Cine PW: “Tempos Modernos” e “O Grande Ditador”

Olá Pessoal,

A partir de hoje temos um encontro marcado toda quarta-feira para falarmos da 7ª arte.

Toda Quarta serão indicados filmes que podem ser utilizados na sala de aula e nos estudos, afinal nada melhor que estudar e entreter ao mesmo tempo!

Além dos filmes indicados pela nossa equipe, estudantes e professores podem também sugerir.

Para começar a sessão Cine PW com o pé direito, indicamos o clássico dos clássicos: Tempos Modernos e O Grande Ditador produzido pelo inigualável Charlie Chaplin:

Modern Times (Tempos Modernos) é um filme produzido em 1936, nesse longa metragem o famoso personagem “O Vagabundo” (The Tramp) tenta sobreviver em meio ao mundo moderno e industrializado. É considerado uma forte crítica ao capitalismo, militarismo, liberalismo, conservadorismo, stalinismo, fascismo, nazismo e imperialismo, bem como uma crítica aos maus tratos que os empregados passaram a receber depois da Revolução Industrial.

Nesse filme Chaplin quis passar uma mensagem social. Cada cena é trabalhada para que a mensagem chegue verdadeiramente tal qual seja. E nada parece escapar: máquina tomando o lugar dos homens, as facilidades que levam a criminalidade, a escravidão. O amor também surge, mas surge quase paternal: o de um vagabundo por uma menina de rua.

Tempos Modernos é ao mesmo tempo comédia, mesmo tempo drama e romance.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Tempos_Modernos

The Great Dictator (O Grande Ditador) é um filme produzido em 1940, do gênero comédia dramática e sátira crítica, dirigido por Charles Chaplin.

Foi lançado em 15 de outubro de 1940 e satiriza o nazismo, o fascismo e seus maiores propagadores, Adolf Hitler e Benito Mussolini. Foi o primeiro filme falado de Chaplin também. Na ocasião de seu lançamento, os Estados Unidos ainda não tinham entrado na Segunda Guerra Mundial.

Ao final do filme, o personagem de Chaplin dá um belo discurso falando de direitos humanos no contexto da Segunda Guerra Mundial, mas que ainda soa tão contemporâneo. Continue Lendo “Cine PW: “Tempos Modernos” e “O Grande Ditador””

Estréia dia 04 de Abril, 22 h na TV Escola Morte e Vida Severina (Do Poema de João Cabral de Melo Neto)

Morte e Vida Severina é um livro do escritor brasileiro João Cabral de Melo Neto, escrito entre 1954 e 1955 e publicado em 1955.

O nome do livro é uma alusão ao sofrimento enfrentado pela personagem.

O livro apresenta um poema dramático, que relata a dura trajetória de um migrante nordestino em busca de uma vida mais fácil e favorável no litoral.

Em 1965, a pedido do escritor Roberto Freire, diretor do Teatro da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (TUCA), o músico Chico Buarque musicou o poema para a montagem da peça. Desde então sua presença no teatro brasileiro tem sido constante.

Essa peça se tornou um sucesso, inclusive recebendo premiação num festival universitário de Nancy na França.

Confiram  o making of: clique aqui!

Fonte:http://tvescola.mec.gov.br/index.php?option=com_zoo&view=item&item_id=5251http://pt.wikipedia.org/wiki/Morte_e_Vida_Severina