Arena Games e Educação

Estudante-repórter: Lucicarla Lima

O I Congresso Baiano de Inovação e Tecnologia na Educação (Inovatec) trouxe novidades também para os estudantes, como o uso de games como meio de aprendizagem. Com o universo dos games, a complexa linguagem de programação se torna mais prazerosa e interessante para os estudantes. Esse é o objetivo da Arena Games.

A professora de informática, Patrícia Melo, que ensina Lógica e Técnica de Programação, no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira (CEAAT), conta que a proposta é trazer jogos, como o Sudoku, para os estudantes aprenderem a desenvolver raciocínio lógico. Assim, o processo educacional fica muito mais lúcido.

sam_1087

Fig. 1: A professora Patrícia Melo explica como os games auxiliam o processo de ensino e de aprendizagem, enquanto André Felipe mostra, no computador, mais um recurso de gamificação. Foto: Carol Aguiar.

Para Patrícia, é evidente os benefícios que os jogos possibilitam para os educandos. André Felipe, estudante do CEAAT, participou do Inovatec e mostrou para o público um pouco do que aprendeu, ressaltando que o ambiente de gameficação é totalmente diferente da sala de aula. “Eu estou impressionado com um publico tão extenso. Quando as pessoas chegam aqui na Arena, cada um tem o seu jogo e cada um leciona sobre seu jogo”.

sam_1094

Fig. 2: Games como recurso didático. Foto: Carol Aguiar. 

 

Estudante: Lucicarla Foto: Caroline Aguiar

Estudante-repórter: Lucicarla. Foto:Carol Aguiar

 

Lucicarla Lima tem 18 anos e faz parte da equipe de Cobertura Colaborativa Estudantil.

Anúncios

Mapas de reflexão da luz

Olá, pessoal.

Nos últimos textos, abordamos temas referentes à iluminação, contudo, ainda não falamos sobre mapas de reflexão da luz, que na verdade, deveriam estar na discussão sobre texturas, mas os seus efeitos vão muito além das cores.

Quando o assunto é iluminação, vale destacar uma técnica extremamente eficaz no que diz respeito ao processamento e tempo de renderização, que é a aplicação de texturas em camadas. Com essa ação, o usuário deve criar uma estrutura de texturização baseada em canais, em que cada um desses canais, guardará uma imagem de textura responsável por diferentes atributos do material. Isso é muito útil, pois possibilita que o usuário tenha controle de cada parâmetro individualmente. Dessa forma, é possível ter um canal específico só para cor, outro só para reflexão da luz, outro só para relevo, e assim por diante.

Entre tantas texturas que um material envolve, destacaremos os mapas de reflexão da luz, também conhecidos como mapas especulares. Essas texturas possuem um aspecto bem característico, com nuances mais claras, exatamente nas regiões em que se quer mais reflexo.

Nos programas de modelagem e animação em 3D, existem parâmetros que podem ser configurados para receber esse tipo de imagem, assim suas informações serão usadas para gerar variadas intensidades de brilho no objeto ao qual o material está aplicado.

Essa é uma das grandes estratégias utilizadas no desenvolvimento gráfico dos games. Sua aplicação vai de personagens aos grandes cenários que compõem de maneira rica e complexa a maioria dos games atuais. As texturas de especularidade e reflexividade é que tornam possível o processamento e tamanho realismo.

O vídeo a seguir, mostra como utilizar a técnica

Até mais.

Começa hoje o SBGames em Salvador

Acontece em Salvador, de 07 a 09 de Novembro, o  X Simpósio Brasileiro de Games e Entretenimento Digital, que tem como tema: “Games e Corpo”. O evento será sediado no Campus I da Universidade do Estado da Bahia (UNEB)

O SBGames se constitui no maior e mais importante evento da América Latina na área de games e entretenimento digital que reúne anualmente pesquisadores, artistas, designers, professores e estudantes de universidades, centros de pesquisa e da indústria de jogos. É o simpósio da Comissão Especial de Jogos e Entretenimento Digital da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), que também é apoiado pela RBV (Rede Brasileira de Tecnologia de Visualização).

No seu formato atual, o SBGames é composto de quatro trilhas (Computação; Arte & Design; Indústria; Jogos & Cultura); dois festivais (Festival de Jogos Independentes e Exibição de Arte) e tutoriais.

O destaque do evento é o festival de jogos independentes, que vai apresentar protótipos de jogos funcionais em uma seção dedicada à inovação, técnica, imaginação e emergência de novos talentos.

A professora Lynn Alves, coordenadora do grupo de pesquisa destaca que a UNEB, é pioneira no desenvolvimento de games educativos no Nordeste do país, e tornou-se referência nacional na área tendo a oportunidade, agora, de sediar e organizar esse tradicional evento. “Com o simpósio reforçamos mais uma vez o nosso compromisso com as tecnologias, a educação e a ciência”.

Informações: comunidades virtuais de aprendizagem/Campus I − tel. (71) 3117-2458.

Site oficial:http://www.sbgames.org/sbgames2011

Fonte:https://oprofessorweb.wordpress.com/2011/09/27/dica-do-professor-web-sbgames-em-salvador/

Fonte:

Dica do Professor Web – É Bom Saber – O game que ajuda você a estudar para as provas do Enem

Olá, galera?!

Vocês estão se preparando para o Enem?

Então comece a jogar o game ‘É bom saber’, que foi elaborado pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia para te ajudar a mandar bem no Enem. E o que é melhor, de uma forma divertida e muito fácil de acessar, pois é um aplicativo do Facebook!

Acesse o game: É bom saber,  e bons estudos!

Nos vemos no Orkut, Twitter, Facebook ou no blog!

Dica do Professor Web – SBGames em Salvador

Olá pessoal,

A dica de hoje é um convite especial para os apaixonados por games!

Acontece em Salvador, de 07 a 09 de Novembro, o  X Simpósio Brasileiro de Games e Entretenimento Digital, que tem como tema: “Games e Corpo”. O evento será sediado no Campus I da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) e as  inscrições estão abertas até o dia 30 deste mês no site: http://www.sbgames.org/sbgames2011

O SBGames se constitui no maior e mais importante evento da América Latina na área de games e entretenimento digital que reúne anualmente pesquisadores, artistas, designers, professores e estudantes de universidades, centros de pesquisa e da indústria de jogos. É o simpósio da Comissão Especial de Jogos e Entretenimento Digital da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), que também é apoiado pela RBV (Rede Brasileira de Tecnologia de Visualização).

No seu formato atual, o SBGames é composto de quatro trilhas (Computação; Arte & Design; Indústria; Jogos & Cultura); dois festivais (Festival de Jogos Independentes e Exibição de Arte) e tutoriais.

O destaque do evento é o festival de jogos independentes, que vai apresentar protótipos de jogos funcionais em uma seção dedicada à inovação, técnica, imaginação e emergência de novos talentos.

A professora Lynn Alves, coordenadora do grupo de pesquisa destaca que a UNEB, é pioneira no desenvolvimento de games educativos no Nordeste do país, e tornou-se referência nacional na área tendo a oportunidade, agora, de sediar e organizar esse tradicional evento. “Com o simpósio reforçamos mais uma vez o nosso compromisso com as tecnologias, a educação e a ciência”.

Informações: comunidades virtuais de aprendizagem/Campus I − tel. (71) 3117-2458.

Então pessoal, não fiquem fora dessa, aventurem-se no mundo dos games!

Nos vemos no Orkut, Twitter, Facebook ou no blog!