Cosme de Farias – Memórias da educação

Fala, pessoal!

Hoje queremos falar sobre “memórias da educação” através da emblemática figura de Cosme de Farias.

Como jornalista, educador, advogado ou político, mantinha-se fiel ao seu ideal de assistir aos(às) menos favorecidos(as), de iletrados(as) a perseguidos(as) da justiça.

Nascido no subúrbio de salvador em 1875, ele se destacou à frente de projetos tão importantes para a Bahia, apesar de ter apenas o curso primário, num país em transição de império para república e de abolição recente da escravatura. Seu interesse pela educação, nesse contexto, era visível, pois via na escola o caminho para a libertação daquilo que considerava uma segunda escravidão – o analfabetismo. Aos 14 anos, deu início à Campanha do ABC e, em 1915, criou, junto com amigos, a Liga Baiana contra o Analfabetismo. Ficou conhecido como “Advogado dos pobres” por conta da defesa dos(as) que não tinham condições de pagar um profissional da área jurídica. Mesmo sem diploma de Bacharel exercia a profissão como advogado provisionado, por meio de autorização especial da Justiça. Assim, defendeu gratuitamente mais de 30 mil clientes. Entre seus muitos casos bem sucedidos, está o de ter conseguido o habeas-corpus em favor da cangaceira Dadá, a viúva do cangaceiro Corisco, em 1942. Na política iniciou-se em 1910.

Ao longo de sua vida, fundou e ajudou a manter cerca de 200 escolas de alfabetização de jovens e adultos, espalhadas pela capital e interior. Entre os materiais distribuídos gratuitamente, estavam as cartilhas elaboradas por ele mesmo. Antes de morrer, Cosme de Farias deixou um texto em que rogava aos confrades da Liga Baiana contra o Analfabetismo, que não deixassem a instituição desaparecer, porque seria uma tristeza para a Bahia.

Hoje, Cosme de Farias consta entre os nomes dos(as) que dedicaram grande parte de seus esforços pela Educação no Brasil. Seu legado e história de vida constituem patrimônio que deve ser sempre trazido à memória, para o bem da Educação, fonte que é de inspiração para atuais e futuros(as) educadores(as), jornalistas, advogados(as) e políticos(as).

Confiram o episodio especial do programa da TV Anísio Teixeira “Máquina de Democracia”, sobre este importante educador baiano – Clique aqui!

Máquina de democracia, é um programa de jornalismo especializado em Educação para a Rede Pública de Ensino da Bahia. A série tem a missão de fomentar a discussão e a reflexão, ampliando o conteúdo curricular, além de socializar experiências educacionais exitosas.”

Professor Geraldo Seara

Rede Anísio Teixeira

Fonte/imagem: http://ambiente.educacao.ba.gov.br/conteudos-digitais/conteudo/exibir/id/1547

Anúncios

One thought on “Cosme de Farias – Memórias da educação

  1. Pingback: Início do ano letivo 2013 – Mensagem do Professor Web | Professor Web

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s