Estudantes da Rede Pública Estadual realizam Cobertura Colaborativa do Inovatec

Estudante-repórter: Roniton Fernandes

O I Congresso Baiano de Inovação e Tecnologia na Educação (Inovatec) começou, hoje, no Instituto Anísio Teixeira (IAT), e junto com ele a Cobertura Colaborativa 2016. Na atividade, estudantes da rede pública trabalham coletivamente no intuito de transmitir os principais acontecimentos do evento.

A turma teve duas semanas de preparação para a Cobertura Colaborativa. Os participantes assistiram aulas teóricas e desenvolveram atividades práticas, com produção de vídeo, de texto e de fotografia.

cobertura

Antes do início da Cobertura, a equipe do blog conversou com alguns estudantes para saber quais eram as expectativas de alguns deles:

  • Andrei Dória, estudante do Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira. Função na cobertura: editor de vídeo.

Fig. 1: Andrei Dória. Foto: Carol Aguiar

Fig. 1: Andrei Dória. Foto: Carol Aguiar

Todo processo foi meio corrido, porém bom, pois adquirimos a experiência necessária para o evento”.

  • Esther Silva, estudante do Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira. Função na cobertura: repórter de radiojornalismo.

    Fig. 2: Esther Silva. Foto: Carol Aguiar

    Fig. 2: Esther Silva. Foto: Carol Aguiar

Estou um pouco ansiosa, não sei o que me espera, mas a expectativa é de que dê tudo certo”.

  • Emili Oliveira, estudante do Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira. Função na cobertura: fotógrafa.

    Fig. 3: Emili Oliveira. Foto: Carol Aguiar

    Fig. 3: Emili Oliveira. Foto: Carol Aguiar

O processo de formação foi curto, porém eficiente. Acho que foi o suficiente para a gente se desenvolver e está tudo fluindo muito bem”.

  • Alessandra Viana, estudante do Centro Estadual de Educação Profissional em Controle e Processos Industriais Newton Sucupira. Função na cobertura: repórter de telejornalismo.
Fig. 4: Alessandra Viana. Foto: Carol Aguiar

Fig. 4: Alessandra Viana. Foto: Carol Aguiar

A formação foi corrida, mas mostrou que, com o interesse dos professores e alunos, tudo pode dar certo, não importa o tempo. Espero que tudo ocorra bem, pois nos esforçamos muito para estar aqui”.

O estudante-repórter Roniton Fernandes. Foto: Raulino Júnior

O estudante-repórter Roniton Fernandes. Foto: Raulino Júnior

Roniton Fernandes tem 19 anos, é estudante do Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, que fica em Salvador, e faz parte da equipe da Cobertura Colaborativa Estudantil.

Anúncios

Instituto Anísio Teixeira é finalista do “Prêmio ARede Educa”

O Instituto Anísio Teixeira (IAT) é finalista do Prêmio ARede Educa de 2016, com o Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais Livres da Rede Pública Estadual de Ensino, Rede Anísio Teixeira (Rede AT). A premiação é promovida pelo projeto ARede e tem como objetivo valorizar, difundir e estimular a inclusão social por meio do uso das Tecnologias da Informação e da Comunicação (TICs).

Fig. 1: captura de tela do site ARede Educa

Fig. 1: captura de tela do site ARede Educa

O IAT é finalista em três categorias: a) Prêmio Especial de Recursos Educacionais Abertos, com a Rede AT; b) Mídias Sociais, modalidade “setor público”, com o Blog do Professor Web e da Professora Online e c) Plataformas Educacionais, com o Ambiente Educacional Web, também na modalidade “setor público”. Mais de 220 projetos foram classificados, mas apenas 85 ficaram entre os finalistas. O resultado será divulgado no mês de outubro.

No vídeo abaixo, profissionais da Rede Anísio Teixeira falam sobre os projetos indicados e sobre a importância de concorrer ao prêmio. Assista!

Inscrições abertas – Oficinas de Interpretação e Produção de Vídeos

O Instituto Anísio Teixeira, através do programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais – Rede Anísio Teixeira, inscreve, até o dia 07/07, estudantes e professores da rede estadual de ensino nas oficinas de Interpretação e Produção de Vídeos Estudantis.

interp-prod-video-est

Fig.1: Banner de divulgação. Arte: Josymar Alves

Com carga horária de 40h e objetivando a preparação adequada ao exercício da interpretação e da produção audiovisual nas escolas, a programação conta com conteúdos que contribuem para atividades de apreciação fílmica, produção cinematográfica e audiovisual, assim como o teatro.

Vagas e Inscrições

Estão sendo ofertadas 60 vagas. Sendo 30 vagas para a oficina de Interpretação Cênica e 30 vagas para a oficina de Produção de Vídeos Ficcionais. Para realizar a inscrição o candidato deve ler na íntegra a chamada pública e preencher a ficha de inscrição da oficina de interesse, respondendo atentamente a cada item.

Clique no link para acessar a ficha de inscrição:

Oficina interpretação cênica: http://bit.ly/290CfAB

Oficina produção de vídeos ficcionais: http://bit.ly/292YYwn

Resultado

O resultado da seleção será divulgado no Portal da Educação (www.educacao.ba.gov.br), no Blog Professor Web (www.oprofessorweb.wordpress.com) e também através de contato via e-mail e/ou telefone, até o dia 8 de julho.

Local e período da formação

A formação ocorrerá no Colégio Estadual Luiz Pinto de Carvalho, localizado R. Ana Mariani Bitencourt, S/N – São Caetano (final de linha), Salvador – BA.

Os encontros acontecerão de 11 a 22 de julho de 2016 (segunda a sexta-feira, no turno vespertino).

Maiores informações pelo e-mail: rede.anisio@educacao.ba.gov.br ou pelo telefone 71 3116-9061.

Caravana Digital – A comunidade escolar em destaque!

Olá, amig@s!

Em mais uma edição da Caravana Digital, evento promovido pela Rede Anísio Teixeira – Rede AT em parceria com as escolas estaduais da Bahia, pudemos conferir no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira – CEAAT (São Marcos) e Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos – CEMPA (Bairro da Paz) o quão participativos/as e engajados/as são os/as estudantes da rede pública de ensino.

As mídias e tecnologias educacionais produzidas/difundidas pela Rede AT -Ambiente Educacional Web, TV Anísio Teixeira e Blog do Professor Web e Professora OnLine – foram apresentadas por meio de jogos e dinâmicas que agregam ludicidade aos conhecimentos dos estudantes e favorecem o fortalecimento de iniciativas que integram a ciência e a cultura na formação educacional.

rect134010

Durante a Caravana Digital, os/as professores/as participaram da formação em apropriações tecnológicas no ensino e aprendizagem, com os/as educadores/as da Rede AT e, no palco, os talentos artísticos dos/as educandos/as – potencializados no ambiente escolar – eram compartilhados por meio da música, teatro, apresentações de dança, capoeira. A cada performance, pudemos perceber que a valorização das produções colaborativas/criativas pela escola pode fazer a diferença no contexto da comunidade, onde as demonstrações plurais de saberes, mais uma vez, afirmaram que os/as que aprendem também têm muito a ensinar.

Confiram a galeria de fotos: cliquem aqui!

“Na escola pública, estudante é capaz, não dá mole, não vacila e nem vai ficar para trás.” (Rap do Professor Web)

 

Que tal levar a Caravana Digital para a sua escola? Deixe o seu comentário para saber como!

Abraços!

O perigo dos copos descartáveis

Recentemente, em função da escassez de água em São Paulo, se discutiu a viabilidade do uso de descartáveis. A discussão surgiu a partir do momento que se questionou a quantidade de água gasta para fabricar um descartáveis, a quantidade que se usa para lavar um reaproveitável (vidro, porcelana, acrílico, etc.), e o impacto ambiental que estes poderiam causar.

O PW entrou nessa discussão e pesquisou sobre o assunto, com interesse específico nos copos descartáveis (oportunamente falaremos sobre outros tipos de descartáveis). Eis o resultado.

Segundo o Professor Bruno F. Gianelli do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – IFSP, Campus Itapetininga, em entrevista à Revista Planeta Sustentável, “para medir o impacto ambiental de um produto, é necessário levar em conta vários fatores tais como: processo de fabricação do produto (consumo de matéria-prima, de energia elétrica, de água), o transporte do produto final até o local de consumo (o que impacta em consumo de combustíveis fósseis: o petróleo, por exemplo, não é renovável; e liberação de gases tóxicos na atmosfera), a vida útil desse produto, enfim.

No caso da produção de um copo descartável, são gastos, aproximadamente, 8 gramas de poliestireno (PS) ou polipropileno (PP) – os plásticos mais empregados pela indústria; 6 Wh de energia elétrica e 500 ml de água.

Os copos plásticos possuem em sua composição uma substância chamada Estireno e conforme pesquisa desenvolvida pelo Instituto de Química da Universidade Federal da Bahia (UFBA), em contato com o café quente, o copo pode liberar uma quantidade de Estireno acima do que é considerado seguro pelo Ministério da Saúde. Um dos riscos que isso pode acarretar é o Câncer.

Pesquisadores baianos perceberam que 20% dos peixes coletados nas praias de Salvador apresentam amostras de pellets, uma micropartícula do plástico. A situação é tão preocupante que já foram encontrados vestígios desses pellets na composição da água da região.

Os copos mais procurados do mercado têm capacidade para 200 ml, pesa aproximadamente 2 g e custa R$ 0,02 (dois centavos), cada. O de 300 ml, que custa R$ 0,04, tem o tamanho mais parecido com o copo utilizado em casa e pesa aproximadamente 3 g.

Quantos cafezinhos ou chás você tomou hoje na empresa em que trabalha? E quantos copos d’água tomou? Quantos copos descartáveis utilizou? Muitas pessoas desconhecem os riscos que eles podem causar a médio e a longo prazo ao meio ambiente. Para se ter uma ideia, segundo o ‘site sustentável‘, o tempo de decomposição de um copo plástico está entre 250 a 400 anos. Ou seja, tantas gerações passarão e o copo ainda existirá. Um “vida” contraditória, pois mesmo sendo utilizado de forma tão rápida, é apenas após alguns séculos que irá se decompor. O copo plástico é o resíduo sólido urbano menos reciclado ao redor do planeta.

Agora, faça as contas dos milhares de copos utilizados na sua empresa e veja como isso pode afetar o planeta que seus filhos e netos herdarão.

Aqui no Instituto Anísio Teixeira, segundo um levantamento feito pelo coordenador III da DIRAF/CAD, Sr. Alexnaldo M. Conceição, são gastos, em média, 50.000 (cinquenta mil) copos descartáveis de 200 ml, a um custo de R$ 1.125,00 (um mil, cento e vinte e cinco reais) por mês. Ou seja, 600.000 (seiscentos mil) copos a R$ 13.500,00 (treze mil e quinhentos reais) por ano.

Se construíssemos uma torre com esses copos consumidos em 1 ano, daria uma altura de aproximadamente 36 m, o que corresponde a altura média de um prédio residencial de 13 andares. Imagine, então, todos os copos consumidos nas empresas em Salvador, no Brasil e no mundo?!

Foto: Samuel Oliveira

 A produção de um copo descartável chega a consumir 500 ml de água, como já foi dito, enquanto a lavagem de um reaproveitável feita na pia utiliza 400 ml e na máquina ‘lava copo’ apenas 100 ml, isto é, apenas 20% do que é gasto para se produzir um copinho plástico.

Conclusão: quer exercer sua cidadania, contribuindo com meio ambiente e dando sua parcela de colaboração com a sociedade? Utilize canecas de vidro ou de louça para tomar seu café ou água e incentive seus colegas a fazerem o mesmo. Se for fazer uma festa na sua casa, por que não usar copos de vidro, ou até mesmo de plástico, mas que possam ser reutilizáveis? Existem serviços de aluguel de copos, pratos e talheres que, por uma causa nobre, o meio ambiente, vale a pena utilizá-los.

Outra opção são os copos biodegradáveis. O produto é composto por materiais naturais e que causam menos impacto ambiental, como o amido de milho ou batata e ácido polilácteo, derivado da fermentação do açúcar. De acordo com os fabricantes, o produto desaparece da natureza dentro do período de três meses.

Cuidar do meio ambiente é uma questão de cidadania e dever de todos nós.

Um abraço e até logo.

Samuel Oliveira de Jesus

Professor de Matemática da Rede Pública Estadual

REFERÊNCIAS:

REVISTA Planeta Sustentável. Disponível em: http://planetasustentavel.abril.com.br/blog/sustentavel-na-pratica/copos-descartaveis-x-duraveis/. Acessado em 17/08/2015, 3 h 30 mim.

SITE SUSTENTÁVEL. Disponível em: http://inst.sitesustentavel.com.br/evite-usar-copos-descartaveis-na-sua-empresa/ . Acessado em 17/08/2015, 17 h 15 mim.

ECYCLE. Disponível em: http://www.ecycle.com.br/component/content/article/57-plastico/196-como-reciclar-copos-plasticos.html. Acessado em 17/08/2015, 17 h 45 mim.

G1. Disponível em: http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2015/02/producao-de-copo-de-plastico-gasta-mais-agua-do-que-lavar-copo-de-vidro.html. Acessado em 17/08/2015, 13 h.

Projetos de professores são selecionados pela TV Anísio Teixeira

Buscando valorizar o professor e seus projetos, a Secretaria da Educação do Estado da Bahia, através do Instituto Anísio Teixeira (IAT) abre espaço para professores da Rede Pública de Ensino, que desejam fazer parte do Programa Intervalo através do quadro “Ser Professor” da TV Anísio Teixeira (TV AT) que será lançado em 2014.

Para participar, o interessado deve preencher o formulário anexado abaixo, com dados sobre o projeto e enviar para o e-mail tv.anisioteixeira@educacao.ba.gov.br até 31 de Março de 2014. Todos os professores das escolas públicas da Rede Estadual de Ensino da Bahia podem enviar seus trabalhos.

O quadro Ser Professor busca dar visibilidade aos projetos feitos por educadores nas escolas públicas da rede estadual, os trabalhos podem abranger todas as áreas do conhecimento. O programa Intervalo pretende selecionar seis projetos, que serão exibidos quando o programa for ao ar.

Conheça o programa – Intervalo é o mais novo programa da TV Anísio Teixeira que começou a ser produzido no mês de maio de 2013, com duração de 15 minutos, tempo do horário do intervalo escolar, por isso a escolha desse nome. A pretensão é que o mesmo seja exibido nas escolas durante o período recreativo.

1554506_760296843999854_1189303505_n (1)

   Banner: IAT/ Unidade de Comunicação

O objetivo maior é que os colegas possam conhecer os projetos e também colocar em prática seus conhecimentos. Ser professor é isso, mostrar o que o professor está fazendo e estimular outros professores a fazerem também”, disse o professor da TV AT, Peterson Azevedo.

A proposta do projeto é mostrar a toda comunidade escolar a importância do trabalho do professor na escola, a qual atinge diretamente na qualidade da formação do aluno, que é a fonte de inspiração dos professores.

A divulgação dos projetos selecionados estará disponível no Portal da Educação até 07 de abril de 2014.

Para mais informações, entre em contato com a TV Anísio Teixeira através do telefone: 71 3116 9038.

Clique aqui e acesse o formulário de inscrição.

 

Fonte:http://educadores.educacao.ba.gov.br/noticias/projetos-de-professores-sao-selecionados-pela-tv-anisio-teixeira

Colégio da Polícia Militar abre inscrições para o ano letivo de 2014

Olá, pessoal!!

Foi divulgado o edital para o processo seletivo do Colégio da Polícia Militar (CPM) e Creche da Polícia Militar. As inscrições podem ser feitas pela internet a partir do dia 06/01/2014 até às 18 horas do dia 12/01/2014.

Vejam os links abaixo e sucesso.

Inscrições para Creche

Inscrições para o Colégio

Fonte: http://escolas.educacao.ba.gov.br/noticias/inscricoes-para-colegio-e-creche-da-policia-militar-estao-abertas