Sistema Internacional de Medidas

Olá Pessoal!
Escrever as unidades de medidas, segundo as normas internacionais estabelecidas é uma questão de cidadania e um dever do profissional. É muito comum encontrarmos em folders, cartazes, panfletos, revistas, jornais, etc. as unidades de medidas escritas em desacordo com esses padrões. Contudo, nada é tão desconcertante, quando isso acontece em instituições de ensino, embora ocorra também em outros órgãos públicos, em clínicas, em embalagens de produtos de todas as espécies, etc. Essa conduta pode levar à perda de credibilidade e, consequentemente, a perda de interesse pelo produto, se for o caso.

Hoje, falaremos dos equívocos cometidos em relação a escrita das unidades de medidas. Antes, porém, vamos a um breve histórico.

Em todo mundo, havia vários sistemas de unidades de medidas com diferentes unidades fundamentais, o que atrapalhava a compreensão, interpretação e o comércio entre países com sistemas diferentes. Por conta dessa divergência foi que, em 1960 a 11ª Conferência Geral de pesos e medidas (CGPM), da qual o Brasil é signatário desde 1959, criou o Sistema Internacional de Unidades (SI) com o objetivo de eliminar essa multiplicidade de padrões e unidades. Em 1971, na 14ª CGPM, foi realizado um acordo quanto a utilização de apenas uma unidade padrão para cada grandeza, onde também foram estabelecidos seus símbolos, unidades derivadas, unidades suplementares e prefixos. O CONMETRO – Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, em 12 de outubro de 1988, na Resolução nº 12, uniformizou as expressões quantitativas e metodológicas das grandezas. Eis, então o motivo pelo qual devemos escrever de acordo com o padrão adotado e assim sermos entendidos por qualquer cidadão do mundo.

É muito comum as pessoas escreverem ‘oito horas’ assim: 8hs ou 8Hs ou ainda 8H, ou suas variantes com essas simbologias, contudo, “os símbolos são invariáveis, não sendo admitido colocar, após o símbolo, seja ponto de abreviatura, seja “s” de plural, sejam sinais, letras ou índices” (CONMETRO 3.3.1a). O padrão é 8 h (ou 8 h 00), 1 h, 3 h, independente da quantidade unitária ou não, e, no caso das unidades simples (comprimento, massa, capacidade, área, volume) sempre com letra minúscula. Desejando – se escrever, por exemplo, 6 horas, 20 minutos e 30 segundos fica assim: 6 h 20 min 30 s. Escrever 6h20’30” está fora do padrão! Os símbolos (‘) e (“) de fato representam minuto e segundo, respectivamente, mas quando se trata de unidade de medida de ângulo (ou arco). Não se pode confundir com unidade de medida de tempo. Cada qual no seu quadrado!

Outra situação muito corriqueira ocorre nos restaurantes de comida a quilo (quilograma). É comum vermos o grama (g) representado por ‘gr.’ E as pessoas se referindo ao grama como ‘a grama’. O correto é falar ‘o grama’, substantivo masculino, unidade padrão de massa derivada do (SI) e não ‘a grama’ que se trata da relva que enfeita os jardins e cobre os campos de futebol oficiais, no Brasil. Pedir 200 gramas de alguma coisa é dizer “duzentos gramas dessa coisa” e não ‘duzentas’ que, aliás, é representado por 200 g e não 200 grs; 3 kg e não 3 KG (ou 3KGs). Se ligue!

Os símbolos das unidades:
i) Não têm plural – 2ms, 5hs. (Padrão: 2 m, 5 h).
ii) Não têm ponto final – 2m., 8t. (Padrão: 2 m, 8 t)
iii) Não são escritos com letras maiúsculas (casos simples) – 10Km, 12H. (padrão: 10 km, 12 h)
iv) Apresentam espaço entre o número e o símbolo – 2 m, 20 km. (Pedrão: 2 m, 20 km).

Veja, abaixo, a simbologia padrão das unidades de medidas mais comuns do nosso cotidiano:

Tempo: Unidade padrão: segundo (s); hora (h), minuto (min).
Massa: Unidade padrão: quilograma (kg); grama (g)
Capacidade: litro: l e mililitro: ml
Comprimento: Unidade padrão: metro (m), quilometro (km) e centímetro (cm), tonelada: t
Área (ou superfície): metro quadrado (m²), centímetro quadrado (cm²), quilometro quadrado (km²).
Volume: metro cúbico (m³), centímetro cúbico (cm³) e decímetro cúbico (dm³)

NOTA: A grafia adotada para quilômetro, centímetro, decímetro, embora aceita atualmente, será gradualmente extinta. Nessa publicação utilizamos a nova grafia pela regra do SI.

Outras unidades de medidas: Tensão elétrica (volt: v); Resistência elétrica (ohm: Ω); Forças (newton: N); Frequência (hertz: Hz), Potência (watt: W); Energia (joule: J); Intensidade ou Corrente elétrica (ampère: A).

Note que, o nome das unidades de medidas acima, foi escrito por extenso, com letra minúscula (volt, ohm, newton, hertz, etc.), a única exceção é o grau Celsius. Para escrevê-las no plural, basta acrescentar ‘s’ no final (volts, ohms, newtons, etc.), exceto se a unidade terminar com s, x ou z, como é o caso de hertz. Já os símbolos são escritos com letras maiúsculas, segundo o CONMETRO – Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial, na Resolução nº 12, de 12 de outubro de 1988.

Para saber mais, acesse os links abaixo:
http://ambiente.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/531
http://ambiente.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/2383

Espero que, agora, você adote os padrões estabelecidos para o sistema de unidades de medidas e ajude seu próximo a fazer o mesmo.
Um abraço e até a próxima oportunidade. Tchau!

Samuel Oliveira de Jesus
Professor de Matemática da Rede Pública estadual – Rede Anísio Teixeira – IAT

Revisado por: André Soledade, João Henrique e Vanildes S. S. Jesus.

REFERÊNCIAS
WIKIPIDIA. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/Grama. Acesso em 11/08/2014, às 9h46.
SULINFORMAÇÃO. Disponível em < http://www.sulinformacao.pt/2013/09/como-utilizar-corretamente-simbolos-e-nomes-de-unidades/>. Acesso em 11/08/2014, às 12h00.
PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA. Decreto – Lei nº 240 de 28 de fevereiro de 1967. Disponível em < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1965-1988/Del0240.htm>. Acesso em 11/08/2014, às 12h23.
NETO, Ernesto Rosa; DE MENDONÇA, Eliana Riscalla; SMITH, Maria Lúcia. Matemática Para o magistério. 6. ed. Editora Ática. São Paulo: 1995.
ELECTRÔNICA. Símbolos de Unidades Electricas SI. Disponível em http://www.electronica-pt.com/content/view/45/. Acesso em 14/08/2014, às 9h55.
EUROPA. Código de Redação Interinstitucional. Disponível em http://publications.europa.eu/code/pt/pt-5000300.htm>. Acesso em 14/08/2014, às 10h10.
CONMETRO – Conselho Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial. Resolução nº 12 de outubro de 1988. http://www.inmetro.gov.br/legislacao/resc/pdf/RESC000114.pdf. Acesso em 14/08/2014, às 10h25.
INMETRO – Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia. Sistema Internacional de Unidades SI. Disponível em < http://www.inmetro.gov.br/noticias/conteudo/sistema-internacional-unidades.pdf>. Acesso em: 18/08/2014, às 11h40.
BRASIL ESCOLA. Disponível em < http://www.brasilescola.com/fisica/sistema-internacional-unidades-si.htm>. Acesso em 15/08/2014, às 16h30.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s