Alfabetização visual: que papo é esse?


15c57ec3-3977-43be-b0ae-859ce2bdbd8dFala, galera! Quero compartilhar com vocês um papo que tive com o professor e fotógrafo João Kulcsár, m
estre em Artes pela Universidade de Kent, Canterbury, UK, coordenador de fotografia do Senac e criador do Projeto Alfabetização Visual. Tive o prazer de ser selecionado para o workshop que ele ministrou em Salvador nessa sexta (01), em que abordou a temática: Alfabetização Visual – a fotografia como instrumento metodológico de ensino e aprendizagem. Em paralelo, lançou a exposição Herança Compartilhada, mostra que tem como principal objetivo apresentar as relações que foram estabelecidas entre o Brasil e os Estados Unidos da América, por meio do olhar dos imigrantes, com curadoria do próprio João, e conta com fotógrafos brasileiros e estadunidenses. O evento, na Bahia, foi fomentado pela english school ACBEU.


307d396b-b768-4701-aeb7-d757991f72e5E, finalmente, que papo é esse de alfabetizar por meio da imagem? Como você lê o mundo? Há tempos, a leitura não se resume apenas à escrita. Hoje,
observa-se uma necessidade imediata na ampliação de como interpretamos o mundo. As novas tecnologias nos auxiliam nessa empreitada. A capacidade de interpretar e usar as mídias digitais com mais autonomia, profundidade, ética, colaboração, contextualização e criticidade nos convida para uma conversa ao pé do ouvido. As mídias (televisiva, radiofônicas, internéticas e fotográficas) nos suscitam uma maior profundidade na prosa das ideias.

cfbfc59c-115f-4d21-8f08-1b37b4b53e87A imagem não pode ficar distante dessa troca! Pensando nisso, João propõe um aprofundamento no discurso e na importância da imagem como ferramenta crítica na (da) educação. Não podemos negar seu valor dialógico, ainda mais na contemporaneidade, em que as diversas formas de leituras vão além da palavra escrita. Freire (1981) já nos alertava que “a leitura do mundo precede a leitura da palavra”. Pensando nisso, vamos propor uma reflexão acerca daquele velho dito popular, que diz: uma imagem vale por mil palavras. Ou uma imagem vale por mil perguntas?

5d411f27-ac50-4b8c-bc01-7878772911aeÉ importante compreender a história para não repetir os erros, apreciar, refletir e interpretar os signos e mensagens contidas na imagem, ir além da estética. E como podemos fazer isso? É o que propõe a Alfabetização Visual! Conhecimento é poder, nos liberta dos opressores, as informações circulam no espaço com uma velocidade absurda, elas estão em toda parte e são constantemente ressignificadas e ganham, cada vez mais importância nas relações humanas. A imagem também faz parte desse universo, mas não pode estar apenas no lugar categórico de ilustração, precisa ser inserida no patamar dialógico de construção e transformação. E, para João, não existe lugar mais apropriado para isso do que a sala de aula, empoderando e estimulando os alunos a serem atores de sua própria realidade, possibilitando uma releitura midiática e imagética do mundo.

Galera, vale a pena conferir a exposição! Ela ficará aberta até o dia 31 de abril, na galeria ACBEU, no Corredor da Vitória!

Peterson Azevedo – Fotógrafo e Colaborador da Rede Anísio Teixeira

Keops Maciel – Editor e Colaborador da Rede Anísio Teixeira

One thought on “Alfabetização visual: que papo é esse?

  1. Pingback: Compartilhando Saberes, Olhares e Fazeres… | Professor Web

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s