Língua Brasileira de Sinais

PW-LIBRAS-2013

De acordo com a Lei n.º 10.436, sancionada pelo então presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, em 24 de abril de 2002, a Língua Brasileira de Sinais (Libras) é “a forma de comunicação e expressão, em que o sistema linguístico de natureza visual-motora, com estrutura gramatical própria, constituem [sic] um sistema linguístico de transmissão de ideias e fatos, oriundos de comunidades de pessoas surdas do Brasil”.

A Libras faz parte das iniciativas do Ministério da Educação (MEC), através da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi), para promover a inclusão social de pessoas com deficiência. Uma das ações dessa secretaria é o Prolibras, Programa Nacional para Certificação de Proficiência no Uso e Ensino da Língua Brasileira de Sinais-Libras e para a Certificação de Proficiência em Tradução e Interpretação da Libras/Língua Portuguesa. O Prolibras é realizado anualmente e, desde 2011, está sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES).

Em 2004, o MEC lançou três publicações voltadas para os (as) interessados (as) em saber um pouco mais sobre a Libras: Ensino de Língua Portuguesa para Surdos: caminhos para a prática pedagógica (volume 1), Ensino de Língua Portuguesa para Surdos: caminhos para a prática pedagógica (volume 2) e O Tradutor e Intérprete de Língua Brasileira de Sinais e Língua Portuguesa. Os livros fazem parte do Programa Nacional de Apoio à Educação dos Surdos, que tem entre seus objetivos apoiar e incentivar o desenvolvimento profissional de professores e professoras.

Algumas universidades brasileiras já oferecem o curso de graduação em Libras, como a Universidade do Estado do Pará (UEPA), a Universidade Federal do Amazonas (UFAM), a Universidade Federal de Alagoas (UFAL) e a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB). Em outras instituições de ensino superior da Bahia, a língua já faz parte do currículo dos cursos de Letras (Universidade Federal da Bahia e Universidade Estadual de Feira de Santana) e Pedagogia (Universidade Estadual de Feira de Santana). Além disso, a Fundação Pedro Calmon oferece cursos, através da Biblioteca Anísio Teixeira (BAT).

Até a próxima!

2 thoughts on “Língua Brasileira de Sinais

  1. Pingback: Mais qualidade na Educação Inclusiva: uma meta para os próximos anos | Professor Web

  2. Pingback: Educação Especial: para ler e praticar | Professor Web

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s