Tecnologias Educacionais para a Diversidade – “Índio Educa”

Fala, turma esperta!

Sabemos que o Brasil teve em sua origem e formação a contribuição de povos das mais diversas origens, não é mesmo?! Exemplos vivos disso são a nossa variadíssima e deliciosa culinária, as nossas festas populares – explosões multicoloridas de beleza, ritmo e originalidade – e o nosso idioma, recheado de termos e expressões emprestadas de outras línguas, dando forma ao chamado “português do Brasil”.

Uma dessas populações é a dos(as) nativos(as) brasileiros(as) ou “índios(as)” – termo reconhecidamente derivado de um engano identitário, fruto do primeiro contato dos colonizadores europeus com o que acreditavam ser os(as) habitantes das Índias, onde supunham ter aportado quando aqui chegaram nos idos de 1500 em busca de um atalho pelos mares até a terra das especiarias, cruzando o Atlântico.

As estimativas históricas e arqueológicas sobre o período pré-cabralino mais aceitas apontam para a existência de cerca de 5 milhões de pessoas distribuídas em aproximadamente 2 mil grupos étnico-linguísticos, como o Tupi, o Jê, o Cariri e o Aruaque e constituídos em organizações societárias relativamente complexas, com valores, práticas e imaginários próprios. Outras pesquisas indicam mesmo a possibilidade deste número ser bem maior, beirando os 20 milhões de pessoas vivendo em “Pindorama” – “terra das palmeiras”, em tupi-guarani – nome pelo qual, acredita-se, muitos(as) nativos(as) chamavam o que viria a ser o Brasil.

Diante da importância do reconhecimento dos povos nativos para a construção da cultura do nosso país e tendo em vista o cumprimento da Lei Nº 11.645,  de 10 de março de 2008, que “inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática ‘História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena’”, indicamos hoje uma ótima fonte para as pesquisas escolares e mesmo para o enriquecimento pedagógico dos(as) educadores(as): o site Índio Educa, que “nasceu em setembro de 2011 com o compromisso de levar até você a verdadeira história e cultura dos povos indígenas através das mais variadas formas, especialmente via internet.”

O Índio Educa traz reflexões importantes dos próprios indígenas sobre temas das suas culturas e sociedades, desde antes da invasão européia, no século XVI, até a atualidade, e isso tudo em plataformas multimídias – textos, fotos, arquivos de áudio e vídeo – numa interface agradável e fácil de usar. E o que é melhor: tudo disponibilizado sob licença creative commons, o que facilita a utilização e o compartilhamento dos seus conteúdos.

Ficaram curiosos(as)? É só clicar aqui ou aqui para acessar o Índio Educa e conferir um pouco mais da história dos(as) habitantes originais destas terras, parte de nossa própria caminhada civilizatória!

Ótimos estudos!

Fonte: http://www.indioeduca.org/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s