Agradecimento pelos acessos – Aniversário de Salvador

Olá, pessoal!

Tudo bem?

A equipe do Professor Web está aqui para agradecer a cada um de vocês pela repercussão da ação comemorativa pelo aniversário 463 de Salvador e que  obtivemos recorde de acessos.

Se vocês pesquisarem hoje no Google Aniversario de Salvador, irão notar que o Blog do Professor Web está em primeiro lugar em acesso na web. Isso significa que ele foi o mais visto durante todo o dia de ontem, a ponto de chegar a essa colocação, não é mesmo?! Puxa que alegria!!!!

Mais uma vez agradecemos a todos aqueles que incentivam e apoiam o  nosso trabalho, que pouco a pouco está chegando onde desejamos: literalmente na “boca e coração do povo”!!!!

Valeu, galera!

Abraços do Professor Web e  equipe!

Circulou!!! Post do Professor Web é destaque na internet

O blog do Professor Web, personagem criado pela Secretaria Estadual da Educação para possibilitar uma comunicação mais direta e participativa entre alunos e professores da Rede Pública Estadual de Ensino nas redes sociais, alcançou o primeiro lugar nos acessos referentes ao aniversário de Salvador – 463 anos, na internet.

Com uma imagem em que aparece o Elevador Lacerda ao fundo, o PW, como é carinhosamente tratado pelos estudantes, homenageia a cidade contando um pouco da sua história. A identificação com o post foi imediata e a aceitação do público também. O objetivo do blog é falar diretamente com o estudante e por isso a equipe multidisciplinar do Professor Web está sempre mobilizada para, além das publicações normais, desenvolver, também, posts temáticos relacionados a datas comemorativas.
Com essa ação, o PW reforça ainda mais o seu amor pela Bahia. Em seu blog, há sempre um espaço especial de destaque para as comemorações locais, como, por exemplo, o Carnaval, o Dois de Julho, a Lavagem do Bonfim, o São João e o Dia da Consciência Negra.
Conheça e participe do blog do Professor Web

Encerramento do Mês da Mulher

Olá, galera!

Publicamos durante todo mês de março, matérias especiais referente ao “Mês da Mulheraqui no blog.

Abordamos questões como a violência doméstica, Lei Maria da Penha, inserção feminina no mercado de trabalho, entre outros. Os temas e discussões levantados não podem se restringir apenas a uma vez por ano, é mais que necessário a continuidade dessa temática nas escolas, nos lares, nos veículos de comunicação enfim, deve ser discutida por toda sociedade.

É nosso desejo que as mentes estejam cada dia mais abertas aos debates e que estes gerem novas perspectivas acerca do papel da mulher enquanto sujeito atuante da sociedade.

E para encerrarmos em grande estilo a nossa ação comemorativa, dedicamos essa poesia a todas que do seu jeito fazem a diferença.

Espero vocês nos próximos encontros!

Aniversário de Salvador – 463 anos de História

Olá, pessoal!

Em 1509 Diogo Álvares, após sobreviver a um naufrágio atracou numa faixa de terra onde hoje é o alto da Graça. Ali ele teve os primeiros contatos com os nativos, entre eles a índia Paraguaçu, a qual tempos mais tarde viria a ser sua esposa.

A chegada de Diogo Álvares é tida como a primeira presença europeia nas terras de Salvador da Bahia de Todos os Santos.

Passados quase 50 anos da chegada de Caramuru, em 1548 o rei de Portugal D. João III ordenou que fosse erguida a cidade de São Salvador como sede da administração portuguesa com intuito de desenvolver através dela mudanças na estrutura política que acelerasse o crescimento econômico da colônia.

E, em 29 de março 1549 Thomé de Souza – Primeiro Governador Geral do Brasil, desembarcou acompanhado de cerca de mil homens responsáveis pela construção da cidade, entre eles os jesuítas, com a tarefa de catequizar os índios. Nascia ali a primeira capital do Brasil, criada de forma estratégica para ser uma fortaleza onde se pudesse ter ampla visão da Bahia de Todos os Santos e assim se proteger de possíveis invasões.

De lá para cá, muitas mudanças ocorreram, a população se multiplicou e com a vinda dos africanos fez de Salvador a maior população negra fora do continente africano. As estruturas físicas, políticas e sociais da cidade passaram por profundas transformações, tendo momentos históricos como as invasões holandesas, revoltas como a dos Alfaiates e dos Malês, momentos políticos marcantes que, juntos a outros eventos ocorridos aqui e, que contam muito da História do Brasil.

Salvador, sempre chamou atenção tanto por suas belezas naturais como pelas magníficas construções arquitetônicas que lhe rendeu o título de cidade histórica, tombada pelo patrimônio cultural da humanidade.

O Pelourinho, o Elevador Lacerda, o Mercado Modelo, o Forte de São Marcelo, a Igreja do Bonfim, os Faróis de Itapuã e da Barra, são só alguns exemplos da diversidade cultural da nossa capital.

Por isso, convidamos vocês para que conheçam um pouco mais da história dessa cidade tão importante em todos os aspectos, para cada um de nós brasileiros, sobretudo os baianos. Clique aqui

Parabéns a todos os soteropolitanos.

Valeu galera, até mais!

Mulher no Mercado de Trabalho

Durante muito tempo em diversos seguimentos da sociedade, se manteve a ideia de que o lugar da mulher era envolvida com os afazeres domésticos incluindo o cuidado com os filhos, enquanto ao homem caberia o papel de provedor da família. Deveria ser ele o responsável pela sobrevivência do seu núcleo.

Entretanto, sabemos que a presença feminina esteve historicamente presente nas mais variadas atividades. Na área rural, por exemplo, sua participação sempre foi destacada, fosse acompanhando seus parceiros ou mesmo sozinhas, o certo é que lá estavam elas contribuindo com o orçamento familiar.

Depois do processo de industrialização sua participação tornou-se mais efetiva, como em alguns setores dos centros urbanos, onde elas se mantiveram ativas, sobretudo nas fábricas quebrando o paradigma num espaço tradicionalmente ocupado por homens.

Diante da nova realidade, foram sendo criadas leis trabalhistas em favor das mulheres que desde então, vêm se consolidando cada vez mais no mercado de trabalho e o seu papel na sociedade passou a ser visto com mais respeito e maior aceitação, tanto no campo normativo, quanto na sua aceitação social.

Atualmente as mulheres assumem posições em pé de igualdade com os homens, porém em muitos casos não há equiparação salarial, fato que se contrapõe aos anos de lutas por melhores condições trabalhistas e respeito profissional.

Sabemos que apesar das conquistas, ainda há um longo caminho a ser trilhado rumo a consolidação dos direitos. Para tanto é fundamental participação de cada um de nós independente de gênero.

Mas é preciso ter força
É preciso ter raça
É preciso ter gana sempre”

(Maria, Maria – Milton Nascimento)

Dúvidas e sugestões – Dê a ideia!

Olá, leitor(a)!

A sua participação aqui no blog é muito importante para nós, pois essa interação possibilita o nosso crescimento e maior apropriação do conhecimento. Visando facilitar cada dia mais a nossa comunicação, dispomos de uma página para que você possa sugerir, opinar, divulgar um evento cultural de sua escola, tirar dúvidas, criticar, enfim, para que você Dê a ideia!”.

Em todas as postagens que publicamos, no final do texto você pode comentar a publicação, pois esse espaço é aberto para discutir ou tirar dúvidas referentes ao assunto abordado.

Na última semana, a leitora Carla, nos deixou um questionamento muito interessante, que foi respondido por nosso colaborador professor Rodnei Souza.

Confira!

Pergunta O sol é um satélite que funciona com pequenas explosões e rajadas de fogo no espaço. Essas explosões ultimamente estão sendo observados por cientistas que existem um aumento no centro da terra podendo trazer prejuízos ao globo terrestre. Explique quais os casos dessas explosões e as consequências que podem ocorrer aqui na terra, a nível de eletricidade ?

RespostaO sol é uma estrela que é aquecida por processos de fusão e fissão nuclear. As explosões, na verdade, são projeções de massa coronal que chegam a atingir milhares de quilômetros de altura. Essas explosões lançam também uma nuvem de partículas carregadas que formam uma tempestade de radiação.

As explosões solares são comuns e ocorrem o tempo todo no sol. As partículas carregadas chegam ao planeta Terra, porém, não causam dano devido ao campo magnético que protege todo o planeta. Entretanto, quando as explosões são muito grandes, a quantidade de partículas que chega a Terra é muito grande. O campo magnético não é forte o suficiente para impedir que todas as partículas cheguem ao planeta e podem ocorrer danos a sistemas eletrônicos, como os equipamentos que controlam a geração de energia e telecomunicações. Além disso, os satélites de comunicações que estão fora do campo magnético da Terra podem ser inutilizados pela radiação das partículas. Nesses casos, as consequências para a economia podem ser catastróficas.

A maior explosão solar já registrada foi em 1859. Grandes explosões acontecem aproximadamente de 11 em 11 anos, e desde 2011, a NASA tem registrado o aumento das explosões. Você pode assistir alguns desses registros se procurar pela expressão “explosões solares” no Youtube.

Então, excelente tema para ser abordado na sala de aula, não é mesmo?

Converse com seus colegas e professores, tentem fazer um debate a cerca desse assunto!

Abraços e conte conosco!

Colaborou: Rodnei Souza – Professor

Pastinha – O menino que virou Mestre de Capoeira

No dia 1º de abril, a partir das 10h, o setor infantil recebe os autores do livro Pastinha – O menino que virou mestre de capoeira, José de Jesus Barreto (escritor) e Cau Gómez (ilustrador), que vão fazer uma sessão especial de autógrafos. O livro narra à história do maior mestre de capoeira Angola da Bahia e apresenta detalhes da vida desse garotinho mulatinho, esperto e miúdo nascido no Pelourinho.

 

Onde: Biblioteca Infantil Monteiro Lobato – Praça Almeida Couto, s/nº – Nazaré

Quando: 1 de abril, às 10 horas

 

 

Fonte:http://www.fpc.ba.gov.br/node/1815

História da Internet

Olá Pessoal, tudo Bem?

Hoje a Internet é um recurso primordial na comunicação, tudo que envolve tecnologia e comunicação a Internet estar presente. Fica até difícil imaginar o nosso cotidiano sem a essa rede comunicações.

A Internet é mundo em constante criação. Podemos de nossa casa visitar museus na Europa, passear pela Muralha da China, conversar com os que estão do outro lado do mundo, acompanhar em tempo real protesto em diversos países (como a primavera árabe).

No entanto vocês já se perguntaram como foi que tudo isso começou? ou Quem criou a Internet?

Confiram o vídeo e conheçam um pouco dessa História.

Força e delicadeza – Presença Feminina

Olá, pessoal! Tudo bem?

Sabemos que a atuação feminina na sociedade em seus diversos setores é indispensável não apenas para o progresso econômico da nação, mais por uma questão de ordem social, não é mesmo?

Mas vocês sabiam que há algumas décadas não era bem assim?

As mulheres não tinham oportunidades e nem eram valorizadas no mercado de trabalho, não tinham voz ativa na sociedade, que de forma machista e desigual, as excluía dos processos mais importantes para a consolidação dos direitos do cidadão, um exemplo lamentável disso, é o fato de não poderem expressar suas preferências politicas. Isso mesmo! As mulheres eram impedidas de participar das eleições como candidatas ou eleitoras.

Ao pensarmos no futuro, não podemos de maneira alguma, nos esquecer ou negligenciar o passado. Nesse sentido, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) criou um infográfico que apresenta dados estatísticos sobre a participação das mulheres no mercado de trabalho, educação, religiosidade, população brasileira, entre outros temas interessantes. O material também dispõe entrevistas e biografia de mulheres que com força e delicadeza conseguiram mudar os rumos da história e a vida de todos nós.

Infográfico IBGE – Clique aqui!

É certo que, ainda há muito para ser conquistado pelas mulheres. Porém elas não devem estar sozinhas nessa luta. Independente de gênero, unir nossas forças é imprescindível para a construção de uma sociedade onde de fato sejamos livres e iguais em dignidade e direitos.

Abraços, turma!


Estudantes baianos ganham prêmio nacional

Os estudantes baianos da rede pública de ensino, Mirela de Jesus Andrade e Lucas Borges de Santana, foram premiados na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – FEBRACE, edição 2012, que ocorreu em março no campus da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – USP, na capital paulista.

Criatividade e reflexão – A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia é um movimento nacional de estímulo ao jovem cientista, que todo ano realiza na USP uma grande mostra de projetos. Ela assume um importante papel social de incentivadora da criatividade e da reflexão em estudantes da educação básica, através do desenvolvimento de projetos com fundamento científico nas diferentes áreas das ciências e engenharia.

O projeto desenvolvido por Lucas Borges, 16 anos, e orientado pela professora Cláudia de Souza Santana, do Colégio Estadual Nossa Senhora de Fátima, localizado no município baiano de Fátima, foi um dos premiados na categoria Estudar Ciência. Lucas criou um sistema de segurança para fogões contra acidentes domésticos com o objetivo de eliminar o índice de mortalidade envolvendo acidentes com panelas. “Foi através da feira de ciências que percebi que nas escolas públicas também existem pessoas capazes. Porque ciência não é feita somente em universidades e empresas, ela também acontece na escola. E com o projeto constatei que também sou capaz, assim como todos os outros participantes”, explica Lucas.

O outro trabalho premiado, na categoria Most Outstanding Exhibit in Material Science, foi o desenvolvido pela estudante Mirela de Jesus Andrade, aluna do Colégio Estadual José Lourenço de Carvalho, situado na cidade baiana de Jeremoabo. O projeto, intitulado Geografia da Fome e orientado pelo professor Jailson Sangnetti, identifica os problemas que contribuem para a manutenção de pessoas abaixo da linha de pobreza, e tem o intuito de alertar a sociedade sobre os males que esses fatores vêm causando ao desenvolvimento educacional. “O diferencial que a feira nos trouxe foi o de sensibilizar a comunidade através do nosso projeto. Enquanto estávamos somente na escola, nem os próprios alunos acreditavam que fôssemos ter tanto destaque, mas apostamos no nosso trabalho e hoje estamos aqui”, conta Mirela.

Fomento à pesquisa – Segundo Rogério de Jesus, coordenador da I Feira de Ciências da Bahia, o evento representou o início de um projeto que visa estabelecer a pesquisa como instrumento norteador para a transformação curricular, na Educação Básica, e o fomento à iniciação científica. “Toda implementação de uma nova proposta é cercada de incertezas e desafios e não foi diferente com a primeira edição desse projeto. No entanto, a premiação de dois trabalhos em uma das maiores feiras de ciências do país é o indicador de que estamos no caminho certo e precisamos do esforço conjunto para a consolidação dessa proposta”, pontua Rogério.

O coordenador antecipa que esse ano, para a II Feira de Ciências da Bahia, o número de projetos será maior. “Esperamos continuar encaminhando nossos jovens às diversas feiras que ocorrem por todo o Brasil, possibilitando o intercâmbio e a troca de experiência dos estudantes e professores baianos com profissionais de outros estados”, conclui.

Desde 2003, a FEBRACE tem descoberto novos talentos e gerado oportunidades para os estudantes e professores. Na edição de 2012, foram submetidos 1505 trabalhos baianos, sendo oito deles oriundos da I Feira de Ciências da Bahia, organizada pelo Instituto Anísio Teixeira – IAT, em 2011, que reuniu 325 trabalhos de 748 jovens de todas as partes do Brasil.

Fonte: http://www.iat.educacao.ba.gov.br/node/2808