UNEB inicia inscrições para Vestibular 2014; são 4.451 vagas em 24 campi

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


Os interessados em concorrer a uma das
4.451 vagas que serão ofertadas no Vestibular 2014 já podem se inscrever — exclusivamente pela internet — no endereço www.vestibular.uneb.br.

As vagas disponibilizadas estão distribuídas em mais de 100 opções curriculares de graduações presenciais, oferecidas nos campi de Salvador e outras 23 cidades baianas.

Os candidatos terão até o dia 13 de outubro para garantir participação no certame, que tem taxa de inscrição de R$ 98.

Os interessados em pleitear isenção do pagamento da taxa de inscrição do Vestibular 2014 têm até o dia 15 deste mês para se inscrever no mesmo site. O período de solicitação também começa hoje.

Pioneira no país na implantação do sistema de cotas, a UNEB reserva 40% das vagas para candidatos negros da rede pública de ensino e 5% para indígenas.

Segundo Romilda Almeida, coordenadora-geral do Centro de Processo Seletivo (CPS), as provas do certame estão previstas para serem aplicadas nos dias 24 e 25 de novembro.

A partir desta seleção, a universidade vai oferecer os cursos de Filosofia (Salvador), Engenharia Sanitária e Ambiental (Alagoinhas e Xique-Xique), Engenharia de Bioprocessos e Biotecnologia (Juazeiro) e Arqueologia (Paulo Afonso).

A relação de cursos, quadro de vagas, provas, normas e cronograma da seleção constam no edital da seleção.

Campanha A UNEB transforma. Você também

A campanha de divulgação do Vestibular 2014 traz como tema A UNEB transforma. Você também.

De acordo com Josenildes Oliveira, coordenadora do Núcleo de Relações Públicas (NuRP) da Assessoria de Comunicação (Ascom) da UNEB — setor responsável, junto com o CPS, pela divulgação do vestibular —,a proposta é demonstrar que a universidade está ajudando a transformar a realidade em todos os territórios onde atua.

Queremos mostrar que esse estudante que chega após a aprovação também tem essa capacidade transformadora”, esclarece Josenildes.

Em julho, o CPS e o Gabinete da Reitoria (Chegab), com o apoio da Assessoria de Comunicação Social (Ascom), por meio do Núcleo de Relações Públicas (NuRP), selecionaram 120 discentes dos cursos de graduação da UNEB para atuarem como divulgadores do Vestibular 2014, na capital e no interior.

Para Josenildes, o trabalho do divulgador é importante por esclarecer para os pré-vestibulandos sobre o funcionamento e os benefícios de se cursar uma universidade pública.

É importantíssimo que o próprio discente da UNEB participe do processo seletivo. Os divulgadores, além de nos representar e sanar as possíveis dúvidas dos estudantes das instituições visitadas, acabam se tornando exemplo, principalmente para os alunos de escola pública, pois muitos vieram também das redes públicas de ensino e mostram, com suas experiências, que é possível ingressar em uma instituição gratuita e de qualidade reconhecida. A atuação desses discentes reforça e consolida e identidade visual da instituição junto aos vestibulandos e ainda serve de incentivo para que os jovens participem do nosso vestibular”, ressalta Josenildes.

Ainda de acordo com a coordenadora, 831 instituições de ensino – de 184 municípios, distritos e povoados dos estados da Bahia, de Alagoas e de Pernambuco – foram visitadas durante a divulgação do último vestibular da UNEB .

Para o assessor de Comunicação (Ascom), Toni Vasconcelos, além de ser uma universidade que vai dar uma futura profissão ao estudante, “a UNEB proporciona ao seu discente muitas oportunidades de atuar em projetos sociais que beneficiam comunidades historicamente excluídas”.

Informações: tel. 0800 071 3000 e site www.vestibular.uneb.br.

Entre em contato também pelo Facebook do Vestibular 2014: www.facebook.com/ascom.uneb

Anúncios

Inscrição SiSUTEC

Olá, pessoal!

Estão abertas as inscrições de 6 a 12 de agosto para o SISUTEC. O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministério da Educação (MEC), no qual instituições públicas e privadas de ensino superior e de educação profissional e tecnológica oferecem vagas gratuitas em cursos técnicos na forma subsequente para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Captura de tela em 2013-08-06 16:56:21

Então, se você concluiu o Ensino Médio e fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012, poderá se inscrever e concorrer a uma das vagas disponíveis em todo Brasil.

Para maiores informações, acessem o site http://sisutec.mec.gov.br/.

Abraços e boa sorte a tod@s!

Fonte: http://sisutec.mec.gov.br/

http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=18947

Em-Ação – inscrições prorrogadas até 10 de junho

O Instituto Anísio Teixeira – IAT convoca os professores de língua portuguesa e matemática da rede estadual de ensino para se inscrever nas vagas de articulador de área e professor regente do projeto Em-Ação.  As inscrições estão abertas até 10 de junho de  2012, AQUI.

Projeto –  O Em-Ação é um programa estruturante da Secretaria da Educação do Estado da Bahia que visa fortalecer o ensino e a aprendizagem dos conteúdos curriculares da Base Nacional Comum do Ensino Médio, por meio da promoção do direito de aprender do aluno, do fortalecimento da atuação do professor como mediador da aprendizagem e da atuação da escola como espaço de formação de cidadãos.

Seus objetivos incluem o incentivo aos professores para a formação de grupos colaborativos, de estudo e pesquisa, na escola, o auxílio aos professores no diagnóstico, planejamento e avaliação dos conteúdos curriculares a serem ensinados, na perspectiva da ação, reflexão e intervenção para garantir a aprendizagem dos estudantes. Além disso, valoriza a escola como espaço de formação de professores e, também, de convivência e desenvolvimento do protagonismo juvenil potencializando as funções e atividades próprias do estabelecimento. Objetiva, também, dar suporte pedagógico aos estudantes, contribuir com a articulação entre os programas estruturantes da SEC oferecidos nas unidades escolares e fomentar a cultura da educação integral na escola.

O programa será realizado obedecendo a três vertentes: formação de professores; suporte pedagógico aos estudantes; produção e distribuição de material didático. A formação dos  Articuladores de Área das Escolas (AE) será realizada pelos Articuladores Regionais (AR) nos polos formativos, nas cidades sedes das DIREC. A formação de professores ocorrerá na própria unidade escolar, mediada pelos AE, nos horários de atividade complementar.

Será ofertado um curso, com carga horária de 140 horas, para o articulador de cada área e 120 horas para o professor regente. A formação, realizada na cidade-polo, será desenvolvida por meio de encontros presenciais periódicos e atividades virtuais destinadas a trabalhar, de forma colaborativa, a implementação de práticas pedagógicas inovadoras com o suporte do livro didático adotado pela Unidade Escolar e também do Caderno Temático EM-Ação. Caso os encontros não sejam na cidade de sua unidade escolar, vai implicar em disponibilidade de viagem.

Como aderir – Os professores interessados em participar da formação deverão solicitar ao dirigente da Unidade de Ensino que preencha o termo de adesão e envie para o endereço programaemacao.iat@gmail.com. A solicitação não garantirá à escola a participação no programa. Ela deverá ser homologada pela coordenação do programa e divulgada no site do IAT. Terão prioridade as escolas que apresentarem, pelo menos, um articulador de área de língua portuguesa ou de matemática. Caso a Unidade Escolar não possua o articulador de área, o gestor poderá indicar um professor regente efetivo para as vagas disponibilizadas que não forem preenchidas.

Serão disponibilizadas 30 vagas para o AE de língua portuguesa e 30 para  o AE de matemática por DIREC, e seis vagas (três de língua portuguesa e três de matemática) por unidade escolar. Cada professor deverá cadastrar uma de suas turmas do Ensino Médio, sendo uma de cada série. São atribuições e responsabilidades do AE: realizar a formação do professor regente em língua portuguesa e matemática na Unidade Escolar; cadastrar e acompanhar uma de suas  turmas de alunos; participar da formação com AR nos polos; auxiliar, acompanhar e sistematizar a avaliação diagnóstica; construir de forma coletiva, junto aos professores, a elaboração dos planos de aulas; contribuir com o processo de implementação e avaliação do programa na unidade escolar; munir o AR de informações atualizadas sobre o andamento do programa, apresentando relatórios e resultados das avaliações.

As responsabilidades dos professores regentes são: aplicar e corrigir a avaliação diagnóstica  dos alunos, conforme orientação do programa; elaborar o planejamento de curso e de unidades, postando-o no AVA – Ambiente Virtual de Aprendizagem, de acordo com as datas previstas no cronograma; elaborar as avaliações e postar no AVA, conforme o calendário e orientações do programa.

Fonte: http://www.iat.educacao.ba.gov.br/node/2915