Seminário e treinamento abordam sexualidade, gênero e direitos humanos

Difundir conhecimentos científicos sobre a sexualidade na perspectiva dos direitos humanos, buscando contribuir para a diminuição das desigualdades de gênero e raça e também para o fortalecimento da luta contra a discriminação das minorias sexuais no estado da Bahia.

Esse é o objetivo do programa multi-institucional, multidisciplinar de treinamento em metodologia de pesquisa em sexualidades, gênero e direitos humanos da UNEB, que vai abordar a temática em seminário e treinamento que serão realizados concomitantemente entres os dias 29 de maio e 4 de junho.

As atividades serão sediadas nos auditórios do Ministério Público (MP), na capital, e da Câmara Municipal de Vereadores de Salvador.

As ações são voltadas para profissionais de educação, pesquisadores, promotores de Justiça, estudantes, advogados, integrantes de movimentos sociais, instituições públicas e privadas do Brasil.

Para os interessados no treinamento (20 vagas), as inscrições estão abertas, gratuitamente, até o dia 20 de maio, pelo e-mail mulheresmasculinizadas@gmail.com.

Já as inscrições para o seminário (200 vagas) seguem abertas até o primeiro dia do evento, pelo e-mail grupoenlaceuneb@gmail.com.

Programação

A programação reúne seis mesas-redondas, com pesquisadores de vários estados brasileiros, que enlaçam os estudos sobre sexualidades, com debates sobre gênero e direitos humanos, o corpo, religiosidade, musicalidades e relações interraciais, estado, nação, branquitude e africanidades.

A abertura das atividades acadêmicas acontece às 10h, com a participação das docentes Estela Aquino, da Universidade Federal da Bahia (ufba), e Maria Luiza Heilborn, professora da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) e coordenadora do Centro Latino-Americano em Sexualidade e Direitos Humanos (Clam).

Entre os convidados do evento de outros estados, estão ainda as professoras Laura Moutinho, Eliane Maio, Nádia Nogueira, Rosa Oliveira, Irina Bacci e Joselina Silva.

Segundo a professora Suely Messeder, coordenadora do programa, a sexualidade não se restringe ao movimento de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT), mas e sim a todos os segmentos da sociedade.

“Nesse sentido, todos devem se sentir envolvidos na temática sem as famosas dicotomias, que colocam de um lado a heterossexualidade e do outro a homossexualidade”, frisa Suely, que ocupa o cargo de primeira secretária da Associação Brasileira de Estudos de Homocultura (Abeh).

As atividades contam com o apoio das pró-reitorias de Pós-Graduação (PPG) e de Extensão (Proex) da universidade, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), da Secretaria da Justiça Cidadania e Direitos Humanos (SJCDH) e do MP.

O programa, que promove ainda pesquisas sobre temas como masculinidade em corpos femininos e suas vivências, é vinculado ao Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) do Campus XIX (Camaçari) da UNEB, sob coordenação do grupo de pesquisa Enlace e participação do Doutorado Multi-Institucional, Multidisciplinar em Difusão do Conhecimento e do Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural (Pós-Crítica) do Campus II (Alagoinhas).

Informações: PPG/Campus I – tel. (71) 3117-2319.

Fonte:http://www.uneb.br/2012/04/27/seminario-e-treinamento-abordam-sexualidade-genero-e-direitos-humanos/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s