Cine PW: Hannah Arendt

Salve, salve turma!

Sem dúvida Hanna Arendt é uma das figuras mais importantes da filosofia do século XX. Dentre os seus trabalho destaca-se o estudo do Totalitarismo e a defesa do “pluralismo” político, conceito que potencializaria a liberdade e igualdade política entre as pessoas. Com esse pensamento, Arendt se situava de forma crítica ante a democracia representativa e preferia um sistema de conselhos ou formas de democracia direta. (saiba mais)

Hannah Arendt (Barbara Sukowa) e seu marido Heinrich (Axel Milberg) são judeus alemães que chegaram aos Estados Unidos como refugiados de um campo de concentração nazista na França. Para ela a América dos anos 50 é um sonho, e se torna ainda mais interessante quando surge a oportunidade dela cobrir o julgamento do nazista Adolf Eichmann para a The New Yorker. Ela viaja até Israel, e na volta escreve todas as suas impressões e o que aconteceu, e a revista separa tudo em 5 artigos. Só que aí começa o verdadeiro drama de Hannah: Ela mostra nos artigos que nem todos que praticaram os crimes de guerra eram monstros, e relata também o envolvimento de alguns judeus que ajudaram na matança dos seus iguais. A sociedade se volta contra ela e a New Yorker, e as críticas são tão fortes que até mesmo seus amigos mais próximos se assustam. Hannah em nenhum momento pensa em voltar atrás, mantendo sempre a mesma posição, mesmo com todo mundo contra ela. (fonte)

Repente “Ditadura Militar: História/Memória/Resistência”

Olá, galera!

Você sabia que o golpe militar de 1964 derrubou o governo civil e instalou no Brasil a Ditadura Militar? Que o período mais repressivo da Ditadura ficou conhecido como Anos de Chumbo? Que o povo brasileiro, mesmo oprimido, torturado, lutou e fez resistência ao poder dos militares? Que houve censura aos meios de comunicação, à arte e à cultura? E que os militares, através de Atos Inconstitucionais, governaram o país praticamente por duas décadas?

Pois é! A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC-BA), através do projeto “Ditadura Militar direito à memória: 50 anos do golpe militar”, cria a possibilidade de conhecermos com detalhes um dos momentos mais marcantes de nossa história.  Abaixo, segue um repente que fala sobre a Ditadura. Reflita!

REPENTE – DITADURA MILITAR : História/Memória/Resistência

-Neste momento escrevo

Para a memória do povo refrescar

Quem viveu naquele época

Deve muito relembrar

O golpe de 1964 derrubou o governo civil

Instalou no Brasil a Ditadura Militar

-Afasta de todos esse “Cálice”

“Ação entre amigos”

Como “Cabra-cega” lutaram

Para a Democracia restaurar

Amor e paixão sob tortura

Na difícil luta contra a Ditadura, todos vieram se juntar

-Mas, não se engane meu irmão!

“Tempos de luta”, ”Gota d’ Água”

“Casa da Morte”, detenção

A população corajosa e resistente

Bradava insistente: Fora a Ditadura!

Abaixo a tortura ,fim à repressão!

-O povo brasileiro, forte e guerreiro

Não se deixou intimidar

Lutou bravamente por direitos

Para liberdade conquistar

E num “Batismo de Sangue”

A Ditadura veio derrubar.

(Ana Rita Medrado)

É isso aí, espero seu comentário! Até breve!

Saiba mais acessando: http://institucional.educacao.ba.gov.br/noticias/secretaria-lanca-projeto-ditadura-militar-direito-memoria-50-anos-do-golpe-militar-de-1964

Centro Juvenil abre inscrições para oficinas

O Centro Juvenil de Ciência e Cultura (CJCC) inicia hoje, (terça-feira, 23/07) e segue até o dia 02 de agosto, as inscrições para oficinas. Poderão fazer as inscrições os estudantes do ensino médio, matriculados na rede estadual de ensino.

Atelier Coletivo Vision – CJCC

O CJCC é uma iniciativa de educação integral da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, que visa ampliar o acesso da juventude baiana às temáticas contemporâneas na perspectiva de consolidar a sua capacidade de fazer nexos interdisciplinares, potencializando a compreensão de fatos, questões, invenções, avanços e conquistas científicas, sociais, culturais, artísticas e tecnológicas da humanidade.

Conheça as oficinas e faça a sua inscrição aqui!

FONTE:  http://estudantes.educacao.ba.gov.br/noticias/centro-juvenil-abre-inscricoes-para-oficinas

Universo do audiovisual

Olá, pessoal!

 Agora vamos abordar uma série de dicas sobre linguagem de vídeo no qual vamos aprender todas as etapas da construção, da concepção até o produto final, dando um enfoque maior no trabalho de pós-produção, onde trabalharemos com o Kdenlive, software de edição de vídeos com licença livre.

Todos os vídeos do Professor Web são feitos com o Kdenlive e é nele que você irá aprender a montar seus projetos. Iremos fazer um passo a passo de como manipular o programa, sempre tirando as dúvidas mais recorrentes.

Mergulhando no universo do audiovisual, percebemos que existem diversas esferas de conhecimento que vão dar existência a um vídeo. Roteiro, áudio, vídeo, edição, direção, são inúmeras funções que modelam a estrutura do projeto. A proposta é passear por essas vertentes, adquirindo um maior domínio sobre essas áreas, e assim fazer com que a sua ideia se torne realidade.

 Inicialmente devemos dar mais importância a um elemento fundamental: a criatividade. Um boa ideia sempre deve ser o maior combustível para um projeto. A partir disso, escrevemos um texto; que, posteriormente, será nosso roteiro, documento em que estará planejado todas as sequências do vídeo, que será sincronizado com a captura do áudio. Depois disso tudo, pegamos esse material e fazemos os devidos ajustes na ilha de edição, onde você montará o seu filme usando o Kdenlive.

 Parece complicado? Então, fiquem ligados nas dicas que vamos dar aqui no blog! Acompanhem o Professor Web e conheçam um pouco mais sobre o universo do audiovisual.

 

Até a próxima!

Copiar não é legal!

Oi, pessoal! Tudo bem?

 O ambiente virtual é um mundo cheio de possibilidades. Nele, podemos conhecer outros lugares e acessar informações com apenas um clique. A produção de conteúdo na Web é intensa e todo internauta pode ser autor: basta criar uma página, como um blog, e compartilhar suas ideias. Contudo, é preciso ter cuidado para não cair na armadilha do plágio; que, segundo a legislação brasileira, pode ser julgado como crime.

 O plágio consiste em usar uma obra intelectual, como texto, música, poema e desenho, sem fazer a devida referência ao criador; assumindo, dessa forma, a autoria. Toda produção do Professor Web é feita através de licenças livres. Contudo, ao utilizar as produções daqui, é importante que as pessoas façam a devida referência.

 As escolas públicas do estado da Bahia promovem, anualmente, o TAL(Tempos de Arte Literária), o AVE (Artes Visuais na Escola), o FACE (Festival Anual da Canção Estudantil) e o PROVE(Produções de Vídeos Estudantis). Esses projetos exigem que os estudantes criem obras artísticas e, por isso, eles devem ficar atentos para o aspecto do direito autoral. Em trabalhos escolares, quando tiver a necessidade de utilizar algum trecho de um texto, o aluno deve usar as aspas para indicar que aquele conteúdo não foi ideia dele e citar o autor original.

 Então, é isso aí, galerinha! Fiquem atentos e tenham cuidado ao citar as obras de outras pessoas!Mencionar o autor nas referências é papel de qualquer cidadão.

Linguagem binária: Que língua é essa?

Olá, galera!

Você sabe o que é linguagem binária?

Para que duas pessoas possam manter um diálogo é necessário que uma conheça a linguagem da outra. No entanto, se cada uma conhece uma linguagem diferente, ou como dizemos, cada uma fala uma língua diferente, é necessário que haja uma tradução do diálogo ou se tornará bem complicado estebelecer uma comunicação. Pois bem, os computadores entendem uma linguagem diferente da nossa e, portanto, necessitam de uma tradução para executar as tarefas que lhe são determinadas. A linguagem entendida pelos computadores (tablets, celulares e etc.) é denominada linguagem binária. Quer saber como funciona a linguagem em sistema binário? Confiram em: http://ambiente.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/2162, prepare a pipoca e assista ao vídeo “O hit dos bits”.

Captura de tela em 2013-07-22 17:59:07

A história é a seguinte: após gravar uma música, a cantora pergunta a seu produtor se ela pode levar o pen drive com o  arquivo  da gravação. A partir daí, seu produtor inicia uma aula sobre o armazenamento de informações no pen drive cuja explicação perpassa por representação binária.

Você quer aprender Matemática  e muitas outras disciplinas de modo diferente, fácil e prático? Acesse: http://ambiente.educacao.ba.gov.br e clique em ‘Conteúdos Digitais’ . Lá, você encontrará vídeos, áudios, experimentos, softwares e etc., do assunto que você escolher. Basta selecionar o tipo, nível e a disciplina (Componente curricular), clicar em ‘buscar’ e pronto! Escolha o objeto, clique nele e desfrute de mais esse serviço que a Secretaria da Educação, em parceria com a Rede Anísio Teixeira, coloca à sua disposição.

Um abraço e bom filme!

Fonte: http://ambiente.educacao.ba.gov.br

Secretaria lança projeto Ditadura Militar direito à memória: 50 anos do golpe militar de 1964

Levar ao espaço escolar a memória da resistência à ditadura militar (1964-1985) no Brasil, assegurando ao estudante do ensino médio o direito à memória e ao conhecimento deste período da história. Este é o objetivo do projeto Ditadura Militar Direito à Memória: 50 anos do golpe militar de 1964, que a Secretaria da Educação do Estado da Bahia lança, nesta segunda-feira (22/07), às 14h, no auditório da instituição (Centro Administrativo da Bahia).

O evento vai socializar, para o conjunto dos servidores da Secretaria, as diversas ações previstas no projeto, como palestras, projeção de filmes, mostra de vídeos produzidos pelos estudantes, bate-papo com ex-presos políticos, familiares de desaparecidos e autores baianos de livros sobre a temática. Todas as ações vão acontecer até abril de 2014.

Para subsidiar estudantes e docentes, o Portal da Educação já disponibiliza um conjunto de conteúdos, incluindo bibliografias especializadas, biblioteca virtual, artigos, banco de questões do Enem e de vestibulares estaduais e federais, filmes e documentários, músicas, vídeos pedagógicos e galeria de fotos do período da ditadura militar. Acesse aqui>>

“A história da resistência à ditadura é um tema pouco discutido em sala de aula. Pesquisas revelam que é significativo o número de estudantes, tanto da rede pública como da privada, que concluem o ensino médio sem ter conhecimento da história recente do Brasil, especialmente sobre a ditadura militar. A Secretaria da Educação do Estado decidiu construir um projeto na rede, visando chamar a atenção para a história desse período, caminhando junto com a Comissão Nacional da Verdade”, afirma a professora de história e assessora do gabinete da Secretaria da Educação, Tânia Miranda.

Durante o lançamento do projeto, o chefe de gabinete da Secretaria da Educação, Paulo Pontes, ex-preso político, fará um depoimento sobre o tema Ser preso: as reivindicações da época, a vida na prisão. A pedagoga e técnica da Secretaria da Educação, Suzana Martins, também fará um depoimento sobre Ser irmã de um preso político: formas de tratamento na rua, na escola e nos locais de prisão. No encerramento do evento, a antológica canção Pra não dizer que não falei das flores será interpretada coletivamente.

Mostra de vídeos – De acordo com Tânia Miranda, a ideia é que estudantes e professores sejam os protagonistas das ações que serão realizadas, incluindo a produção de vídeos em sala de aula e outros espaços, que serão exibidos na mostra agendada para os dias 2, 3 e 4 de abril de 2014. Estudantes e docentes podem apresentar vídeos de produções artístico-literárias, incluindo peças teatrais, textos, música, poesia, pintura, desenho, charges e cordel. Os critérios para seleção passam pela adequação linguística, conteúdo compatível ao tema proposto, correção gramatical, criatividade, estilo, estrutura textual, vocabulário e qualidade literária.

Outro registro em vídeo permitido refere-se à visitação em espaços públicos que foram utilizados como centro de prisão e de tortura. A outra modalidade de vídeo consiste na gravação de depoimentos e entrevistas com ex-presos políticos e familiares. Em ambas, serão avaliadas a qualidade artística, fílmica e visual da proposta, além da originalidade e pertinência da temática.

Fonte: http://institucional.educacao.ba.gov.br/noticias/secretaria-lanca-projeto-ditadura-militar-direito-memoria-50-anos-do-golpe-militar-de-1964

Escolas Estaduais da Bahia se preparam para II Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente

A preocupação com o desenvolvimento de políticas sustentáveis de convivência com o Planeta está na pauta das discussões de todas as sociedades. Buscando incluir as novas gerações neste debate, as escolas da Bahia, com turmas do Ensino Fundamental II (6º e 9º ano),realizam, até o dia 31 de agosto, as Conferências nas Escolas. Serão elaboradas propostas de intervenção na escola, a partir dos subtemas Terra, Fogo, Água e Ar com objetivos de torná-las escolas sustentáveis.

Nas conferências, estudantes e professores irão se reunir para dialogar sobre como transformar sua escola em um espaço sustentável. Essa etapa é o momento para o fortalecimento ou construção da Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (COM-VIDA), instrumento criado para socializar a educação ambiental dentro das escolas; para o desenvolvimento do projeto de ação, com a finalidade de promover a sustentabilidade socioambiental a partir da gestão, do currículo e do espaço físico da escola; criação de um produto de educomunicação para divulgar o projeto de ação; e, ainda, eleger os delegados e suplentes que participarão da II Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, entre os dias 16 e 18 de outubro.

De acordo com o coordenador de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria de Educação do Estado da Bahia, Fabio Barbosa, a conferência é um instrumento voltado para o fortalecimento da cidadania ambiental nas escolas e comunidades. “O objetivo é estimular o desenvolvimento de processos educativos permanentes e continuados, capazes de sensibilizar a comunidade escolar para a construção de uma sociedade de direitos, ambientalmente justa e sustentável”, disse.

usoracionalaguanasescolas

Escolas fazem uso racional de água nas escolas

 II Conferência – Com o tema “Vamos Cuidar da Bahia com Escolas Sustentáveis”, a II Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente será o espaço para a apresentação e discussão dos projetos de ação. Em plenário, os delegados presentes escolherão os quatro projetos mais relevantes, transformadores e possíveis de serem realizados para representarem o Estado na IV Conferência Nacional Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, entre os dias 25 e 29 de novembro, em Brasília.

Podem participar da II Conferência Estadual pelo Meio Ambiente, os estudantes do 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série) do ensino fundamental, de escolas públicas (estaduais e municipais) e privadas, localizadas em áreas urbanas e rurais, assim como escolas de comunidades indígenas, quilombolas e assentamentos. Todos os estabelecimentos escolares que se enquadrem no perfil podem acessar a página conferenciainfanto.mec.gov.br para ter acesso a todo material didático que dará subsidio à realização da conferência.

Segundo Fabio Barbosa, a mobilização para a conferência começou em julho de 2012, quando a Secretaria da da Educação do Estado realizou o II Encontro Estadual das Comissões de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (Com-Vida), e nesse contexto a expectativa de é que as escolas participem em grande número. “Esperamos uma ampla adesão das unidades escolares, dos municípios e das Diretorias Regionais de Educação para a participação de 395 delegados na etapa estadual”. Mais de 600 escolas da rede estadual já aderiram à Conferência.

Seleção dos delegados – A seleção do delegado (a) será conduzida de forma democrática. Os delegados e seus suplentes serão escolhidos pelos próprios estudantes, respeitando os seguintes critérios: estar matriculado em uma turma do 6º ao 9º ano (5ª a 8ª série) do ensino fundamental na escola que representará; ter entre 11 e 14 anos na data da Conferência Nacional; ter participado ativamente da elaboração do projeto de ação; ter participado, de maneira significativa, no fortalecimento ou na construção da Comissãos de Meio Ambiente e Qualidade de Vida (Com-Vida).

Outras informações sobre a Conferência poderão ser obtidas no site da Conferência Nacional (conferenciainfanto.mec.gov.br) ou na Coordenação de Educação Ambiental e Saúde da Secretaria Estadual da Educação, contatos: (71) 3115-8951 ou 3115-8952.

Fonte: http://escolas.educacao.ba.gov.br/noticias/escolas-estaduais-da-bahia-se-preparam-para-ii-conferencia-estadual-infantojuvenil-pelo-mei

Setre oferece 3,5 mil vagas gratuitas para cursos de qualificação do Programa Trilha

São 37 cursos em 25 municípios, destinados a beneficiários do programa Bolsa Família que tenham entre 16 e 29 anos

A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) abriu nesta quarta-feira (17), as inscrições para 3,5 mil vagas em cursos gratuitos de qualificação. São 37 cursos do Programa Trilha 2013, em 25 municípios, destinados a beneficiários do programa Bolsa Família que tenham entre 16 e 29 anos. Do total de oportunidades, para a Região Metropolitana de Salvador são 1.590 para a capital, 100 para Lauro de Freitas, 100 para Camaçari, 100 para Itaparica e 50 para Mata de São João.

Os cursos terão carga horária de 400 horas/aula, sendo 100 de Qualificação Social, 250 de Qualificação Profissional, e mais 50 para orientação e elaboração do Trabalho Final de Curso (TFC). As aulas começam em agosto e têm duração de cinco meses. As inscrições podem ser feitas até o dia 31 de julho, nas unidades do SineBahia presentes nos municípios. É necessário preencher a ficha no local, apresentando cópia do RG, CPF, Cartão do Bolsa Família (do inscrito ou do responsável), e os comprovantes de escolaridade e residência. Vale ressaltar que não haverá curso noturno e que as convocações dos jovens selecionados serão feitas por telefone.

Os cursos ofertados são: Agentes de Cultura, Atendente de Farmácia (noções de espanhol), Atendente de Lanchonete (noções de espanhol), Cabeleireiro (a), manicure e maquiagem, Caldeireiro, Camareiro (a) (com noções de espanhol ou inglês), Capotaria Náutica, Comunicação Visual, Confeccionista (modista), Copeiro (a)/Organizados de cozinha (com noções de espanhol), Curso de Webdesign,Facilitador de Atividades Esportivas e de Lazer, Gastronomia, Governanta em Meios de Hospedagem (com noções de espanhol ou inglês), Instalador e Reparador de Redes de Computadores, Introdução à Fotografia, Introdução à Produção Cultural, Introdução ao Vídeo, Mecânica Náutica, Mobilização de Redes Sociais, Montador e Reparador de Computadores, Operador de Caixa (com noções de espanhol). Operador de Telemarkting (com noções de espanhol ou inglês), Pintura Náutica, Recepcionista de Hotel (com noções de espanhol ou inglês), Soldador de Tubulação, Técnico de Vendas – setor: automotivo (com noções de espanhol ou inglês),Técnico de Vendas – setor: vestuário e calçados (com noções de espanhol).

Fonte: http://www.portaldotrabalho.ba.gov.br/noticias/setre-oferece-3-5-mil-vagas-gratuitas-para-cursos-de-qualificacao-do-programa-trilha

Espaço Aberto – A rede social da educação

Olá, educadores(as)!

Atualmente, é impossível ignorar a grande influência que as mídias digitais exercem em nosso cotidiano, bem como o auxílio que elas trazem em diversos aspectos, viabilizando ações que antes demandavam maior tempo ou limitavam a comunicação e interação com o mundo.

 O que antes era visto como um obstáculo, pois alguns resistiam à ideia de que fosse possível utilizar a internet e seus múltiplos recursos tecnológicos para fins educacionais, hoje a realidade mostra o potencial da rede e que quando suas ferramentas são aplicadas e agregadas ao uso pedagógico trazem avanços significativos.

 Com o objetivo de fortalecer ainda mais a apropriação e construção de novos saberes nos meios interativos, sugerimos, para @s professor@s da Rede Estadual de Educação da Bahia, que conheçam o Espaço Aberto, a rede social da educação. Este ambiente está integrado ao AEW, que pode ser acessado por qualquer visitante e disponibiliza sugestões de conteúdos e softwares livres para uso educacional.

O Espaço Aberto é uma Rede Social Educacional que tem como objetivo potencializar a construção e a troca de conhecimentos, estimulando a socialização e a colaboração no ambiente escolar.”

Dia 16/07/13 ocorre o lançamento desta Rede durante o Seminário de Educação e Tecnologias. – Assista pela internet.

Clique aqui e confira essa novidade!

espacoaberto

Para se cadastrar, basta clicar aqui.

Ao atentarmos para a importância do convívio escolar na formação social, concluímos que este é o espaço ideal para que, desde o despertar da curiosidade às experimentações, conduza à construção e fortalecimento da consciência crítica em cada envolvido nesta relação.

 Abraços!

 Fonte: ambiente.educacao.ba.gov.br