Rede Anísio Teixeira e Centros Juvenis realizam oficina sobre uso de Software Livre

Professores e estudantes da rede estadual de ensino participaram da oficina “Migração para o Uso de Softwares Livres”, realizado em parceria com o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologia01cccs Educacionais da Rede Anísio Teixeira (Rede AT), e o Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC), nesta terça e quarta-feira (28 e29/04). A oficina, realizada no CJCC – Central, em Salvador, teve o objetivo de conscientizar professores e estudantes sobre a importância do uso de softwares livres no contexto socioeducativo e, também, capacitar para o uso das ferramentas e aplicativos disponíveis.

logo

Imagem: Josymar Alves

“Nós queremos que a escola tenha boas ferramentas para produção multimídia de conteúdos”, ressalta Patrícia Nascimento, colaboradora da Rede Anísio Teixeira. “A gente atribui a importância desse curso na comunidade escolar, à possibilidade de construção coletiva que os softwares livre trazem, numa perspectiva de cooperação e de liberdade de criação”, destaca.

O Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais da Rede Pública Estadual de Ensino – Rede Anísio Teixeira, foi criado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia visando fortalecer a escola pública como um espaço de apropriações tecnológicas pela comunidade e fomentar a realização de práticas de ensino e de aprendizagem inovadoras nas escolas públicas estaduais.

Fonte: http://educadores.educacao.ba.gov.br/noticias/rede-anisio-teixeira-e-centros-juvenis-realizam-oficina-sobre-uso-de-software-livre

Anúncios

juntaDados

logo juntaDados

 E aí, galera! Beleza?

O juntaDados é um sistema operacional livre que foi desenvolvido na Universidade Estadual da Bahia (Uneb), baseando-se na filosofia do GNU e da FSF (Free Software Foundation), que visa facilitar a produção e o compartilhamento de conteúdo audiovisual dos pontos de cultura e dos centros de inclusão digital.

O juntaDados possui diversos softwares (programas) para escritório e para desenvolver áudio, vídeo, imagem, texto e o próprio software. Como principais programas do juntaDados, podemos citar o Ardour 3.3 (editor de áudio), o Blender 2.68 (modelador 3-D) e o Cinelerra 2.2CV (Editor de Vídeo).

 O juntaDados é uma customização do Debian Linux 7.1.0 (Wheezy), com pacotes do SnowLinux e tem os códigos disponíveis nos repositórios do Debian (apt-get source).

 Contando com um acervo de mais de 60 softwares pré-instalados, ele se mantém leve e sem travamentos, mesmo rodando pelo Live CD. Também tem uma vasta compatibilidade com os computadores atuais, possuindo as versões de 32bits (x86) e 64bits (x64).

 Então, pessoal, confira o site do projeto e clique aqui para fazer o download do sistema operacional

Abraços!

Software Livre nos Dispositivos Móveis

E aí, galera! Tudo beleza?

Vocês já sabem a diferença entre software livre e software gratuito? Descubra aqui!

O software livre vem ganhando mais adeptos a cada dia, o que fez aumentar o seu espaço no mercado, tornando-o um concorrente forte para outros. Com o constante avanço tecnológico, dispositivos como os celulares, câmeras, TVs e até mesmo relógios se assemelham cada dia mais a um computador.

Com ideia de desenvolver um sistema operacional de código aberto possibilitando às empresas, escolas, hospitais, dentre outros, a modificarem o sistema às suas necessidades; e para que os usuários não ficassem restritos a poucos softwares, podendo estudar, analisar e desenvolver os seus próprios programas e redistribuí-los gratuitamente, que surgiram os smartphones com sistema baseado no Kernel do Linux.

O Android foi o primeiro sistema de código aberto desenvolvido para dispositivos móveis. Mas, apesar de fornecer o código fonte para estudo, possui limitação imposta pelos fabricantes na alteração do sistema. Mas se engana quem acha que parou por aí! O Android foi só o pontapé para que as desenvolvedoras tivessem a iniciativa de desenvolver outros sistemas.

O recém-chegado Ubuntu For Phones, sistema baseado no Linux Ubuntu ,traz mais interação e mobilidade, sendo todo controlado por ações em tela, com a ideia de “colocar o computador no bolso” através da integração total entre as tecnologias mobile e desktop, conectando diretamente o smartphone ao monitor. Como se pode ver acessando aqui!

O Tizen SO, sistema desenvolvido para funcionar em diversos dispositivos diferentes, como tablets, PCs, smartphones, notebooks, smartTVs e até mesmo veículos, está prestes a ingressar no mercado  com a missão de revolucioná-lo. Atualmente, outros dois sistemas estão em fase final de desenvolvimento: o Firefox OS e o Sailfish OS.

É isso aí, galera, estudem e pesquisem mais para se aprofundarem no assunto.

Abraços!

9ª Dica: Professor Web fala sobre software livre

Olá amigos e amigasO Tux, o pinguim, e o GNU são os mascotes do software livre!
A dica de hoje é sobre Software Livre. Vocês sabem o que é software livre?
Um software livre é um programa de computador que obedece às quatro liberdades de software, pois com ele vocês podem usar, estudar, modificar e distribuir as modificações dos programas livremente.
  • A liberdade para executar o programa, para qualquer propósito (liberdade n.º 0);
  • A liberdade de estudar como o programa funciona, e adaptá-lo para as suas necessidades (liberdade n.º 1). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade;
  • A liberdade de redistribuir, inclusive vender, cópias de modo que você possa ajudar ao seu próximo (liberdade n.º 2);
  • A liberdade de modificar o programa, e liberar estas modificações, de modo que toda a comunidade se beneficie (liberdade n.º 3). Acesso ao código-fonte é um pré-requisito para esta liberdade; (Wikipédia, 14/12, às 10:12)
Ao contrário do software livre, existem os chamados softwares proprietários, que, para serem utilizados requerem a permissão de uso, na maioria das vezes conseguida com a comercialização do programa, o que nos impede de distribuir entre os nossos colegas. Adquirir e distribuir programas como o Windows sem autorização, resulta em pirataria, ou seja, quebra dos direitos do autor daquele software.
Quando falamos de software livre, não estamos falando de software gratuito. Estamos falando de liberdade. Estes programas de computador estão disponíveis para download na internet, mas um profissional da informática, por exemplo, pode prestar serviços utilizando tais programas, pois o programa é livre, mas o trabalho da pessoa deve ser recompensado.
Quando falamos de liberdade, estamos também falando de difusão de conhecimento e de possibilidade de uso da informática de forma democrática.
Dentre os softwares livres mais conhecidos estão o sistema operacional chamado de GNU/Linux (também chamado apenas de Linux), o navegador de internet Firefox e o editor de texto (e demais programas de escritório) OpenOffice.org (ou BrOffice.org). Tanto o Firefox, quanto o BrOffice são ótimos programas e podem ser instalados no Windows.
Gostaram da dica? Em breve, falaremos mais sobre software livre, inclusive sobre como utilizá-lo na educação. Por enquanto, acesse os conteúdos digitais sobre software livre no nosso Ambiente Educacional Web.
Compartilhem essa dica com seus amigos. Deixem seus comentários, dúvidas ou sugestões no Orkut, Twitter e Facebook.
Até a próxima, galera!