Como Funciona a Memória RAM?

E aí, galera! Beleza?

Vocês sabem o que é a memória RAM?

Fig.1- Alguns tipos de memórias RAM - By KB Alpha - CC BY 3.0

Fig.1- Alguns tipos de memórias RAM – By KB Alpha – CC BY 3.0

A memória RAM é um componente que auxilia diretamente o processador no gerenciamento dos softwares que são utilizados no computador. A sigla RAM significa Random Access Memory (Memória de Acesso Aleatório) devido ao seu método de armazenamento que é feito aleatoriamente, para que os arquivos possam ser acessados de forma mais rápida quando solicitados por outro componente.

A memória RAM é uma memória volátil, ou seja, ela perde todos os dados quando o computador é desligado. Por isso, algumas pessoas reiniciam o computador quando ele apresenta lentidões ou travamentos, que podem ser causadas por congestionamento na memória RAM.

Fig.2 - Duas memórias RAM sobrepostas - By No machine - Public Domain

Fig.2 – Duas memórias RAM sobrepostas – By No machine – Public Domain

A capacidade da memória é medida em Bytes(B). Mas ao adquirir uma memoria RAM, é preciso além da sua capacidade, considerar também a sua velocidade para carregar e descarregar os processos. Essa velocidade é medida em Hertz(Hz). Portanto, quantos maior a capacidade da memória, mais programas podem ser abertos simultaneamente e quanto mais velocidade ela tiver, menor será e perda de desempenho nesse processo.

 

Então, é isso aí, galera! Lembrem-se: antes de adquirir uma memória, pesquisem bastante, avaliem a finalidade que dará ao computador e adquiram uma memória que se encaixe melhor ao seu uso!

Bons estudos! Até a próxima!

Gabriel Luhan – Colaborador da Rede Anísio Teixeira

Anúncios

Como Funciona o Computador?

E aí, galera! Beleza?

O computador é uma máquina utilizada para a realização de processamento de dados.

Foi criado durante a Segunda Guerra Mundial para realizar cálculos balísticos e para traçar rotas de mísseis.

O computador executa tarefas a partir da interação entre Hardware (parte física, como monitor, teclado, mouse e etc.) e Software (parte virtual, como os sistemas operacionais e os programas), através dos passos de entrada, processamento e saída de dados, que servem como uma ponte entre a parte física e a parte virtual do equipamento.

Com o decorrer das semanas aprenderemos um pouco mais sobre Hardware e quais as suas funções dentro do computador.

Então, para dar início à nossa série, falaremos da Fonte de Alimentação.

DSC_24773

A fonte é o periférico responsável por energizar o computador, transformando a corrente elétrica da tomada de 110/220v em saídas de 3v a 12v, para ser distribuída entre os componentes do computador. Geralmente localizada na parte superior do gabinete e liga cada componente separadamente através de seus conectores, possuindo de cinco a sete tipos de conectores diferentes, cada um fica responsável por um componente diferente.

São eles:

DSC_2448

ATX 12v de 24 pinos, responsável por energizar os circuitos da placa-mãe.

 

DSC_2452

AUX 12v(P4), responsável por energizar o slot do processador.

 

DSC_2457

SATA, é utilizado para ligar leitores de CD/DVD e HD’s Sata.

 

DSC_2461

Molex, é utilizado para ligar leitores de CD/DVD e HD’s IDE, alguns tipos de LED’s ou coolers. 

 

DSC_2463

Fllopy ou Berg, é o conector utilizado para ligar os quase extintos drives de disquetes.

 

Outro ponto importante em relação à fonte é saber diferenciar uma fonte Real de uma fonte Nominal.

DSC_2482

Fonte Real: é mais indicada para quem precisa utilizar alguns componentes a mais, como, por exemplo, dois HDs, dois leitores de CD/DVD ou uma placa de vídeo de alta performance, por permitir uma potência maior e mais estável.

Fonte Nominal: é a mais encontrada em computadores comuns por possuir uma potência mais baixa, não chegando a aplicar toda a potência informada.

Alguns problemas que podem estar relacionados à fonte são: desligamentos, ou quando o computador liga mas não dá vídeo (gera imagem no monitor), ou quando o computador não liga. Fiquem atent@s, pois mesmo que esses problemas aconteçam, o defeito pode estar em outra peça. O importante é você tentar eliminar possibilidades, mas em alguns casos, isso só é possível, fazendo testes com peças de outros computadores. Caso não tenha essas peças, daremos dicas nessa série de postagens de detalhes que podem te ajudar a fazer o diagnóstico correto…

É isso aí, galera! Bons estudos! Até a próxima!

Fotos: Gabriel Luhan

O Computador e Sua História

E ai galera! Tudo na paz?

A história do computador na sociedade tem Chinese-abacus formação desde o período dos nossos ancestrais, com a invenção do Ábaco, uma espécie de calculadora criada na China, e que alguns anos mais tarde passou a ser utilizada em outros países. Com o passar dos anos a necessidade de processar dados mais complexos em menos tempo foi aumentando, e no século XX Herman Hollerith criou o tabulador de Hollerith uma máquina que contabilizava dados através de cartões perfurados.

ENIAC

Mas foi durante a segunda guerra que criaram o primeiro computador o ENIAC (Eletronic Numerical Integrator and Computer/Computador Integrador Numérico Eletrônico) uma máquina capaz de realizar cálculos balísticos, podendo realizar até 5.000 operações por segundos.

Durante a corrida espacial surgiu outra necessidade, a de reduzir o tamanho dos computadores que chegavam a ocupar um prédio inteiro, para que pudessem ser acoplados as espaçonaves, isso foi possível devido a criação dos transistores, que substituíam as grandes válvulas dos computadores, a partir dai os computadores passaram a diminuir cada vez mais e foram ficando cada vez mais rápidos, chegando ao computador atual, capaz de realizar diversas funções, e que está presente em praticamente tudo, podendo ser utilizados em salas de aulas sem a necessidade de cabos ou botões, cabendo na palma de nossas mãos.

 

 É isso ai galera bons estudos!

Fontes:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Computador

http://www.tecmundo.com.br/tecnologia-da-informacao/1697-a-historia-dos-computadores-e-da-computacao.htm

http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81baco

http://en.wikipedia.org/wiki/File:Chinese-abacus.jpg

http://en.wikipedia.org/wiki/File:Eniac.jpg

Link do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=F3qWg1JBPZg

Por que o teclado não está em ordem alfabética?

Olá, amigo(a)!

Quem usa computador ou até mesmo já usou máquina de datilografia, deve ter feito a seguinte pergunta: Por que o teclado não está em ordem alfabética?

Vamos esclarecer!

Para você, que já se perguntou e chegou à conclusão de que seria muito mais rápida a digitação se as teclas estivessem em ordem alfabética, acertou!

O formato QWERTY que é a disposição das letras que estão no teclado de hoje tem tudo a ver com as antigas máquina de datilografia do seculo XIX, porque uma digitação rápida nas máquinas de datilografia poderia causar travamento, e com esta distribuição, enquanto uma mão acerta determinada tecla a outra localiza a tecla seguinte atrasando mais a digitação.

Então, surge um inquietante questionamento: Já que o computador não trava com uma digitação rápida, por que não mudamos o teclado?

Uma das respostas é paradigma, e a outra é que, nos adaptamos e digitamos tão rápido quanto se o teclado estivesse em ordem alfabética.

Curioso, não é mesmo?!

Abraços!

 

Referencias:

Teclado QWERTY – http://pt.wikipedia.org/wiki/QWERTY

Maquina de escrever – http://pt.wikipedia.org/wiki/Máquina_de_escrever

Paradigmas – http://pt.wikipedia.org/wiki/Paradigmas