CARAVANA DIGITAL – PROFESSOR WEB COLÉGIO ESTADUAL GÓES CALMON

Fala, galera!

Aconteceu no último sábado, 29/09, a I Feira Tecnológica do Colégio Estadual Góes Calmon. Um evento sem dúvida de suma importância para os(as) estudantes e a comunidade local, que foram beneficiados(as) com a apropriação do uso das tecnologias que, entre outras vantagens, colabora para o crescimento profissional.

Durante todo o dia foi possível observar e relação dos(as) alunos(as) com os avanços tecnológicos, mostrando a capacidade que tem para desenvolver novas técnicas através desse precioso mecanismo de aprendizagem, evidenciadas na interação do público com a Feira.

Os(as) professores(as) e funcionários(as) estavam super integrados(as) nessa ação, que mais uma vez nos mostrou que é possível fazer transformação valorizando o acesso às tecnologias atreladas ao uso pedagógico.

Na ocasião a equipe do Professor Web promoveu a Caravana Digital, interagindo com o público, unindo brincadeira e informação para a galera. Um momento de entretenimento onde foram apresentados os conteúdos digitais com os quais trabalhamos.

Batemos um papo com professores(as), alunos(as) e representantes da comunidade local sobre a importância de um evento como esse para todos(as) que estão envolvidos(as) com a educação.

O resultado dessa entrevista vocês conferem na sequência.

JEANE FADIGAS CERQUEIRA (Diretora)

PW: O que motivou a realização desta Feira de Tecnologia?

JEANE CERQUEIRA: Depois de uma greve longa dos professores, os alunos estavam bastante desmotivados, então o professor Fábio pensou na realização de uma feira que pudesse falar de tecnologia, que é uma realidade da população brasileira, e também pensando nos cursos que nós temos aqui na escola, envolvendo os alunos e professores também.

PW: Como a senhora avalia o envolvimento dos estudantes na Feira?

JEANE CERQUEIRA: Foi muito positivo. A gente não acreditava que eles pudessem realmente abraçar o projeto, nós nos surpreendemos. Ontem mesmo, sexta-feira (28/09/12), foi uma paralisação nacional da educação e todos os alunos do ensino médio estavam aqui arrumando as salas juntos com muitos professores, deixando tudo pronto para os seus stands estarem funcionando hoje. Foi surpreendente também, num sábado letivo pós-paralisação, a visitação dos parentes, dos vizinhos, que eles mesmos convidaram.

PW: Qual a importância desta ação para a escola e para a comunidade local?

JEANE CERQUEIRA: Para a comunidade, a oportunidade de conhecer os cursos que existem aqui na escola, porque muita gente passa aqui pela avenida principal de Brotas e não sabe que o Góes Calmon tem cursos técnicos, além do ensino médio profissionalizante. A comunidade passa a conhecer também alguns projetos, como o software educativo produzido por nossos alunos, que tem sido muito proveitoso. Além disso,  a comunidade pode usufruir gratuitamente dos serviços oferecidos, como uma lan house, onde geralmente é preciso pagar pra imprimir uma conta.

Continue lendo

Anúncios

Caravana Digital – Embarque nessa com a gente

Olá, pessoal!

Viemos convidar vocês para um excelente evento que acontecerá no próximo sábado.

Saibam mais: Cliquem aqui

Até lá!

Lançamento do Museu de Street Art de Salvador – MUSAS

Salve, turma esperta!

Aconteceu em Salvador na última sexta-feira, 10 de agosto, o lançamento do Museu de Street Art de Salvador, o MUSAS. Com sede em um imóvel da localidade conhecida como Gamboa de Baixo – ao lado da Av. Lafayete Coutinho, a popular Av. Contorno – o espaço, fruto de uma iniciativa de jovens artistas, produtores(as) e agitadores(as) culturais de diversos países, pretende ser uma alternativa para quem se interessa pela “arte de rua” ou “arte urbana”, onde se destacam elementos como a música e o grafite.

Além do “mutirão de grafite” que coloriu e encheu de arte parte das ruas da comunidade, o evento contou ainda com uma exposição de fotografias de artistas locais, varal de leitura onde se podia ter acesso a livros e revistas e com um pequeno brechó de roupas e acessórios.

A equipe do Professor Web esteve presente no encontro participando das atividades, divulgando os conteúdos educacionais da Rede Anísio Teixeira e fortalecendo a interação entre a Secretaria estadual da Educação e as ações promovidas pela comunidade escolar baiana. Confiram abaixo as entrevistas com o idealizador da iniciativa, o grafiteiro e cenógrafo Júlio Costa e com a modelista Taís Muniz, organizadora do brechó:

PROFESSOR WEB: Qual o objetivo do evento?

JÚLIO COSTA: Inicialmente inaugurar o espaço. Segundo, pintar toda a comunidade, não só fazendo graffiti mas pintando as casas mesmo, além de promover cultura e demonstrar que a gente não precisa de tanto pra fazer as coisas acontecerem, porque aqui a maioria das coisas é feita com reciclagem e doação de amigos.

PROFESSOR WEB: O projeto pretende ter continuidade?

JÚLIO COSTA: Esta ação pretende ter continuidade, contando com esse espaço físico, que é a sede, com um ateliê, uma galeria e outras possibilidades, abrindo espaço para artistas locais mostrarem seus trabalhos e trocarem informações. Temos também a intenção de oferecer uma residência artística aqui.

PROFESSOR WEB: Como os(as) moradores(as) do bairro tem visto esta ação?

JÚLIO COSTA: Eles (os moradores) tem aberto as portas e a maioria liberou as suas próprias casas pra pintar. Uma senhora vem aqui e traz uma máscara, um morador serve uma água, um suco, o outro vem aqui ver o espaço, como já vieram vários, está sendo ótima a interação. Nós fizemos uma experiência de seis meses morando aqui no bairro antes de abrir o espaço, pra fortalecer a convivência, mesmo.

PROFESSOR WEB: O que você está achando do evento?

TAÍS MUNIZ: O evento está acontecendo como um grande sonho do Júlio Costa, juntamente com o coletivo de grafite, que veio com a intenção de agregar pessoas a um lugar que é maravilhoso – apesar de recair sobre ele uma aura de violência, que se desfaz quando nos aproximamos do bairro – promovendo a interação e trazendo novas possibilidades para os(as) moradores(as) locais.

PROFESSOR WEB: Qual a importância desta iniciativa para o cenário artístico-cultural de Salvador e da Bahia?

TAÍS MUNIZ: Eu acho que vai trazer uma movimentação bem interessante, a princípio pelo próprio nome “Museu de Street Art” que por si só já gera uma curiosidade em quem se interessa pelo tema. Em Salvador várias pessoas tem despertado seu interesse pela arte de rua, em suas diversas vertentes, e ter um espaço onde essas pessoas possam estar, interagir, trocar e propor coisas é algo de agregador não só para a cidade, mas como para a Bahia.

Confiram algumas fotos do lançamento do MUSAS aqui.

Um abraço e até a próxima, pessoal!

1º Encontro de Grafiteiros agita a cena do Hip Hop de Salvador e RMS neste final de semana

Programação conta com palestras, oficina de Graffite e apresentações de Breack Dance; doação de alimento garante inscrição no evento; confira programação

Os interessados e militantes do Hip Hop em Salvador e Região Metropolitana têm programação garantida neste final de semana. É que a Comunidade Pernambués Ativa (CPA) realiza nos dias 17 e 18 de dezembro o  1º Encontro de Grafiteir@s de Salvador e Região Metropolitana. O evento, que acontecerá no Centro Social Urbano de Pernambués, tem caráter formativo e de entretenimento para os participantes que se inscreverem através da doação de 1 kg de alimento não perecível até o dia do Encontro. Na programação do evento as atividades vão de palestras sobre a arte das ruas  à apresentação de grupos de  Rap e Breack.


Comunidade Pernambués Ativa

O CPA é um grupo formado por jovens moradores da comunidade de Pernambués, um dos bairros mais populosos de Salvador, que se dedica a realizar ações que  atenda algumas das demandas dos jovens da região e dos integrantes do movimento Hip-Hop em Salvador. O CPA tem parceria com o Grupo de Arte-Educação, Esporte e Cultura (GAEEC), instituição liderada por jovens ativistas que tem atuação em Salvador  e nas cidades próximas a Alagoinhas. O 1º Encontro de Grafiteiros é uma ação conjunta do GAEEC e do CPA. Vale ressaltar que, todos os alimentos doados na inscrição do evento serão entregues ao Instituto Beneficente Conceição Macedo (IBCM), entidade que acolhe crianças e adolescentes com HIV/AIDS,  localizada no bairro de Pernambués.

Serviço
O que: 1º Encontro de Grafiteir@s de Salvador e Região Metropolitana
Quando: 17  e 18 de dezembro
Onde: Centro Social Urbano de Pernambués
Quanto: 1 kg de alimento não perecível

Programação
Dia 17- Seminário: A Arte de Rua na Perspectiva dos Direitos Humanos – de 09 às 11 horas
Discussão sobre O Fórum Baiano da Cultura Hip-Hop – a partir das 11 horas
Pausa para o almoço- 12 horas
Oficina de Graffite – de 13 às 17 horas
Apresentação Cultural – de  18 às  22 horas

Dia 18- Manifestação Temática no muro com Graffite – de 09 às 15  horas
Exposição Artística – 15 às 17 horas
Apresentação Cultural – 18 às 22 horas

Mais informações:
Comunicação- Rebeca Bastos (71 8872-4514)
Coordenação GAEEC- Demisson Cardoso (71 8181-1998)

Fonte:http://www.irdeb.ba.gov.br/evolucaohiphop/?p=4664#more-4664