Varzedo comemora 25 anos do Colégio Estadual Nossa Senhora da Conceição

Varzedo (a 200 km de Salvador) comemorou, na quarta-feira (6/04), os 25 anos do Colégio Estadual Nossa Senhora da Conceição. A homenagem reuniu estudantes, ex-estudantes, funcionários e gestores da instituição que, ao contribuir para a formação cidadã, intelectual e profissional dos varzedenses, transformou a história do município, antigo distrito de Santo Antônio de Jesus.

Membros da Diretoria Regional de Educação de Santo Antônio de Jesus (Direc 4), entre eles o diretor Clóvis Esequiel, além do diretor do colégio, Antônio Geovan Souza, prestigiaram a festa. O primeiro diretor do Nossa Senhora da Conceição, José Francisco Barreto Neto, também esteve presente.
Atual ouvidor da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, José Francisco despertou atenção dos estudantes ao lembrar o processo de criação e fortalecimento da escola, revividos em uma apresentação teatral. “Foi muito difícil. Os entraves políticos, falta de estrutura física, de recursos e carência de professores foram alguns dos problemas enfrentados”, contou.
O colégio, fundado em 6 de abril de 1986, foi o grande responsável pela emancipação política de Varzedo, três anos depois, em 13 de julho de 1989.
Programação – A peça de teatro inspirada na história do colégio, apresentações de paródias e rap e o projeto Música em Ação animaram o encontro. “Eles mostram potencial por meio da música. É uma grande oportunidade”, diz Ricardo Galvão, coordenador do projeto que atende, na zona rural, jovens com necessidades  educativas especiais ou em situação de vulnerabilidade.
Alegria e emoção tomaram conta dos convidados no momento dos ‘Parabéns’. A estudante Adriane Cabral, representando a força e determinação da escola, recebeu o primeiro pedaço do bolo das mãos do diretor do colégio, Antonio Geovan Souza. “Apesar da deficiência física, não me sinto diferente dos meus colegas. É um privilégio estudar aqui. Para fazer história, tem que ter competência”, declarou Adriane.
Para o diretor Antônio Geovan, os 25 anos da escola representam, também, a liberdade das famílias mais pobres de Varzedo. “Depois da fundação, elas puderam dar continuidade à educação dos filhos que antes só estudavam até a oitava série”, lembrou o diretor.
Segundo Geovan, atualmente, cerca de 90% do quadro de professores do colégio é composto por ex-estudantes. “É muito gratificante trabalhar na escola que foi base para a minha formação”, disse Carlos André, professor de educação física que estudou no colégio de 2004 a 2006.
História de luta – O Colégio Estadual Nossa Senhora da Conceição foi fundado em 06 de abril de 1986, quando Varzedo era distrito do Município de Santo Antônio de Jesus, para atender os estudantes que não tinham condições de cursar o ensino médio na cidade.
Até a construção da escola, enfrentou-se muita resistência do poder político e de parte da própria comunidade. O medo era que a ideologia política daqueles que estavam à frente da construção levasse a comunidade a reivindicar a emancipação política de Varzedo. E foi o que aconteceu. O distrito se transformou em cidade em 13 de junho de 1989.

Do ano de sua fundação até 1991, a escola era mantida por doações. Depois disso seguiu mantida pelo município de Varzedo até 2002, quando o passou a integrar a rede estadual de ensino.

Fonte: http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/2263

Anúncios

2 thoughts on “Varzedo comemora 25 anos do Colégio Estadual Nossa Senhora da Conceição

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s