A Aids não acabou

Desde o primeiro caso de Aids identificado no Brasil, em 1980, até hoje, a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida, como também é conhecida a doença,  tem crescido de forma vertiginosa no país. De acordo com dados do Ministério da Saúde, até junho de 2012, o Brasil tinha 656.701 casos registrados. A Aids é uma doença que ataca o sistema imunológico e é causada pelo HIV, o vírus da imunodePWAidsficiência adquirida. Um indivíduo pode ser acometido pelo HIV através de relações sexuais desprotegidas, compartilhando agulhas e seringas contaminadas ou na chamada transmissão vertical (da mãe para o bebê durante a gravidez, na hora do parto e na amamentação).

O fato de o país ter uma política eficaz de tratamento da síndrome, com a distribuição gratuita de medicamentos antirretrovirais, que evitam o enfraquecimento do sistema imunológico e aumentam o tempo e a qualidade de vida de quem tem a Doença Sexualmente Tramsmissível (DST), faz com que algumas pessoas, ilusoriamente, achem que a Aids já tenha cura; mas isso não é verdade. Com o tratamento, o tempo de sobrevida das pessoas aumentou, principalmente quando se compara com os pacientes acometidos pela doença no início da epidemia no Brasil, na década de 80; mas a cura ainda é uma busca incessante da ciência.

No vídeo abaixo, do Canal Saúde, emissora de televisão pública sediada na Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro, você vai ter mais informações sobre o panorama da Aids no Brasil. No nosso estado, o Grupo de Apoio à Prevenção à Aids da Bahia- GAPA Bahia desenvolve trabalhos de proteção e promoção da saúde, bem como a promoção de direitos dos soropositivos (pessoas contaminadas pelo HIV). Até o nosso próximo encontro!

Anúncios

One thought on “A Aids não acabou

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s