Literatura no Mapa

Oi! Tudo bem? Você quer colocar mais literatura na sua vida? Se respondeu “sim” à pergunta, uma ótima dica é conferir a revista CartoGRAFIAS, publicada pelo projeto Mapa da Palavra.BA, uma ação da Coordenação de Literatura e da Diretoria das Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB). O projeto é resultado de um levantamento de dados sobre a literatura produzida na Bahia e tem como objetivo servir de base para o planejamento de programas e ações que incentivem o desenvolvimento das letras no estado.

Imagem: captura de tela do site Mapa da Palavra

Imagem: captura de tela do site Mapa da Palavra

A revista é composta por quatro volumes e reúne textos de autores contemporâneos da Bahia. Tais autores contemplam os 27 territórios de identidades do estado. O projeto teve a participação de mais de cinquenta municípios  e as edições da revista estão disponíveis para download gratuito, o que pode ser feito no site do Mapa da Palavra, através deste link: http://mapadapalavra.ba.gov.br/publicacoes/.

Quem gosta de ler, vai encontrar uma infinidade de motivos para fazê-lo. Na CartoGRAFIAS, figuram gêneros textuais como contos, crônicas, poesia e cordel. É possível também conhecer um pouco sobre a vida de cada autor, pois há uma minibografia no final das obras.

Os textos de cada edição da revista abordam todo tipo de tema e, obviamente, dialogam com questões da atualidade. O leitor vai se deparar com poema concreto que fala de solidão e com cordel que critica o discurso de pessoas que querem separar o Nordeste do resto do Brasil. No poema Pintando o Sete, de Ze Walter, um convite estimulante para a gente pensar em toda mística que ronda o número sete:

Hoje vou pintar o 7

Falando deste algarismo

Chamado de cabalístico

Coberto de misticismo

Que vem desde a antiguidade

Como curiosidade

E complexo simbolismo

[…]”

Acesse o site do projeto Mapa da Palavra.BA, leia os textos e coloque mais literatura no seu caminho! Não importa qual direção você vai tomar, a certeza é de que vai chegar longe com isso!

Até o próximo!

Raulino Júnior

Professor da Rede Pública Estadual de Ensino da Bahia

Anúncios

Escola de Dança da FUNCEB está no PRONATEC com oferta de cursos de arte e cultura

Numa parceria entre a Secretaria de Cultura (SEC) e a Secretaria de Educação do Estado da Bahia (Secult-BA), a Escola de Dança, unidade do Centro de Formação em Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), oferece 200 vagas em oito cursos para jovens interessados em qualificar habilidades, ampliar conhecimentos e progredir na colocação enquanto trabalhador do setor artístico-cultural. Os cursos são realizados no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) do Ministério da Educação (MEC), numa ação conjunta com o Ministério da Cultura (MinC). As inscrições são gratuitas e ficam abertas em diferentes pontos da cidade, de 3 a 6 de setembro, conforme escalonamento. Os cursos são de Assistente de Coreografia, Assistente de Produção Cultural, Agente Cultural, Auxiliar de Cenotecnia, Fotografia, Iluminador Cênico, Costura (Cênica) e Brincante de Rua.

funceb

A pretensão é de que talentos possam ser potencializados para abrir novas possibilidades de crescimento social e no mercado de trabalho, preparando pessoas para intervirem na sociedade de forma consciente e cidadã. Assim, aqueles que atuam amadoramente em atividades artísticas e culturais poderão se articular com mais reconhecimento na cadeia produtiva. Ou os que já sabem costurar, por exemplo, poderão ter uma qualificação específica para trabalhar com costura cênica, acrescentando ao currículo uma nova área de atuação. A ideia de coletivos também é importante: num grupo artístico em atividade, qual integrante poderia ser capacitado para desenvolver tarefas produtivas específicas, como, por exemplo, a de iluminador cênico, conferindo mais independência à equipe?

Podem se inscrever maiores de 16 anos, sendo exigido nível de escolaridade que varia do Ensino Fundamental I incompleto ao Ensino Médio completo. Para este momento, basta que o candidato se apresente e preencha uma ficha de inscrição. Serão inscritos até três vezes o número de vagas disponíveis para cada turma, para posterior seleção dos participantes e definição de lista de espera com suplentes. A lista final de alunos será divulgada em 12 de setembro, aqui no site da FUNCEB, sendo então feita a convocação para efetivação de matrícula.

As aulas serão iniciadas em 23 de setembro e acontecerão de segunda a sábado, em turnos variados, durante três meses. A carga horária total dos cursos é de 240 horas e os alunos devidamente matriculados receberão auxílio transporte e de alimentação, além de todo material didático necessário. As disciplinas se iniciam com formação técnica geral – como ética, cidadania, comunicação, saúde e segurança do trabalho – e passam para conhecimentos específicos de cada área, com contextualização e fundamentos tecnológicos e instrumentais. Os certificados finais são reconhecidos pelo MEC.

Para mais informações, acesse o sitio da FUNCEB e saiba onde e quando realizar as inscrições.

FONTE:  http://www.fundacaocultural.ba.gov.br/noticias/escola-de-danca-da-funceb-esta-no-pronatec-com-oferta-de-cursos-de-arte-e-cultura

Hoje, é dia de fazer arte!

Oi, galerinha! Tudo bem?

 Hoje, 12 de agosto, é o Dia Nacional da Arte. A arte é importante para a formação cultural e política do ser humano. Tod@s nós temos, de certa forma, algum envolvimento com a arte. Mesmo que você não realize nenhuma atividade artística, as artes estão no seu cotidiano em forma de música, literatura, artes visuais, dança e teatro.

 A escolas estão se apropriando das linguagens artísticas com bastante intensidade. Na rede estadual de ensino da Bahia, várias iniciativas têm como objetivo fomentar, introduzir e potencializar as experiências artísticas dos estudantes. O FACE, o TAL, o AVE e o Prove são bons exemplos disso. Nos Parâmetros Curriculares Nacionais: arte, documento do Ministério da Educação, o professor recebe orientações de como ensinar a disciplina em sala de aula e sobre qual é a importância de unir arte e conhecimento. De acordo com o texto, “a manifestação artística tem em comum com o conhecimento científico, técnico ou filosófico seu caráter de criação e inovação. Essencialmente, o ato criador, em qualquer dessas formas de conhecimento, estrutura e organiza o mundo, respondendo aos desafios que dele emanam, num constante processo de transformação do homem e da realidade circundante” (1997, p. 26).

 @ estudante pode ampliar os seus conhecimentos acerca de arte de diversas maneiras: lendo, visitando museus, indo aos espetáculos de artes cênicas e pesquisando na internet. O site da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB) traz muitas informações sobre eventos artísticos, bem como anúncios de cursos de formação nas mais diferentes linguagens artísticas. Quando estiver acessando a página, não deixe de clicar no link da Agenda Cultural. Outra opção na rede, é o site da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Nele, além de várias referências sobre o universo da arte, a gente encontra o link do portal “Brasil Memória das Artes”, no qual temos contato com um riquíssimo acervo digitalizado. E, como última dica, vale a pena navegar pelo site do Almanaque Brasil, iniciativa do artista plástico Elifas Andreato. Então, coloque mais arte na sua vida!

Encontros Setoriais das Artes

As sessões vão acontecer no Espaço Xisto Bahia (Barris – Salvador), das 18 às 22 horas, nos dias 16 de maio (quarta-feira), para as áreas de Audiovisual, Circo, Literatura e Teatro, e 17 de maio (quinta-feira), para Artes Visuais, Dança e Música.

Os Encontros Setoriais contam com a presença dos coordenadores das linguagens artísticas e dos membros da Diretoria da FUNCEB, que assumem a função de conduzir estas conjunturas, mas que só se fazem significativos com a adesão da sociedade. Tendo em vista o papel político intrínseco aos que trabalham com Artes e a necessidade de que se apropriem definitivamente dele, os artistas, produtores culturais, professores, pesquisadores, multiplicadores, estudantes e demais profissionais e pessoas interessadas estão convidados.

Além de pautar as questões específicas de cada área, na continuidade de consulta pública sobre as políticas culturais, os Encontros focam no plano de construção dos Colegiados Setoriais das Artes, previstos na Lei Orgânica da Cultura do Estado da Bahia. Sancionada pelo Governador da Bahia em 30 de novembro de 2011, a Lei nº 12.365 dispõe sobre a Política Estadual de Cultura e institui o Sistema Estadual de Cultura, com referências normativas e instrumentos que garantem a organização e o planejamento a longo prazo e de Estado da Cultura da Bahia.

O Colegiado Setorial que representará cada uma das linguagens artísticas será integrado por membros de instituições culturais públicas e privadas, de instituições de classe e de ensino, de iniciativas comunitárias, por grupos e indivíduos representativos de cada setor. Estas organizações, eleitas através deste processo contínuo e participativo, vão orientar e respaldar decisões políticas voltadas a cada área, atuando como instâncias de consulta, participação e controle social das ações promovidas.

Datas:

16 de maio (quarta-feira), para Audiovisual, Circo, Literatura e Teatro

17 de maio (quinta-feira), para Artes Visuais, Dança e Música

Horário: 18 às 22 horas

Onde: Espaço Xisto Bahia (Rua General Labatut, 27 – Barris. Salvador/BA)

Aberto ao público

Realização: FUNCEB/SecultBA

Fonte:  http://www.cultura.ba.gov.br/2012/05/09/encontros-setoriais-das-artes-tem-continuidade-nos-dias-16-e-17-de-maio/

Alunos da Escola de Dança da FUNCEB se apresentam no TCA

Crianças e adolescentes do Curso Preparatório encenam fragmentos coreográficos de O Baile do Menino em comemoração ao Mês da Dança

O palco principal do Teatro Castro Alves recebe no dia 19 de abril (quinta-feira), às 19 horas, a apresentação de fragmentos coreográficos de O Baile do Menino, estrelados por crianças e adolescentes do Curso Preparatório da Escola de Dança da FUNCEB. A produção é feita a partir de elementos das culturas populares, tendo, portanto, a diversidade como característica. A sessão tem entrada gratuita, censura livre e comemora o Mês da Dança, justificado pelo 29 de abril, Dia Internacional da Dança.

Assim, o espetáculo, que revela o processo de desenvolvimento artístico e educativo vivenciado por alunos de 10 a 17 anos, reforça a importância da Dança para os cidadãos e a cultura da Bahia, em consonância com os objetivos da celebração do Dia da Dança em todo o mundo. O Baile do Menino tem concepção e direção artística de Tereza Oliveira, figurinos e adereços de Denny Neves e coreografias dos professores da Escola de Dança da FUNCEB, que integra o Centro de Formação em Artes (CFA) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), unidade da Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA).

O Curso Preparatório atende a crianças a partir dos cinco anos de idade e tem um total de 11 níveis, acompanhando a evolução e o crescimento de seus alunos, até os 17 anos. Desta forma, inicia jovens de comunidades de Salvador na formação em Dança e dá uma sólida opção educacional, artística e cultural para eles.

Fragmentos Coreográficos de O Baile do Menino
Estrelado por crianças e adolescentes alunos da Escola de Dança da FUNCEB
Quando: 19 de abril (quinta), às 19 horas
Onde: Teatro Castro Alves (Praça Dois de Julho, s/n – Campo Grande. Salvador/BA)
Censura: Livre
Quanto: Grátis

F onte: http://ascomfunceb.wordpress.com/2012/04/12/alunos-da-escola-de-danca-da-funceb-se-apresentam-no-tca/

Sertão na Tela Grande

Em seu retorno em abril, programa Circuito Popular de Cinema e Vídeo da Secretaria de Cultura do Estado traz o sertão como tema central de seus filmes

A produção cinematográfica baiana contemplou, por vários momentos, as belezas, histórias e tradições do estado, e o sertão não ficou de fora. Um bom exemplo disso é a obra “O dragão da maldade contra o santo guerreiro”, lançada no ano de 1969 e dirigida por Glauber Rocha. Em abril, como prévia da Celebração das Culturas dos Sertões, este e outros filmes sob a temática sertaneja serão exibidos para a alegria dos cinéfilos de plantão, com a retomada do Circuito Popular de Cinema e Vídeo (CPCV), considerado o maior circuito público de exibição nacional.

Promovido pela Diretoria de Espaços Culturais, em parceria com a Diretoria Audiovisual e a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), o Circuito retorna com o lançamento do projeto Terças na Tela, quando todos os Centros de Cultura da SecultBA, situados na capital e interior, exibirão filmes e vídeos de diversos formatos e cinematografias às terças-feiras, com sessões às 15h e 19h.

A primeira Mostra do evento, que acontecerá entre os dias 03 e 24 de abril, terá como tema “O Sertão no Cinema”. Os filmes selecionados para este período apresentam a rotina sertaneja da Bahia em distintos momentos históricos e diferentes olhares através das lentes de grandes nomes da sétima arte brasileira. Entre eles estão os filmes “O Grito da Terra”, de Olney São Paulo, “Paixão e Guerra no Sertão de Canudos”, de Antônio Olavo e o curta “A Musa do Cangaço”, de José Umberto Dias, além da animação “Boi Aruá”, de Chico Liberato, que abre o circuito.
Em maio, a programação será ainda mais ampla. O projeto Terças na Tela alcançará um total de 12 cidades e 16 espaços exibidores. As temáticas abordadas são amplas, passando pelas culturas afro, indígena, infantil e diversidade sexual. Desde 2008, o Circuito Popular de Cinema e Vídeo circulou por diversas cidades baianas. Em 2011, o CPVC realizou mais de 230 sessões  e reuniu um público que ultrapassa o numero de 9 mil pessoas.

Programação CPCV/ Mostra “O Sertão no Cinema”

Calendário ABRIL

Semana 1 – 03 de abril
Boi Aruá (BRA, 1984)
Direção: Chico Liberato
Duração: 85 minutos
Classificação: 12 anos
Animação

Semana 2 – 10 de abril
O Grito da Terra (BRA, 1964)
Direção: Olney São Paulo
Duração: 83 minutos
Classificação: 14 anos

Semana 3 – 17 de abril
O dragão da maldade contra o santo guerreiro (1969), de Glauber Rocha
Duração: 99 min.
Gênero: Ficção
Classificação: 14 anos

Semana 4 – 24 de abril
Paixão e Guerra no Sertão de Canudos (BRA, 1993)
Direção: Antônio Olavo
Documentário
Duração: 98 minutos
Classificação: 12 anos
religiosos e militares.
+
Curta-metragem
A Musa do Cangaço (BRA, 1982)
Direção: José Umberto Dias
Duração: 15 minutos
Classificação: 12 anos

SERVIÇO
Evento: Circuito Popular de Cinema e Vídeo (CPCV) / Terças na Tela
Data: entre os dias 03 e 24 de abril
Local: Centros de Cultura da SecultBA
Programação e informações : http://www.cultura.ba.gov.br

Fonte: http://www.cultura.ba.gov.br/2012/03/21/sertao-na-tela-grande/

Abertas inscrições para cursos da Escola de Dança da Funceb

A Escola de Dança da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb) abriu nesta segunda-feira (27) as inscrições para os cursos de qualificação profissional, preparatórios e livres deste ano. São mais de 150 vagas, distribuídas entre a sede da Escola de Dança, localizada no Pelourinho, e o seu núcleo no Nordeste de Amaralina.

O valor da matrícula para todos os cursos oferecidos é de R$ 20, taxa única semestral, e os documentos necessários são uma foto 3×4, RG do aluno, RG do responsável, comprovante de residência e atestado escolar. O início das aulas está previsto para 5 de março. Os Cursos Preparatórios oferecem 50 vagas para crianças com idade entre cinco e seis anos, divididas em duas turmas de 25 alunos iniciantes para o primeiro grau de iniciação. As matrículas podem ser feitas segunda e terça-feira (27 e 28 de fevereiro), a partir das 14 horas.

Compostos por 11 níveis de formação, os Cursos Preparatórios são anuais, vespertinos e se direcionam ao público infanto-juvenil, contemplando diversas modalidades de dança, desde as populares, afro e moderna, passando pelo balé e pela capoeira. Para os graus seguintes, além da renovação de permanência já feita por alunos veteranos, há vagas para crianças de sete a 15 anos que já tenham algum conhecimento em dança.

Já o Curso de Qualificação Profissional, voltado para profissionais com experiência em dança, estão com matrículas abertas de 27 de fevereiro a 2 de março, pela manhã, das 9h às 12h. No mesmo período, porém à noite, seguem as inscrições para os Cursos Livres, que são noturnos e semestrais, voltados para adultos e com turmas de estilos diversos.

Matrículas Escola de Dança da FUNCEB 2012
Cursos Preparatórios
: 27 e 28 de fevereiro, a partir das 14 horas
Curso de Qualificação Profissional: 27 de fevereiro a 2 de março, 9 às 12 horas
Cursos Livres: 27 de fevereiro a 2 de março, a partir das 18 horas
Onde: Escola de Dança da FUNCEB (Rua da Oração, nº 1, Terreiro de Jesus – Pelourinho)
Telefones: 71 3116-6515/ 6644/ 6641
Quanto: R$ 20 (valor da matrícula, taxa única semestral)

Fonte:http://www.comunicacao.ba.gov.br/noticias/2012/02/27/abertas-inscricoes-para-cursos-da-escola-de-danca-da-funceb