Caravana Digital – Embarque nessa com a gente

Olá, pessoal!

Viemos convidar vocês para um excelente evento que acontecerá no próximo sábado.

Saibam mais: Cliquem aqui

Até lá!

Anúncios

Estudantes prestam serviços gratuitos de informática

Você sabe como instalar um programa no seu computador? Quer saber mais sobre a Internet e as redes sociais? Então programe-se para participar, no próximo sábado (29/09), das 7h30 às 17h, da I Feira de Tecnologia do Colégio Estadual Góes Calmon, no bairro de Brotas. A Feira abordará o tema A importância da tecnologia na educação. Neste dia, os estudantes dos cursos técnicos de nível médio em Informática, Manutenção e Suporte de Informática e Rede de Computadores prestarão vários serviços gratuitos à comunidade.

Foto: Claudionor Jr. Ascom/Educação

A programação compreende atendimento personalizado e minicursos. Individualmente, os visitantes poderão receber orientações, por exemplo, de como elaborar um currículo, como baixar e imprimir contas de água e luz pela Internet, de como usar programas de computadores para criar logomarcas e sobre as possibilidades e cuidados que devem ser adotados ao se usar as redes sociais. Coletivamente, receberão instruções, via minicursos. Em um destes cursos, os estudantes falarão sobre instalação e funcionamento de sistemas operacionais como o Windows XP, fundamental para o uso de diversos programas no computador.

Em outro minicurso, os estudantes irão falar sobre lixo eletrônico. A ideia é demonstrar como é possível fazer o reaproveitamento de peças para a montagem de novos equipamentos. Trata-se de uma tecnologia social, de baixo custo e que beneficia a comunidade, inclusive, evitando o descarte deste tipo de equipamento no meio ambiente. Uma sala de entretenimento também será montada para que os visitantes possam se divertir com videogames, a exemplo do Playstation e do X-BOX, e também tenham contato com jogos em rede e jogos educacionais.

Presença da comunidade – Vinícius Barral, 20 anos, que está no 4° ano do curso técnico de nível médio em Informática, acredita que este projeto vai permitir uma maior aproximação da comunidade com a escola. “É importante essa aproximação, é uma oportunidade de conhecerem o colégio, os projetos desenvolvidos. Muitos que virão não possuem contato com a tecnologia. Será um momento em que poderão conhecer e aprender coisas novas, por exemplo, como funciona um computador por dentro ou como funciona a Internet”, disse.

Já Ian Santos, 17 anos, também estudante do curso técnico de nível médio em Informática, e estagiário do colégio, está entusiasmado com os minicursos. “Faço estágio aqui de segunda a sexta no próprio colégio, dando manutenção e suporte à rede e em microcomputadores. É o momento em que coloco em prática tudo o que aprendo em sala de aula. A Feira vai permitir que eu aprofunde ainda mais meus conhecimentos, já que terei uma maior integração com pessoas da comunidade e com colegas de outras turmas”, disse.

Para a diretora do colégio, Jeane Cerqueira, o evento é interessante por diversas razões. “A Feira é um momento de troca de conhecimentos, de aprendizado. Para os estudantes que estão se formando, é uma chance de explorar os conhecimentos adquiridos ao longo dos anos de estudo. Para os que estão começando, é a chance de conhecerem mais sobre a futura profissão”, afirma.

A diretora acrescenta que os serviços prestados pelos jovens à comunidade se configuram como “uma ação de intervenção social, fundamental para contribuir para uma maior integração entre eles e a comunidade” e que reafirmam o trabalho como princípio educativo e a intervenção social como princípio pedagógico na Educação Profissional da Bahia.

Fonte: http://www.educacao.ba.gov.br/node/3701