Cine PW: Machado de Assis

Salve, salve turma!

O Cine PW hoje é para quem gosta de um bom filme e não dispensa uma boa leitura. Indicamos duas obras baseadas nos clássicos magistrais do grande Machado de Assis, Memorias póstumas de Brás Cubas e Dom Casmurro.

Memorias póstumas de Brás Cubas

Memórias Póstumas de Brás Cubas retrata a escravidão, as classes sociais, o cientificismo e o positivismo da época. Críticos escrevem que, com esse romance, Machado de Assis precedeu elementos do Modernismo e do realismo mágico, alguns autores chamam-na “primeira narrativa fantástica do Brasil”.

Brás Cubas, um “defunto-autor”, isto é, um homem que já morreu e que deseja escrever a sua autobiografia. Nascido numa típica família da elite carioca do século XIX, o morto, do seu túmulo, escreve suas memórias póstumas começando com uma “Dedicatória”: “Ao verme que primeiro roeu as frias carnes do meu cadáver dedico com saudosa lembrança estas memórias póstumas”. Seguido da dedicatória, no capítulo seguinte, “Ao Leitor”, o próprio narrador explica o estilo de seu livro, enquanto o próximo, “Óbito do Autor”, começa realmente com a narrativa, explicando seus funerais e em seguida a causa mortis, uma pneumonia contraída enquanto inventava o “emplastro Brás Cubas”, panaceia medicamentosa que foi sua última obsessão e que lhe “garantiria a glória entre os homens”. (Fonte: Wikipédia)

Capitu

A minissérie Capitu é baseada no Livro Dom Casmurro, no qual narra-se a história de Bento de Albuquerque Santiago, advogado solitário e bem estabelecido que, após ter reproduzido tal qual, no Engenho Novo, a casa em que foi criado “na antiga R. de Matacavalos” (hoje Riachuelo), pretende “atar as duas pontas da vida e resgatar na velhice a adolescência”, ou seja, contar na meia idade seus momentos de moço. No primeiro capítulo, o autor justifica o título: é uma homenagem a um “poeta do trem” que certa vez o importunou com seus versos e que lhe chamou de “Dom Casmurro” por ter, segundo Bento, “fechado os olhos três ou quatro vezes”, bem como também seus amigos próximos, popularizaram a alcunha. (Fonte: Wikipédia)

Anúncios

One thought on “Cine PW: Machado de Assis

  1. Pingback: CINE PW: Quanto vale, ou é por quilo? | Professor Web

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s