Povos Indígenas do Nordeste se apropriam das tecnologias para afirmar cultura e brigar por direitos

Olá, galera!

Entre os dias 25 a 29 de março de 2014,  aconteceu o 1° Encontro dos Pontos de Cultura Indígenas do Nordeste, realizado pelo Programa Mensagens da Terra na sede do Pontão Esperança da Terra, em Olivença, Bahia. Indígenas de 08 comunidades do Nordeste – Pataxó de Barra Velha, Pataxó de Cumuruxatiba, Pataxó Hã Hã Hãe, Tupinambá (BA), Pankararu (PE), Xokó (SE), Kariri-Xocó, Karapotó-Plakiô (AL) – se reuniram para compartilhar conhecimentos, debater o funcionamento e as práticas de gestão e colaboração entre os Pontos de Cultura Indígenas que estão sendo implantados.

Foto: Joana Brandão

Foto: Joana Brandão

O Programa Mensagens da Terra, desenvolvido pela ONG Thydêwá,  com o apoio do Ministério da Cultura, visa capacitar 100 Agentes Indígenas de Cultura Viva no uso das tecnologias de informação e comunicação para atuarem a favor de suas comunidades e de seus direitos, por uma Cultura da Paz.  Os indígenas, que na sua maioria são estudantes e professores das Escolas Públicas da região, participarão de uma formação continuada, presencial e a distância, em gestão, comunicação, tecnologias digitais e produção multimídia com softwares livres, no decorrer de três anos do projeto.

Se apropriar das tecnologias para afirmar e fortalecer a cultura e como instrumento de luta na busca pelos direitos e pelo reconhecimento da terra. Imbuídos deste sentimento, por meio de uma metodologia aberta e participativa fundamentada nas Rodas de Conversas, foram abordados temas como o valor da cultura indígena, identidade, diversidade cultural, cidadania, sustentabilidade, apropriações tecnológicas, entre outros. Nas rodas, cada participante partilhou seu ponto de vista, sua experiência, seus sonhos, seu presente e seu futuro; a vivência, a fala e os rituais representam elementos fundamentais para a compreensão da cultura particular de cada comunidade.  O encontro contou também com a presença de visitantes representando o setor público e outras instituições culturais, que contribuirão para a criação de uma partilha pluricultural e multiétnica.

Foto: Joana Brandão

Foto: Joana Brandão

Este foi o primeiro dos 06 encontros presenciais que ocorrerão durante o Programa. Serão realizadas também oficinas em cada um dos Pontos de Cultura Indígenas e será criada uma Comunidade Virtual de Aprendizagem – um espaço onde os participantes poderão construir conhecimentos e trocar experiência através da partilha em rede na internet.

Confira a cobertura completa do evento em: http://www.thydewa.org/blog/.

Conheça mais sobre a cultura dos povos indígenas participantes e outros projetos desenvolvidos pelos Pontos de Cultura Indígenas com o apoio da Thydêwá:

Afinal de contas todos nós  também somos indígenas. Essa também é a NOSSA cultura.

Awêre, parentes !

Fonte:  Portal Thydewa

Anúncios

One thought on “Povos Indígenas do Nordeste se apropriam das tecnologias para afirmar cultura e brigar por direitos

  1. Pingback: O indígena está conectado! | Professor Web

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s