Cine PW: O Show de Truman

Salve, salve, galera!

O que você acha de levar uma vida sem privacidade, onde todos sabem o que você faz, o que você pensa, o que você fala… enfim, tudo que você vive? E se, de repente, você descobrisse que está sendo vigiado por pessoas que você nunca viu e, talvez, nunca veja?

Pensando nesta situação, o Cine PW de hoje indica o filme “O Show de Truman”, uma reflexão quanto a nossa tão vigiada vida cotidiana.

Truman Burbank (Jim Carrey) é um simples vendedor de seguros que leva uma vida modesta com sua esposa Meryl Burbank (Laura Linney). Porém, alguns acontecimentos ao seu redor fazem com que ele estranhe a sua cidade, seus supostos amigos e até sua esposa. Após se apaixonar pela misteriosa Lauren (Natascha McElhone), a partir disso Truman embarca numa busca para descobrir a verdade de sua vida e que tudo não passava de um reality show, visto por qualquer pessoa do mundo.

O Filme é um mistura de comédia e drama, dirigido por Peter Weir, e faz uma reflexão sobre a vida contemporânea, onde estamos constantemente em exposição às câmeras, sites e olhares de outrem, cujos rostos e vidas nem sempre conhecemos.

Assista, reflita e veja o quão vulnerável é nossa privacidade. Boa sessão!

Fontes: Wikipédia

Anúncios

Terceira edição da FLICA

Fala, galera!

Trazendo apresentações da Orquestra Sinfônica da Bahia, dos cantores Saulo e Armandinho, a terceira edição da Flica Festa Literária Internacional de Cachoeira, acontecerá entre os dias 23 e 27 de outubro e contará com programação em toda cidade. Além de atender a todos os públicos possíveis. Já que a edição deste ano terá, pela primeira vez, uma programação exclusivamente voltada para as crianças: a Fliquinha. Entres os ilustres que farão a alegria da galerinha estão Antônio Cedraz, escritor e criador da Turma do Xaxado; a cantora e compositora Nairzinha, pesquisadora do folclore infantil brasileiro há 40 anos e a atriz Cássia Valle, que será responsável por contar histórias.

As edições anteriores já atraíram mais de trinta mil pessoas entre visitantes e palestrantes, escritores e pensadores nacionais e internacionais e já reuniu mais de doze atrações musicais com apresentações paralelas às mesas, exposições, oficinas e debates que compõem a programação.

A cidade heroica de Cachoeira, que fica no recôncavo baiano, a 110 km de Salvador, é o primeiro município baiano a sediar uma festa literária internacional; escolhida por se tratar de uma cidade cujo apelo histórico e cultural é muito forte.

A Flica tem como objetivos descentralizar as ações culturais da capital e estender atividades culturais/turísticas no interior baiano.

Mais informações sobre localização, o que tem por lá e programação completa, veja no site oficial.

E você, vai ficar fora desta festa da literatura internacional? Programe-se, organize-se e vá!

Fontes: Flica, Wikipédia

Portal da Educação transmite aula de revisão do Enem

O Portal da Educação transmitirá nesta quinta-feira (17/10), das 8h às 12h, aulas de revisão para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Basta acessar o endereço:  http://educadores.educacao.ba.gov.br/videoconferencia

A atividade faz parte do projeto “De olho no ENEM” que busca, por videoconferência, aprimorar o conhecimento dos estudantes em relação ao conteúdo do exame.  O projeto é desenvolvido por meio de parceria entre os programas Ensino Médio EM-Ação, Ciência na Escola e Ensino Médio com Intermediação Tecnológica (EMITec). Além do Portal, a videoconferência será transmitida para todas as Diretorias Regionais de Educação.

De acordo com o professor articulador, Nailton Rocha, o projeto busca, ao mesmo tempo, reforçar a preparação para o Enem nas unidades escolares da rede estadual e aperfeiçoar esse conhecimento, fornecendo dicas sobre a realização da prova. “Na escola, mostramos as vantagens na realização do Enem, incentivamos a realização das revisões e apoiamos os professores, dando ideias de como podem abordar as questões do exame. Já na videoconferência, fazemos uma síntese das principais competências exigidas, dos pontos aos quais os estudantes devem ficar atentos e de como as disciplinas são cobradas na prova,”, explicou.

A primeira videoconferência, realizada no último dia 3 de outubro, atingiu um quantitativo de, aproximadamente, 1.500 estudantes. Aluna do 3º ano do ensino médio, no Colégio Estadual de Aplicação Anísio Teixeira, Ana Carolina das Neves do Nascimento, de 16 anos, foi uma das espectadoras. “Foi uma aula bem construtiva e direta, com dicas, orientações específicas e espaço pra gente interagir, diferente do que acontece em sala de aula”, contou a estudante que vai fazer a prova pela primeira vez e quer prestar vestibular para o curso de Ciências Sociais.

Ferramentas pedagógicas – Além das dicas para a realização do Enem, durante a videoconferência, os professores apresentam várias ferramentas pedagógicas disponibilizadas pela Secretaria da Educação do Estado da Bahia, como a Plataforma Geekie, Professor WEB, SESI-Matemática, Conteúdos Digitais Educacionais, entre outras.

Portal da Educação – A Secretaria da Educação do Estado da Bahia disponibiliza, no portal, um espaço específico para ajudar o estudante que vai fazer a prova. Basta acessar e conferir uma série de conteúdos, como videoaulas, jogos e sites temáticos sobre o Enem. Além disso, a Secretaria firmou uma parceria com o Geekie Games, para oferecer um simulado on-line.

FONTE: Portal da Educação

1ª edição do Prêmio “Curta Histórias” valoriza a Educação das Relações Étnico-Raciais

Atenção, pessoal!

A 1ª edição do Prêmio “Curta Histórias”, que tem como objetivo valorizar a Educação das Relações Étnico-Raciais e a implementação da Lei 10.639/03 (que trata sobre a obrigatoriedade do ensino de História e Cultura Africana e Afro-brasileira na Educação Básica), está com inscrições abertas até o dia 5 de novembro. A promoção é do Ministério da Educação, por meio da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), da Fundação Vale, da Fundação Telefônica, da Associação Casa da Árvore, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

A inscrição é gratuita e apenas estudantes matriculados na Educação Básica da rede pública de ensino de todo o país, que estejam participando dos programas “Mais Educação” ou “Ensino Médio Inovador”, poderão inscrever vídeos cuja temática seja “Africanidades Brasileiras”. As imagens podem ser produzidas por celulares e câmeras domésticas. De acordo com o regulamento, só será aceito um vídeo por escola, com duração de 1 minuto. A equipe deve ser formada por um professor ou educador responsável e até cinco alunos.

Outra observação importante que o regulamento da premiação traz é a exigência de que os vídeos inscritos estejam amparados no Parecer 03/2004, que fundamenta as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana.

A seleção dos vídeos será feita por um Júri Técnico, um Júri Popular e uma Comissão Julgadora Final. Serão premiados o vídeo mais votado pelo público e outros dois selecionados pela Comissão Julgadora Final. A premiação para as três escolas vencedoras será:

a) alunos: 1 (uma) oficina de formação em cinema e empreendedorismo com duração de 24 horas; 1 (um) tablet, 1 (um) aparelho celular smartphone para cada participante da equipe.

b) professor: 1 (uma) oficina de formação em cinema e empreendedorismo com duração de 24 horas; 1 (um) tablet, 1 (um) aparelho celular smartphone.

c) escola: cinemateca composta de 20 filmes; 1 (um) aparelho data show; 1 (um) aparelho DVD; 1 (uma) filmadora digital e 1 (uma) câmera fotográfica semi-profissional.

Africanidades Brasileiras

Segundo a doutora em Educação Petronilha Silva, “a expressão africanidades brasileiras refere-se às raízes da cultura brasileira que têm origem africana” (p.26, 2003). Ou seja, diz respeito às influências africanas na nossa cultura e no nosso comportamento. Em seu artigo “Africanidades Brasileiras: esclarecendo significados e definindo procedimentos pedagógicos”, publicado na Revista do Professor, no primeiro trimestre de 2003, Petronilha traz uma boa introdução sobre a temática e propõe a aplicação dela em diferentes áreas do conhecimento.

O prêmio é uma ótima oportunidade para discutir e refletir sobre História e Cultura Africana e Afro-brasileira. Desejamos sucesso para todos os inscritos!

Estudantes poderão visitar a 11ª Bienal do Livro Bahia com entrada franca

Oi, moçada!

A Bienal do Livro Bahia 2013, que vai ocorrer no período de 8 a 17 de novembro, no Centro de Convenções, em Salvador, está com inscrições abertas para o programa de Visitação Escolar. Estudantes de escolas públicas e particulares, com idades de 7 a 14 anos, poderão visitar a feira sem pagar o valor do ingresso, que custa R$ 2 (meia) e R$ 4 (inteira). Para isso, professores e educadores devem inscrever as instituições no site do evento. Cada escola vai agendar o seu dia de interesse para realizar a visita, respeitando as datas disponibilizadas pela organização (8 de novembro, a partir das 14h; e 11, 12, 13 e 14 de novembro, a partir das 10h).

Bienal

Durante a visita, não haverá monitores para acompanhar os estudantes e o transporte que conduzirá a turma será de responsabilidade das escolas inscritas. As instituições deverão levar professores para acompanhar os estudantes. A recomendação dos organizadores da Bienal é a seguinte: seis professores para uma turma com 40 pessoas.

Para mais informações, acesse o site oficial da Bienal ou envie e-mail para o endereço bienalbahia.visitacaoescolar@fagga.com.br.

Parece que vai ser bem interessante, não é?

Até o próximo!

Escola de Dança da FUNCEB está no PRONATEC com oferta de cursos de arte e cultura

Numa parceria entre a Secretaria de Cultura (SEC) e a Secretaria de Educação do Estado da Bahia (Secult-BA), a Escola de Dança, unidade do Centro de Formação em Artes da Fundação Cultural do Estado da Bahia (FUNCEB), oferece 200 vagas em oito cursos para jovens interessados em qualificar habilidades, ampliar conhecimentos e progredir na colocação enquanto trabalhador do setor artístico-cultural. Os cursos são realizados no âmbito do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) do Ministério da Educação (MEC), numa ação conjunta com o Ministério da Cultura (MinC). As inscrições são gratuitas e ficam abertas em diferentes pontos da cidade, de 3 a 6 de setembro, conforme escalonamento. Os cursos são de Assistente de Coreografia, Assistente de Produção Cultural, Agente Cultural, Auxiliar de Cenotecnia, Fotografia, Iluminador Cênico, Costura (Cênica) e Brincante de Rua.

funceb

A pretensão é de que talentos possam ser potencializados para abrir novas possibilidades de crescimento social e no mercado de trabalho, preparando pessoas para intervirem na sociedade de forma consciente e cidadã. Assim, aqueles que atuam amadoramente em atividades artísticas e culturais poderão se articular com mais reconhecimento na cadeia produtiva. Ou os que já sabem costurar, por exemplo, poderão ter uma qualificação específica para trabalhar com costura cênica, acrescentando ao currículo uma nova área de atuação. A ideia de coletivos também é importante: num grupo artístico em atividade, qual integrante poderia ser capacitado para desenvolver tarefas produtivas específicas, como, por exemplo, a de iluminador cênico, conferindo mais independência à equipe?

Podem se inscrever maiores de 16 anos, sendo exigido nível de escolaridade que varia do Ensino Fundamental I incompleto ao Ensino Médio completo. Para este momento, basta que o candidato se apresente e preencha uma ficha de inscrição. Serão inscritos até três vezes o número de vagas disponíveis para cada turma, para posterior seleção dos participantes e definição de lista de espera com suplentes. A lista final de alunos será divulgada em 12 de setembro, aqui no site da FUNCEB, sendo então feita a convocação para efetivação de matrícula.

As aulas serão iniciadas em 23 de setembro e acontecerão de segunda a sábado, em turnos variados, durante três meses. A carga horária total dos cursos é de 240 horas e os alunos devidamente matriculados receberão auxílio transporte e de alimentação, além de todo material didático necessário. As disciplinas se iniciam com formação técnica geral – como ética, cidadania, comunicação, saúde e segurança do trabalho – e passam para conhecimentos específicos de cada área, com contextualização e fundamentos tecnológicos e instrumentais. Os certificados finais são reconhecidos pelo MEC.

Para mais informações, acesse o sitio da FUNCEB e saiba onde e quando realizar as inscrições.

FONTE:  http://www.fundacaocultural.ba.gov.br/noticias/escola-de-danca-da-funceb-esta-no-pronatec-com-oferta-de-cursos-de-arte-e-cultura

II Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente

Oi, turma!

Vamos todos contribuir para um planeta melhor!

conferencia

A II Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente está voltada para as escolas com, pelo menos, uma turma do terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), cadastradas no Censo Escolar realizado pelo INEP (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), no ano passado. Instituições públicas e privadas, urbanas e rurais, das redes estadual e municipal, assim como escolas de comunidades indígenas, quilombolas e de assentamento rural poderão participar do evento.

A Conferência tem como objetivo propiciar atitude responsável e comprometida da comunidade escolar com as questões socioambientais locais e globais, enfatizando a participação social e os processos de melhoria da relação de ensino e aprendizagem, em uma visão da educação para a sustentabilidade e o respeito à diversidade.

O evento é uma ação da Secretaria Estadual da Educação (SEC-BA) e do Ministério da Educação (MEC), sob coordenação local da Superintendência de Desenvolvimento da Educação Básica (SUDEB) / Diretoria de Currículos Especiais / Coordenação de Educação Ambiental e Saúde (CEAS), além das demais instituições que compõem a Comissão Organizadora Estadual (COE/ BA).

Fonte: http://estudantes.educacao.ba.gov.br/conferenciainfanto.

Vários caminhos para a formação

Olá, meu povo!

Geralmente, os alunos do ensino médio que desejam partir para uma formação mais específica, se deparam com muitas dúvidas. Entre elas, está a opção de curso que vão fazer; a concorrência, pela pouca chance de ingressarem devido a quantidade de vagas; a vocação; a modalidade do curso, se a formação superior será a tradicional ou outra: tecnológica, bacharelado ou licenciatura. É sobre esta última dúvida que vamos falar um pouquinho pra tentar tirá-las.

Existem caminhos diferentes pra quem deseja fazer uma graduação. Pode ser através dos cursos mais “tradicionais” de nível superior (como pedagogia, biologia, administração, direito e etc), que habilita como licenciados, bacharéis ou ainda os dois; há também os Tecnológicos, uma formação superior de menor duração, em média três anos; e o Bacharelado Interdisciplinar ou B.I, como é mais conhecido. Trata-se de uma nova modalidade de graduação, que oferece formação geral dentro de uma das áreas do conhecimento: Artes, Humanidades,  Saúde e  Ciência e Tecnologia. Na Bahia, o B.I. é oferecido desde 2009, exclusivamente pela Universidade Federal da Bahia – UFBA. Existem ainda, programas de incentivo à graduação que são oferecidos pelo governo em parceria com instituições privadas, ampliando o acesso ao ensino superior: ProUni e FIES.

Porém, é importante ressaltar que o que mais vai pesar na hora de fazer a escolha certa é saber exatamente o que você pretende fazer nos próximos anos de sua vida. Por isso, tem que ser algo que, necessariamente, você se identifique, pois se dedicará anos a fio estudando e trabalhando com o que escolheu.

Vejamos algumas dicas de como se preparar pra ingressar num dos cursos:

  • Antes de tudo, você deve decidir que área do conhecimento pretende seguir, pois tem que estar seguro do que quer;

  • Informe-se sobre os cursos, as instituições, os conteúdos trabalhados, as áreas de atuação e como está a demanda da profissão no mercado de trabalho;

  • Veja as possibilidades de atuação em múltiplos campos e leia sempre, mesmo que não pretenda ingressar numa área muito teórica. Isso vai te auxiliar antes, durante e depois da formação e facilitará na compreensão dos conteúdos e do mundo. Afinal, a leitura está em tudo!

E já pra dar um empurrãozinho a sua pesquisa, segue abaixo algumas instituições que oferecem cursos nas modalidades apresentadas.

UNEB, UESB, UEFS, UESC, UFBA, UFRB, IFBAIANO e IFBA

Um forte abraço!

Fontes: IHAC/UFBA; EDITORA ABRIL; UFBAFOLHA DE SÃO PAULO;

Centro Juvenil abre inscrições para oficinas

O Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) inicia hoje, (terça-feira, 23/07) e segue até o dia 02 de agosto, as inscrições para oficinas. Poderão fazer as inscrições os estudantes do ensino médio, matriculados na rede estadual de ensino.

Atelier Coletivo Vision – CJCC

O CJCC é uma iniciativa de educação integral da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, que visa ampliar o acesso da juventude baiana às temáticas contemporâneas na perspectiva de consolidar a sua capacidade de fazer nexos interdisciplinares, potencializando a compreensão de fatos, questões, invenções, avanços e conquistas científicas, sociais, culturais, artísticas e tecnológicas da humanidade.

Conheça as oficinas e faça a sua inscrição aqui!

FONTE:  http://estudantes.educacao.ba.gov.br/noticias/centro-juvenil-abre-inscricoes-para-oficinas

Setre oferece 3,5 mil vagas gratuitas para cursos de qualificação do Programa Trilha

São 37 cursos em 25 municípios, destinados a beneficiários do programa Bolsa Família que tenham entre 16 e 29 anos

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) abriu nesta quarta-feira (17), as inscrições para 3,5 mil vagas em cursos gratuitos de qualificação. São 37 cursos do Programa Trilha 2013, em 25 municípios, destinados a beneficiários do programa Bolsa Família que tenham entre 16 e 29 anos. Do total de oportunidades, para a Região Metropolitana de Salvador são 1.590 para a capital, 100 para Lauro de Freitas, 100 para Camaçari, 100 para Itaparica e 50 para Mata de São João.

Os cursos terão carga horária de 400 horas/aula, sendo 100 de Qualificação Social, 250 de Qualificação Profissional, e mais 50 para orientação e elaboração do Trabalho Final de Curso (TFC). As aulas começam em agosto e têm duração de cinco meses. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de julho, nas unidades do SineBahia presentes nos municípios. É necessário preencher a ficha no local, apresentando cópia do RG, CPF, Cartão do Bolsa Família (do inscrito ou do responsável), e os comprovantes de escolaridade e residência. Vale ressaltar que não haverá curso noturno e que as convocações dos jovens selecionados serão feitas por telefone.

Os cursos ofertados são: Agentes de Cultura, Atendente de Farmácia (noções de espanhol), Atendente de Lanchonete (noções de espanhol), Cabeleireiro (a), manicure e maquiagem, Caldeireiro, Camareiro (a) (com noções de espanhol ou inglês), Capotaria Náutica, Comunicação Visual, Confeccionista (modista), Copeiro (a)/Organizados de cozinha (com noções de espanhol), Curso de Webdesign,Facilitador de Atividades Esportivas e de Lazer, Gastronomia, Governanta em Meios de Hospedagem (com noções de espanhol ou inglês), Instalador e Reparador de Redes de Computadores, Introdução à Fotografia, Introdução à Produção Cultural, Introdução ao Vídeo, Mecânica Náutica, Mobilização de Redes Sociais, Montador e Reparador de Computadores, Operador de Caixa (com noções de espanhol). Operador de Telemarkting (com noções de espanhol ou inglês), Pintura Náutica, Recepcionista de Hotel (com noções de espanhol ou inglês), Soldador de Tubulação, Técnico de Vendas – setor: automotivo (com noções de espanhol ou inglês),Técnico de Vendas – setor: vestuário e calçados (com noções de espanhol).

Fonte: http://www.portaldotrabalho.ba.gov.br/noticias/setre-oferece-3-5-mil-vagas-gratuitas-para-cursos-de-qualificacao-do-programa-trilha