivenciam. A outra via é em relação a nós, educadores, que aprendemos muito nesse processo. Poder fazer uma cobertura nessa lógica colaborativa é prêmio, pois são dois olhares que acabam se tornando um só e que veem a educação como possibilidade de promoção do ser humano”.

Ao final da formação, os estudantes estarão habilitados para participar da Cobertura Colaborativa e poderão ver de perto e documentar as ações pedagógicas que acontecerão no 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual de Ensino e, naquele universo, protagonizarão momentos de descobertas, aprendizados, reconhecimento e muita comunicAção.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Além de serem os convidados especiais do evento, vocês poderão conferir toda a produção dos estudantes em nossas publicações aqui no Blog do Professor Web e da Professora Online, no Ambiente Educacional Web (AEW) e nas redes sociais (Facebook, Flickr, Twitter e YouTube).

Abraços, galera!