I Congresso Baiano de Inovação e Tecnologia na Educação

I Congresso Baiano de Inovação e Tecnologia na Educação (Inovatec) é uma realização do Instituto Anísio Teixeira (IAT), por meio da Diretoria de Educação a Distância (Dired), do Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (Emitec) e do Programa de Difusão de Mídias e Tecnologias Educacionais – Rede Anísio Teixeira (Rede AT). A primeira edição do evento traz como tema Inovações e tecnologias na educação.

inovatec

O Inovatec é um espaço que vai reunir o II Simpósio de Inovação em EaD, o I Seminário de Intermediação Tecnológica do Emitec e III Seminário de Educação e Tecnologia da Rede AT, eventos que objetivam o debate sobre inovações nas práticas pedagógicas, a intermediação tecnológica na educação básica, produção e apropriação de mídias e tecnologias educacionais, formação de professores, além de proporcionar a oportunidade para socialização de pesquisas científicas na área e relatos de experiências com uso de tecnologias pela comunidade escolar.

O evento contará com a participação de educadores, estudantes, gestores representantes de universidades e órgãos públicos, que participarão das mesas redondas e palestras temáticas. Além disso, haverá uma programação cultural e um espaço dedicado ao compartilhamento de experiências com uso de tecnologias em sala de aula, por professores da rede pública baiana, que serão selecionados por meio desta chamada pública. O congresso terá cobertura multiplataforma, permitindo acesso virtual ao evento, com extensão para tablets, smartphones e plataforma Moodle.

A utilização das Novas Tecnologias de Informação e Comunicação (NTIC) na educação vem se consagrando no Brasil, especialmente no território baiano, com a expansão dos cursos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), voltados para o ensino superior, ensino médio com intermediação tecnológica e a difusão das mídias e tecnologias educacionais livres da Rede AT.

Nesse sentido, é essencial proporcionarmos espaços em que profissionais da educação e demais interessados possam, não apenas avaliar as experiências e trajetórias já percorridas, mas também discutir a construção de novos caminhos, para que professores e estudantes se apropriem e utilizem, em nossas escolas, as tecnologias educacionais de forma crítica e inovadora.

As inscrições para participar do Inovatec vão até o dia 2 de outubro. Quem tiver interesse de submeter trabalho no evento, tem até o dia 25 de setembro para fazer isso. Para ler o edital, se inscrever e saber mais informações importantes, acesse o site www.educacao.ba.gov.br/inovatec.

Texto adaptado do site do Inovatec.

Anúncios

Estudantes da zona rural concluem ensino médio com o EMITec

Mais de três mil estudantes residentes na zona rural da Bahia concluíram o ensino médio na rede estadual com o projeto Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITec) em 2012. As formaturas estão acontecendo em 140 localidades rurais, de 74 municípios baianos, desde o mês de dezembro. No dia 12 de janeiro, é a vez dos estudantes da Comunidade Quilombola de Parateca, no município de Malhada (a 899 km de Salvador), receberem o diploma. Neste mês, também foram diplomados os concluintes do ensino médio em Caiubi (no município de Itapebi), Nova Esperança (no município de Remanso) e Distrito de Mato Grosso (no município de Rio de Contas).

emitec

O EMITec é um iniciativa pioneira no Nordeste e já alcança 14.686 estudantes com aulas transmitidas via satélite e em tempo real. Implantado em 2008 pela Secretaria da Educação da Bahia, o projeto garante às populações do campo, nas localidades mais distantes, o acesso à educação no lugar onde vivem. Atualmente, o Emitec conta com salas de aula instaladas em 210 localidades, de 93 municípios. Em cada classe, há um mediador capacitado para tirar as dúvidas dos estudantes e ajudar nas tarefas.

A estudante Nacleia Pereira, 40 anos, que cursou o 3º ano do ensino médio no Colégio Estadual de Salobrinho, em Ilhéus, revela suas impressões sobre o EMITec. “Esse programa me surpreendeu pela capacidade de aprendizagem que oferece. Os mediadores são excelentes. Melhor ainda foi a formatura, muito bem organizada. Concluir o ensino médio foi uma oportunidade ótima na minha vida”, disse.

Transformação – O Secretário da Educação do Estado da Bahia, Osvaldo Barreto, ressalta o papel das Tecnologias da Informação e Comunicação, que possibilitam a chegada do conhecimento a lugares remotos e permitem a participação e interação dos alunos e professores. “É com esta linguagem digital que o EMITec vem atuando em várias localidades distantes do interior baiano e revolucionando a educação do campo e o cotidiano da sociedade”.

O caráter inovador do projeto e a possibilidade de longo alcance tornaram o programa referência para outros estados do Nordeste. Equipes do Piauí e Ceará vieram à Bahia conhecer a tecnologia aplicada. Além disso, o EMITec foi premiado na Categoria Inovação do Prêmio de Excelência ABED Pearson em Educação a Distância (EaD), ficando em 3º lugar entre projetos de todo o país. A iniciativa se destacou por inovar na oferta de educação básica e por contar com sistemas diferenciados de avaliação para os estudantes, como atividades extraclasse baseadas no cotidiano das comunidades.

O projeto também deu origem ao livro Educação Básica com Intermediação Tecnológica: tendências e práticas – volume I. A obra compreende experiências didáticas desenvolvidas entre 2010 e 2011 pelo corpo docente e pedagógico do EMITec. “Esse trabalho traz estratégias e fundamentações muito bem feitas, e o sumário, dividido por área, é algo inusitado no Brasil em se tratando de literatura ligada à educação”, ressalta a coordenadora do EMITec, Letícia Machado.

Tecnologia do Emitec – Diante do desafio de levar ensino médio às regiões mais longínquas, zona rural e distritos da Bahia, a solução foi aliar tecnologia a uma metodologia pedagógica especializada. Os conteúdos do projeto EMITec são veiculados através de uma moderna plataforma de telecomunicações, com uso de solução tecnológica, que inclui possibilidades de videoconferência e acesso simultâneo à comunicação interativa entre usuários empregando IP (Internet Protocol) por satélite VSAT (Very Small Aperture Terminal).

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/node/4124