O uso de imagem como referência em modelagem 3D

Olá, pessoal!

Uma das dificuldades mais comuns entre usuários iniciantes em modelagem tridimensional é manipular componentes levando em consideração a profundidade e, junto com ela, a perspectiva.

Como estamos habituados com a tela do nosso monitor, que nos fornece uma imagem em duas dimensões, criar  intimidade com a profundidade e desenvolver modelos em perspectiva torna-se uma conquista diária e resultado de muita disciplina. Porém, existem algumas técnicas que auxiliam o usuário nesse processo. O uso de imagens como referência é uma delas.

A técnica ajuda não somente a dominar o espaço 3D, como também numa modelagem fiel e mais realista. Ela consiste em utilizar imagens do objeto que será modelado observado de diferentes ângulos. Em geral, são utilizadas uma imagem de frente, uma de lado, e outra de topo. A depender do modelo, a vista de topo pode ser descartada.

Os programas de modelagem e animação em 3D, na sua maioria, disponibilizam esse recurso. O usuário pode trabalhar com até quatro janelas, com diferentes vistas cada uma. Entre elas, a vista frontal, lateral, superior e em perspectiva. Assim, ele tem total controle do que está acontecendo em sua cena.

É necessário que o usuário tenha essas imagens disponíveis em seu computador, para que o programa possa importá-las.

Verifiquem no vídeo abaixo como funciona essa técnica e seus fantásticos resultados.

É isso aí, turma!

Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s